Rede D’Or adquire 100% do capital social do Hospital Santa Emília

LinkedIn

A Rede D’Or informou que sua afiliada, o Hospital Esperança adquiriu 100% do capital social do Hospital Santa Emília, incluindo seus imóveis.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:RDOR3), nesta quarta-feira (28).

O valor de firma (firm value) é R$ 201.225.000,00. Deste valor será deduzido o endividamento líquido.

O Santa Emília é uma maternidade e hospital geral de referência em Feira de Santana, segunda cidade mais populosa na Bahia. A maternidade conta com 109 leitos já com a expansão de 35 leitos em andamento, com capacidade para expansão futura de até 115 leitos, chegando ao total de até 224 leitos.

A previsão de Ebitda para o Santa Emília é de R$ 27 milhões em 2022, com parte das sinergias incorporadas, o que representa um múltiplo Valor de Firma/Ebitda de 7,5x.

O fechamento da operação está sujeito a verificação de determinadas condições usuais.

A operação reforça o compromisso da companhia com a sua estratégia de expansão e visão de longo prazo, com o ingresso em novos mercados.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 16 de agosto.

Lucro líquido recorde de R$ 402,4 milhões no 1T21, alta de 254,6%

Rede D’or São Luiz registrou lucro líquido recorde de R$ 402,4 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 254,6% em relação ao mesmo período de 2020.

“Além do sólido crescimento do resultado operacional, o lucro líquido foi positivamente impactado pelo anúncio do pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) anunciados no fim do primeiro trimestre. A taxa efetiva de imposto no trimestre foi de 15% ante 30% no mesmo trimestre do ano anterior”, apontou a companhia em seu relatório trimestral.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – também atingiu o recorde, somando R$ 1,134 bilhão nos meses entre janeiro e março, aumento de 86% na comparação com igual época de 2020. O Ebitda ajustado, por sua vez, cresceu 95,3%, para R$ 1,330 bilhão no primeiro trimestre.

receita líquida totalizou R$ 4,719 bilhões no primeiro trimestre deste ano, incremento de 43% ante o mesmo trimestre em 2020. Enquanto isso, as despesas gerais e administrativas expandiram 45,2% em um ano, para R$ 217,9 milhões o primeiro trimestre.

Deixe um comentário