Spotify tem aumento na receita de anúncios de 110% no 2T21; ações em queda

LinkedIn

As ações do Spotify (NYSE:SPOT) caíram cerca de -6,5% na manhã de quarta-feira, após a empresa reportar o balanço trimestral do segundo trimestre de 2021 que superou as estimativas previstas por analistas.

O Spotify também é negociado na B3 através da BDR (BOV:S1PO34). A S1PO34 estava em queda de -5,5% na manhã de quarta-feira, a um último preço de R$ 289,66 reais por ação.

A empresa reportou lucro por ação de € -0,19 sobre receita de € 2,33 bilhões. Analistas previram lucro por ação de € -0,3753 com receita de € 2,29 bilhões.

O Spotify agora tem 165 milhões de assinantes premium e 365 milhões de usuários ativos por mês, de acordo com um novo relatório de ganhos divulgado hoje. É um aumento ano a ano de 20% e 22%, respectivamente, e acima dos 158 milhões de assinantes e 356 milhões de MAUs vistos no último trimestre.

Spotify agora estima que terminará 2021 com 177-181 milhões de assinantes premium e 400-407 milhões de usuários médios mensais.

As rivais Apple Music e Amazon Music não divulgam regularmente números comparáveis, mas seus números públicos mais recentes colocam em 60 milhões e cerca de 55 milhões de assinantes pagantes, respectivamente.

O interesse do Spotify em podcasts não mostrou sinais de desaceleração neste trimestre, pois continua a fazer aquisições e investimentos em conteúdo e tecnologia de podcasting. A empresa adquiriu recentemente os direitos exclusivos de dois podcasts, Call Her Daddy e Dax Shepard’s Armchair Expert , bem como a empresa Podz, cuja tecnologia automatiza o processo de criação de clipes de pré-visualização que apresentam momentos-chave dos podcasts.

De acordo com o Spotify, a porcentagem de usuários ativos mensais engajados com conteúdo de podcast no último trimestre “melhorou modestamente” em comparação com os dois últimos trimestres, quando cerca de 25% de todas as MAUs se engajaram. A audição de podcasts atingiu um recorde histórico no segundo trimestre em termos de participação nas horas de consumo na plataforma. Spotify também diz que The Joe Rogan Experience “continua a ter um desempenho acima das expectativas”. Existem agora 2,9 milhões de podcasts disponíveis no Spotify, observa o The Wall Street Journal, ante 2,6 milhões no último trimestre.

Além de adquirir direitos exclusivos para podcasts, o Spotify também está atraindo outros criadores para sua plataforma com recursos de assinatura paga. Ela anunciou seu próprio recurso de assinatura de podcast em abril e ontem disse que permitirá que programas pagos de plataformas como Slate e Acast sejam transmitidos por meio de seu serviço. Recursos como esses devem tornar o Spotify uma plataforma mais atraente e lucrativa para os criadores de podcast.

A receita média do Spotify por usuário aumentou neste trimestre, revertendo as tendências recentes. O valor agora está em € 4,29 (cerca de US$ 5,07 ou R$ 26,07 reais) por assinante premium, o que representa um aumento em relação aos € 4,12 no último trimestre. O aumento ocorre depois que o serviço aumentou seus preços de assinatura no Reino Unido, nos EUA, no Brasil neste trimestre. O número ainda é baixo em 3 por cento ano a ano, no entanto.

No geral, a empresa teve um prejuízo líquido de € 20 milhões (R$ 121,55 milhões), em comparação com um prejuízo líquido de € 356 milhões (R$ 2,1 bilhões) no mesmo trimestre do ano anterior. Executivos disseram que o foco da empresa está no crescimento, em vez de obter lucro trimestral, enquanto a perda anterior se devia principalmente aos impostos que a empresa teve de pagar relacionados à força de trabalho sueca.

O lançamento de hoje ainda não ofereceu mais detalhes sobre o Spotify HiFi , o próximo nível de streaming sem perdas do serviço. Apesar de anunciar o novo nível em fevereiro com uma data de lançamento provisória no final deste ano, o Spotify ainda não anunciou uma data oficial de lançamento ou preço. Nos meses que se seguiram ao anúncio, o concorrente Apple Music anunciou e lançou seu próprio recurso de streaming de áudio sem perdas, disponível sem custo adicional. (A Amazon também retirou o prêmio que cobrava anteriormente por seus próprios streams sem perdas no mesmo dia.) Quer o Spotify goste ou não, o mercado de streaming sem perdas está agora muito mais competitivo do que era em fevereiro.

Spotify lançou recentemente seu concorrente Clubhouse, o Spotify Greenroom, e abriu inscrições para um fundo de criadores para criadores de áudio ao vivo na plataforma. O lançamento aconteceu três meses depois que o Spotify adquiriu a Betty Labs, a desenvolvedora por trás do aplicativo de áudio social Locker Room. O recurso redesenhado de áudio ao vivo, Greenroom, está disponível em mais de 135 mercados no iOS e Android e permite que qualquer usuário do Spotify hospede ou participe de salas ao vivo.

Questionado sobre o interesse do Spotify em se envolver mais em eventos ao vivo, Ek disse “estamos no espaço há algum tempo”, mas se recusou a comentar sobre quaisquer novas ofertas ou serviços que possam estar em andamento.

O Spotify disse que a receita de publicidade, que voltou a crescer no terceiro trimestre de 2020, após uma pandemia de coronavírus , continuou a aumentar no trimestre mais recente, saltando 110 por cento em comparação com o período do ano anterior.

O CEO Daniel Ek disse: “Está claro para mim que os dias de nosso negócio de publicidade, responsáveis ​​por menos de 10% de nossa receita total, ficaram para trás”. Ele acrescentou que, daqui para frente, “Espero que os anúncios cresçam para ser uma parte substancial de nosso mix de receita”.

Ele também disse que a principal restrição ao crescimento dos anúncios não é a demanda dos profissionais de marketing, mas a capacidade da empresa de fornecer mais estoque de anúncios.

Deixe um comentário