As ações do Spotify, Netflix e Match Group sobem depois que a Apple relaxa as regras da App Store

LinkedIn

As ações do Spotify (NYSE:SPOT) subiram mais de 6% na quinta-feira (2), depois que a Apple (NASDAQ:AAPL)  anunciou que relaxaria as regras da App Store que o streamer disse anteriormente que prejudicava significativamente seus negócios.

O Spotify também é negociado na B3 através da BDR (BOV:S1PO34). Na quinta-feira, as ações S1PO34 subiram 6,9%, ou subiram R$ 21,29 reais, a um último preço de R$ 331,19.

Na quarta-feira, a Apple disse que aplicativos de assinatura de conteúdo, como o Spotify, podem fornecer um link para um site em seus aplicativos para se inscrever para uma assinatura, permitindo ao desenvolvedor contornar o corte de 15% a 30% das vendas brutas da Apple.

A nova regra permitirá que as empresas de streaming tenham margens mais altas nas assinaturas de usuários do iPhone e permitirá que essas empresas convertam clientes potenciais do iPhone em assinantes de maneira mais eficiente, sem ceder o faturamento e outros tipos de suporte à Apple. A App Store da Apple é a única maneira de instalar software em um iPhone e a Apple reserva-se o direito de rejeitar aplicativos em caso de violação de suas diretrizes.

“Os ajustes seletivos da Apple nas regras da App Store são bem-vindos, mas não vão longe o suficiente”, tuitou o diretor jurídico do Spotify, Horacio Gutierrez, na quinta-feira.

A reclamação do Spotify vem desde 2016, quando a empresa reclamou com a Apple em uma carta formal depois que uma versão de seu aplicativo foi rejeitada devido aos esforços de link para cadastrar clientes diretamente. O Spotify disse na época que a regra causou graves prejuízos à empresa e seus clientes.

Spotify não foi a única ação que subiu com as notícias. A Netflix (NASDAQ:NFLX), que também se qualificaria sob as novas regras da Apple, teve alta de 1%. O Match Group (NASDAQ:MTCH), que reclamou da App Store da Apple e oferece uma assinatura “Tinder Plus” em seu aplicativo Tinder, teve um aumento de mais de 6%. O Bumble (NASDAQ:BMBL) subiu mais de 4% durante as negociações de quinta-feira.

A Netflix, o Match Group, e o Bumble também são negociados na B3 através da BDR (BOV:NFLX34), (BOV:M1TC34), e (BOV:B2MB34), respectivamente.

Na B3, as ações do Netflix subiram 1,6% na quinta-feira. As ações do Match Group nada mudaram no dia, sendo negociadas a R$ 41,64 reais. As ações do Bumble ficaram estáveis no dia, sendo negociadas a um último preço de R$ 57,37.

Atualmente, quando o aplicativo da Netflix é baixado, ele apresenta uma mensagem para os usuários que ainda não se inscreveram, sem um link: “Você não pode se inscrever no Netflix no aplicativo. Sabemos que é um incômodo”.

Com a mudança de quarta-feira, os serviços agora devem ser capazes de fornecer um link no aplicativo para inscrição no site do serviço. Anteriormente, isso era proibido e os desenvolvedores eram incentivados a usar o sistema de cobrança da App Store da Apple.

A concessão da Apple, feita como parte de um acordo com a Associação de Comércio Justo do Japão, não afeta todos os aplicativos na App Store. As transações de jogos, o grosso da receita da App Store, não terão permissão para se conectar para contornar o faturamento da Apple.

Quais empresas ganharão os benefícios da mudança de regra também dependerão de quais aplicativos a Apple considera como “aplicativos de leitura”, que são aplicativos que fornecem assinaturas de conteúdo, bem como os detalhes de como a Apple mudará o texto de suas diretrizes.

A Apple também é negociada na B3 através do ticker (BOV:AAPL34), e subiram 0,4% no dia, a um último preço de R$ 79,60.

Deixe um comentário