Romi registra lucro atribuído aos acionistas controladores de R$ 42,7 milhões no 2TRI

LinkedIn

A Indústrias Romi, líder nacional nos mercados de máquinas ferramenta e máquinas para processamento de plásticos e importante produtora de fundidos e usinados, divulgou seus resultados do segundo trimestre de 2021.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ROMI3), nesta terça-feira (20). Confira o documento na íntegra.

O resultado líquido no 2T21 somou R$ 42,8 milhões, representando um crescimento de 277% em relação ao lucro líquido do 2T20.

No 2T21, a geração operacional de caixa medida pelo EBITDA foi de R$ 66,5 milhões (245,9% acima do 2T20), representando uma margem EBITDA de 18,9% no trimestre.

A receita operacional líquida registrada pela companhia no 2T21, atingiu R$351,4 milhões, montante 58,6% e 79,3% superior ao 1T21 e 2T20, respectivamente

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 20 de julho

Industrias Romi (ROMI3): lucro líquido de R$ 20,7 milhões, queda de 49,2%

A Indústrias Romi teve lucro líquido de R$ 20,7 milhões, queda de 49,2% na base de comparação anual. Por outro lado, em termos ajustados, o lucro líquido subiu 325,7% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

receita operacional líquida foi de R$ 222,6 milhões, um aumento de 34,2% na comparação anual.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado teve alta de 149%, com o maior volume de faturamento e o controle eficaz dos custos e despesas.

A carteira de pedidos total da Companhia, ao final do 1T21, apresentou crescimento de 85,5% em relação ao 1T2, alcançando R$ 708 milhões.

Deixe um comentário