Confira os Indicadores Econômicos desta quarta-feira (04/08/2021) - PMIs, Taxa Seli, Índice ISm, Estoque de Petróleo…

LinkedIn

Confira os principais indicadores econômicos de hoje, em destaque o setor privado dos Estados Unidos criou 330 mil vagas de trabalho em julho, excluindo o setor rural, de acordo com relatório publicado pela Automatic Data Processing (ADP) e pela Macroeconomic Advisers. Analistas esperavam a criação de 653 mil vagas.

Brasil

  • PMI de serviços do Brasil subiu para 54,4 pontos em julho, maior nível em oito anos

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços do Brasil subiu para 54,4 pontos em julho – o maior nível em oito anos e meio -, de 53,9 pontos em junho, segundo dados divulgados pelo instituto IHS Markit. A leitura, superior a 50 pontos, significa expansão da atividade.

De acordo com os participantes da pesquisa, a recuperação decorreu da conquista de novos clientes, do fortalecimento da demanda e da suspensão de algumas restrições locais.

“Alguns dos obstáculos da covid-19 enfrentados pelos prestadores de serviços diminuíram em julho, com as condições da demanda melhorando devido à diminuição das restrições locais e maior acesso à vacina”, disse a diretora associada de Economia da IHS Markit, Pollyanna de Lima.

  • Fluxo cambial fica positivo em US$ 831 milhões em julho

O saldo entre a entrada e a saída de dólares no País ficou positiva em US$ 831 milhões em julho, resultado de superávit comercial de US$ 2,740 bilhões e de fluxo financeiro negativo em US$ 1,909 bilhões, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC).

O saldo da balança comercial corresponde a exportações de US$ 20,135 bilhões e a importações de US$ 17,395 bilhões. O saldo do fluxo financeiro é resultado de US$ 40,877 bilhões em compras e de US$ 42,786 bilhões em vendas na moeda estrangeira.

  • 🇧🇷 BC: decisão da taxa Selic (18h30)⭐️

Em atualização…

Europa

  • PMI composto da Alemanha subiu para 62,4 em julho

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) da Alemanha avançou de 57,5 em junho a 61,8 na leitura final de julho, informou nesta quarta-feira a IHS Markit. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam 62,2.

A consultoria destaca que o número é a máxima da série histórica da pesquisa, iniciada “mais de 24 anos atrás”. O dado foi impulsionado pelas novas encomendas, com as companhias contratando mais pessoal no ritmo mais forte já registrado no levantamento.

  • PMI de serviços do Reino Unido recuou a 59,6 na leitura final de julho

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido recuou de 62,4 em junho a 59,6 na leitura final de julho, informou a CIPS e a IHS Markit.

Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam 57,8. O PMI composto do país passou de 62,2 em junho a 59,2 em julho, na mínima em quatro meses, segundo relatório divulgado nesta quarta-feira.

Tanto o setor de serviços quanto a indústria tiveram perda de impulso na recuperação durante o mês de julho, aponta o levantamento.

  • PMI de serviços da zona do euro subiu a 59,8 em julho

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da zona do euro subiu de 58,3 em junho a 59,8 na leitura final de julho, informou nesta quarta-feira a IHS Markit, na máxima desde junho de 2006.

Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam alta maior, a 60,4. O PMI composto, que abrange serviços e a indústria, teve alta de 59,5 em junho a 60,2 na leitura final de julho. A expectativa, nesse caso, era de 60,6.

  • Vendas no varejo da zona do euro cresceram 1,5% em junho

As vendas no varejo da zona do euro cresceram 1,5% em junho, na comparação com maio, informou nesta quarta-feira, 4, a agência oficial de estatísticas da União Europeia, Eurostat.

O resultado veio em linha com a previsão dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Na comparação anual, houve avanço de 5,0%. A Eurostat ainda informou que revisou números de maio.

As vendas no varejo tiveram alta de 4,1% em maio ante abril, mostrou a revisão, de um crescimento de 4,6% antes calculado. Na comparação anual, a alta foi de 8,6% (de avanço de 9,0% antes informado).

Estados Unidos

  • PMI de serviços dos Estados Unidos caiu a 59,9 pontos em julho

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços dos Estados Unidos caiu a 59,9 pontos em julho, de 64,6 pontos em junho, de acordo com dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Na versão preliminar, o índice havia recuado para 59,8 pontos. Os analistas esperavam 59,8 pontos pontos em julho na leitura revisada. Números acima de 50 sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração.

O PMI composto, que agrega dados dos segmentos industrial e de serviços, caiu para 59,9 pontos em julho, de 63,7 pontos em junho. A versão preliminar havia mostrado 59,7 pontos.

  • Índice ISM de serviços dos Estados Unidos subiu para 64,1 pontos em julho

O índice do Instituto de Gerência e Oferta (ISM, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços dos Estados Unidos subiu para 64,1 pontos em julho, de 60,1 pontos em junho. Números acima de 50 indicam expansão da atividade, enquanto números menores sugerem contração. Analistas previa queda para 59,8 pontos.

O componente de empregos avançou de 49,3 pontos em junho para 53,8 em julho. A variável de novos pedidos subiu de 62,1 para 63,7 pontos. O subíndice de preços cresceu de 79,5 para 82,3 pontos. O componente de estoques recuou de 49,9 para 49,2 pontos, e o de novas encomendas de exportação teve alta de 50,7 pontos para 65,8 pontos.

  • Estoques de petróleo dos EUA subiram em 3,6 milhões de barris na semana encerrada em 30 de julho

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos subiram em 3,6 milhões de barris, ou 0,8%, na semana encerrada em 30 de julho, para 439,2 milhões de barris. Analistas previam queda de 2,7 milhões de barris.

Os estoques de gasolina recuaram em 5,3 milhões de barris, ou 2,3%, para 228,9 milhões de barris. Os estoques de outros derivados aumentaram em 800 mil barris, ou 0,6%, para 138,7 milhões de barris. A produção doméstica de petróleo dos Estados Unidos, por sua vez, ficou estável em 11,2 milhões de barris por dia (bpd).

A previsão para os estoques de gasolina era de queda de 1,6 milhão de barris, enquanto para os outros derivados, que incluem óleo diesel, a expectativa era de queda em 500 mil barris.

  • Setor privado dos Estados Unidos criou 330 mil vagas de trabalho em julho, diz ADP

O setor privado dos Estados Unidos criou 330 mil vagas de trabalho em julho, excluindo o setor rural, de acordo com relatório publicado pela Automatic Data Processing (ADP) e pela Macroeconomic Advisers. Analistas esperavam a criação de 653 mil vagas.

O número de vagas criadas em junho foi revisado para baixo, de 692 mil para 680 mil.

Os dados indicam que as pequenas empresas, que têm menos de 50 funcionários, abriram 91 mil vagas em junho. As médias (de 50 a 499 empregados) geraram 132 mil vagas e as grandes, que contam com 500 trabalhadores ou mais, criaram 106 mil vagas.

Na divisão por setores, a indústria – que inclui manufatura, construção e mineração – abriu 12 mil postos de trabalho, enquanto o setor de serviços criou 318 mil. Entre os segmentos industriais, as manufaturas criaram 8 mil vagas em julho, as empresas de extração e mineração abriram 3 mil postos de trabalho e o setor de construção criou 1 mil posições.

Deixe um comentário