Track&Field anuncia que José Vicente Marino será o novo presidente do Conselho de Administração

LinkedIn

A Track&Field anunciou que José Vicente Marino será o novo presidente do Conselho de Administração. O executivo substitui Richard Doern, que ocupava o posto desde setembro de 2019.

O comunicado foi feito pela empresa  (BOV:TFCO4), na quarta-feira (28).

A troca reflete a mudança nas prioridades da empresa: a fase de reestruturação interna para a abertura de capital foi superada e, agora, a T&F quer aumentar as vendas diretas no mundo digital.

Marino foi chefe de operações da Natura e CEO da operação brasileira da Avon, em período em que a empresa de cosméticos, hoje parte da Natura&Co, fez uma virada operacional no País.

A T&F espera que ele ajude a orientar o crescimento da companhia em novos canais de relacionamento com os clientes, especialmente o aplicativo TFSports, a grande aposta da nova fase.

A plataforma, que começou a ser utilizada no ano passado para substituir os eventos presenciais no mix de receitas da varejista, deve crescer para se tornar um marketplace de produtos e serviços relacionados ao bem-estar, com a possibilidade de, no futuro, incluir produtos de outras empresas.

Segundo a T&F, 225 mil usuários estão cadastrados no aplicativo e, a médio prazo, a expectativa é de que esse número supere 1 milhão de pessoas.

O novo formato, que está em testes em quatro mercados (Paraíba, Bahia, Belo Horizonte e Ribeirão Preto), conecta treinadores de diferentes esportes a pessoas interessadas em praticar as modalidades, compilar eventos e outras informações.

Além disso, vai oferecer a venda de produtos da T&F relacionados à prática daquele esporte, em uma forma de gerar mais vendas através de canais digitais.

A aposta vem da percepção da T&F de que é possível ampliar o relacionamento com os clientes para além do momento da venda de produtos e das tradicionais corridas de rua. A empresa afirma que hoje 40% de suas vendas são ao menos originadas através do digital.

De acordo com a varejista, na fase de testes, as vendas dos franqueados que participam do piloto aumentaram em 20%.

A companhia acredita que um movimento semelhante ocorrerá quando toda a base de lojas estiver conectada à plataforma, o que deve acontecer ao longo do próximo ano.

Além de trazer Marino para o time para fortalecer a nova vertical, a T&F está em busca de um novo chefe de operações.

O foco, além de acelerar as iniciativas de tecnologia, é o de aumentar a capacidade fabril da empresa. “Já temos uma necessidade de crescimento da nossa capacidade produtiva.

Com a abertura de um novo canal, pretendemos aumentar a quantidade de itens produzidos ao longo do ano”, disse Fred Wagner, cofundador e CEO da varejista.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 12 de agosto.

Track Field (TFCO4): lucro líquido de R$ 7,2 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

Track Field registrou lucro líquido de R$ 7,2 milhões no período, revertendo o prejuízo de R$ 566 mil anotado nos mesmos meses do ano passado.

receita líquida somou R$ 63,7 milhões nos três primeiros meses do ano, alta de 13,6% no comparativo anual.

A margem bruta da companhia atingiu 64%, um aumento de 11,6 pontos percentuais (p.p) em relação ao mesmo período de 2020.

ebitda – lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização – ajustado somou R$ 8,7 milhões no trimestre, alta de 380,8%, com margem Ebitda de 13,7%, uma alta anual de 10,5 pp.

A empresa registrou uma expansão de 22,9% nas Vendas nas Mesmas Lojas (SSS), “refletindo a aceleração da empresa em termos de digitalização, para o crescimento do mercado endereçável”, com crescimento de 81,7% no SSS em março, com destaque para o segundo semestre, período em que, mesmo com o fechamento de parte significativa de nossa lojas (agravamento da pandemia), a empresa registrou em 479% crescimento nas vendas da rede versus período de lockdown, em 2020, refletindo o processo de digitalização por meio do crescimento do comércio eletrônico, vendas sociais e capacidade omnicanal.

As vendas do comércio eletrônico mantiveram forte ritmo de crescimento, registrando um aumento de 118,7% em relação ao primeiro trimestre de 2020, em função da mudança de hábitos durante a pandemia e melhoria da capacidade omnicanal.

A Track & Field destaca ainda que para o segundo trimestre, planeja abrir um novo centro de distribuição, localizado em Osasco, SP, “permitindo-nos aumentar 4 vezes a nossa capacidade de armazenamento e distribuição”

 

Informação Broadcast

Deixe um comentário