Robinhood vai pagar uma multa de US$ 30 milhões após investigação do estado de Nova York

LinkedIn

Segundo um recente formulário do tipo S-1, a unidade cripto da Robinhood antecipou o acordo da multa de US$ 30 milhões, após uma investigação do estado de Nova York quanto ao compliance financeiro e cibersegurança.

O investigador – o Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York (NYDFS, na sigla em inglês) – deu início à investigação da Robinhood em julho de 2020, após receber “uma série de ‘assuntos que exigiam atenção’ com foco principalmente em problemas relacionadas à antilavagem de dinheiro e cibersegurança”, consta no formulário.

A unidade cripto da empresa – Robinhood Crypto – concordou em pagar a multa de US$ 30 milhões e prestar mais atenção daqui para frente. O Wall Street Journal divulgou primeiro a notícia.

A multa do estado de Nova York é a terceira de uma sequência de penalidades de autoridades americanas.

A Robinhood já recebeu uma multa de US$ 70 milhões da Autoridade Regulatória da Indústria Financeira (FINRA) por “falhas de supervisão” e outra, de US$ 65 milhões, da Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (SEC) por supostamente divulgar informações enganosas a clientes sobre os custos para negociações com a Robinhood.

CapturadeTela2021-07-22às12.04.53

Deixe um comentário