American Express informa receita de US$ 10,9 bilhões e lucro líquido de US$ 1,8 bilhão no 3º trimestre de 2021

LinkedIn

A American Express Company (NYSE:AXP) divulgou hoje um lucro líquido do terceiro trimestre de US$ 1,8 bilhão, ou US$ 2,27 por ação, em comparação com o lucro líquido de US$ 1,1 bilhão, ou US$ 1,30 por ação, um ano atrás.

A American Express também é negociada na B3 através do ticker (BOV:AXPB34).

Comentários do Stephen J. Squeri, Presidente e CEO.

“Nossos fortes resultados do terceiro trimestre refletem mais uma vez o impulso acelerado em nosso negócio principal e excelente desempenho de crédito, possibilitado pelas decisões estratégicas que tomamos nos últimos anos”, disse Stephen J. Squeri, Presidente e CEO.

“As receitas aumentaram 25% em relação ao ano anterior e os gastos dos membros do cartão aceleraram em relação ao trimestre anterior, atingindo níveis recordes no terceiro trimestre. O crescimento foi impulsionado pelos gastos de consumidores e pequenas empresas em bens e serviços, que cresceram 19% em relação ao terceiro trimestre de 2019 em uma base ajustada pelo câmbio. Também observamos uma recuperação contínua nos gastos com viagens e entretenimento, com gastos em restaurantes notavelmente resistentes, crescendo acima dos níveis pré-pandêmicos no trimestre”.

“Os investimentos estratégicos que fizemos no ano passado, particularmente aqueles para atrair novos clientes Millennial e Gen Z e expandir nossa posição de liderança com pequenas empresas, estão ajudando a alimentar o forte impulso que estamos vendo em gastos, aquisição de clientes, envolvimento, e retenção. Os gastos dos membros do cartão Millennial e Gen Z cresceram 38% acima dos níveis do terceiro trimestre de 2019 em uma base ajustada pelo câmbio. Adquirimos 2,6 milhões de novos cartões proprietários no terceiro trimestre, com as aquisições de nossos cartões Platinum e Gold para consumidores e pequenas empresas nos Estados Unidos atingindo níveis históricos, enquanto as métricas de retenção e satisfação de nossos membros do cartão são melhores do que os níveis pré-pandêmicos”.

“Estamos operando em uma posição de força e vemos mais oportunidades à frente para impulsionar o crescimento sustentável de longo prazo. Com o progresso que fizemos em relação às nossas principais prioridades este ano, continuamos confiantes em nossa capacidade de estar dentro do limite superior das expectativas de EPS para 2020 em 2022”.

Resultados do terceiro trimestre

A receita total consolidada do terceiro trimestre, sem despesas com juros, foi de US$ 10,9 bilhões, um aumento de 25% em relação aos US$ 8,8 bilhões do ano anterior. O trimestre refletiu principalmente o crescimento nos gastos dos membros do cartão, bem como um aumento na taxa média de desconto resultante da mudança na combinação de gastos impulsionada por níveis elevados de gastos com viagens e entretenimento, em comparação com o ano anterior.

As provisões consolidadas para perdas de crédito resultaram em um benefício de US$ 191 milhões, em comparação com uma despesa de provisão de US$ 665 milhões um ano atrás. A mudança nas provisões refletiu principalmente liberações de reservas de crédito de US$ 393 milhões e baixas contábeis líquidas no trimestre atual.

As despesas consolidadas foram de US$ 8,7 bilhões, um aumento de 29% em relação aos US$ 6,7 bilhões do ano anterior, refletindo os custos mais elevados de envolvimento do cliente. Os custos de engajamento do cliente aumentaram devido a um aumento nos gastos dos membros do cartão, maiores investimentos em marketing para continuar a construir um impulso de crescimento e maior uso dos benefícios dos membros do cartão relacionados a viagens. As despesas operacionais foram ligeiramente maiores como resultado do aumento de salários e benefícios, parcialmente compensados ​​por ganhos relacionados a certos investimentos de capital da Amex Ventures.

A alíquota tributária efetiva consolidada foi de 25,5%, acima dos 21,3% do ano anterior. O aumento refletiu principalmente mudanças no nível e no mix geográfico da receita antes dos impostos e encargos fiscais discretos no trimestre atual.

O Global Consumer Services Group informou uma receita antes dos impostos de US$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre, em comparação com US$ 1,1 bilhão do ano anterior.

A receita total líquida de despesas com juros foi de US$ 6,4 bilhões, um aumento de 21% em relação aos US$ 5,3 bilhões do ano anterior. O aumento refletiu principalmente um aumento nos gastos dos membros do cartão em comparação com o ano anterior.

As provisões para perdas de crédito resultaram em um benefício de US$ 126 milhões, refletindo principalmente uma parte das liberações de reserva mencionadas anteriormente e menores baixas líquidas, em comparação com uma despesa de provisão de US$ 411 milhões um ano atrás.

As despesas totais foram de US$ 5,0 bilhões, 34% acima dos US$ 3,8 bilhões do ano anterior. O aumento refletiu principalmente os custos mais elevados de envolvimento do cliente devido a um aumento nos gastos dos Membros do cartão, maiores investimentos em marketing para continuar a construir um impulso de crescimento e maior uso de benefícios relacionados a viagens para Membros do cartão.

A Global Commercial Services informou uma receita antes dos impostos de US$ 718 milhões no terceiro trimestre, em comparação com US$ 272 milhões do ano anterior.

As receitas totais líquidas de despesas com juros foram de US$ 3,2 bilhões, um aumento de 28% em relação aos US$ 2,5 bilhões do ano anterior, refletindo principalmente um aumento nos gastos dos membros do cartão.

As provisões para perdas de crédito resultaram em um benefício de US$ 67 milhões, refletindo principalmente uma parte das liberações de reservas mencionadas anteriormente e menores baixas líquidas, em comparação com uma despesa de provisão de US$ 250 milhões um ano atrás.

As despesas totais foram de US$ 2,6 bilhões, um aumento de 29% em relação aos US$ 2,0 bilhões do ano anterior. O aumento refletiu principalmente os custos mais altos de engajamento do cliente devido a um aumento nos gastos dos membros do cartão e maiores investimentos em marketing para continuar construindo um impulso de crescimento.

A Global Merchant and Network Services informou uma receita antes dos impostos de US$ 529 milhões no terceiro trimestre, em comparação com US$ 326 milhões do ano anterior.

A receita total líquida de despesas com juros foi de US$ 1,3 bilhão, 28% a mais que US$ 1,0 bilhão no ano anterior. O aumento refletiu um aumento nos volumes de rede em comparação com o ano anterior.

As despesas totais foram de US$ 779 milhões, um aumento de 13% em relação aos US$ 691 milhões do ano anterior, impulsionadas por maiores investimentos em marketing.

A Corporate and Other relatou um prejuízo antes dos impostos de US$ 285 milhões no terceiro trimestre, em comparação com um prejuízo antes dos impostos de US$ 359 milhões um ano atrás.

Sobre American Express

A American Express é uma empresa de pagamentos integrada globalmente, fornecendo aos clientes acesso a produtos, percepções e experiências que enriquecem vidas e constroem o sucesso dos negócios.

Ações

As ações da American Express subiram 45,33% desde o início do ano e é um aumento superior ao Dow Jones, que subiu 16,33% no acumulado do ano. As ações AXP estão sendo negociadas a US$ 185,76, abaixo do máximo de 52 semanas de US$ 187,24.

Na B3, a AXPB34 teve um aumento de cerca de 6,1%, ou mais R$ 6,12 reais por ação, no início da tarde de sexta-feira (22) – a um preço de compra de R$ 106,40, e um preço de venda de R$ 106,60. O Máximo de 52 semanas é de R$ 686,27, e o Mínimo de 52 semanas é de R$ 61,20.

 

Deixe um comentário