Ânima: MEC decreta suspensão de novos contratos do Fies e do ProUni com 10 instituições por suspeita de irregularidades

LinkedIn

O Ministério da Educação decretou a suspensão, de novos contratos do Fies e do ProUni com 10 instituições de ensino que pertenciam, até o ano passado, à Laureate Brasil. Hoje, elas são operadas pela Ânima Educação (BOV:ANIM3).

A medida vale para os estabelecimentos Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e Universidade Anhembi Morumbi (UAM), localizados em São Paulo, além do Centro Universitário IBMR, no Rio de Janeiro, e a Universidade Salvador (Unifacs).

As restrições também abrangem o Centro Universitário Unifiam, o Centro Universitário dos Guararapes (Unifg), a Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs), o Centro Universitário Ritter dos Reis (Uniritter), a Faculdade Internacional da Paraíba e a Universidade Potiguar (UNP).

A portaria também determina que as instituições de ensino não poderão fechar novas parcerias para a oferta de bolsas em outros programas federais por até um ano ou enquanto durar investigação do ministério. Também ficam suspensos os processos para regular cursos de educação à distância no MEC.

Informações Broadcast

Deixe um comentário