Authentic Brands Group desiste de IPO para vender participações acionárias avaliada em US$ 12,7 bilhões

LinkedIn

O conglomerado de varejo Authentic Brands Group vai arquivar uma oferta pública inicial planejada e, em vez disso, venderá participações significativas em seus negócios para a empresa de private equity CVC Capital, o fundo de hedge HPS Investment Partners e um grupo de acionistas existentes.

O negócio, que foi anunciado na segunda-feira (22), dá à empresa um valor de empreendimento de US$ 12,7 bilhões.

As empresas do portfólio da Authentic Brands incluem os varejistas de roupas Forever 21 e Aeropostale, a rede de lojas de departamentos Barneys New York, a fabricante de ternos masculinos Brooks Brothers e a revista Sports Illustrated. No início do próximo ano, espera- se que seu acordo para comprar a fabricante de tênis Reebok seja fechado, acrescentando outra marca às suas participações.

A empresa havia entrado com pedido de IPO no início de julho. Mas o CEO da Authentic Brands, Jamie Salter, disse que agora terá como meta uma data de IPO em 2023 ou 2024. Ele disse que assinou contrato para ser CEO por mais cinco anos.

“O clima do IPO é ridículo”, disse Salter em entrevista por telefone. “Acho que teríamos obtido uma avaliação massiva … talvez até mais do que o valor pelo qual vendemos o negócio. Mas adivinhe? Prefiro ser privado”.

Uma onda de empresas de varejo entrou no mercado público nos últimos meses, desde a fabricante de óculos Warby Parker e a plataforma de aluguel de moda Rent the Runway até a marca de calçados ecologicamente correta Allbirds e o site de moda de comércio eletrônico Lulu’s. Os investidores preferiram nomes com uma base sólida na Internet, permitindo que alguns obtivessem avaliações como se fossem empresas de tecnologia de alto crescimento.

A Authentic Brands estava buscando uma avaliação de cerca de US$ 10 bilhões em sua estreia pública.

A transação com a CVC e a HPS está prevista para ser concluída em dezembro, quando a empresa de PE e o fundo de hedge manterão cada um um assento no conselho de administração da Authentic Brands.

“Planejamos trabalhar em estreita colaboração com a equipe ABG para executar suas prioridades estratégicas, especialmente em torno da expansão internacional”, disse Chris Baldwin, sócio-gerente da CVC.

A BlackRock manterá sua posição de maior acionista da Authentic Brands, que detém desde 2019, disse a empresa. Os investidores existentes, incluindo o proprietário de shopping center americano Simon Property Group, General Atlantic, Leonard Green & Partners, Brookfield e a estrela do basquete Shaquille O’Neal, manterão suas posições patrimoniais.

A Authentic Brands informou que sua receita líquida em 2020 saltou para US$ 211 milhões de US$ 72,5 milhões um ano antes, enquanto sua receita aumentou cerca de 2% para US$ 489 milhões.

“Hoje temos o mesmo manual de instruções que tínhamos ontem”, disse Salter. “Você ouvirá falar de mais aquisições até o final deste ano”.

A CVC Capital fechou recentemente um acordo para comprar o negócio de chá da Unilever. Algumas das outras empresas do portfólio da empresa incluem a marca de streetwear A Bathing Ape e a rede de produtos para animais de estimação Petco, de acordo com seu site. A HPS saiu do JP Morgan Asset Management em 2016.

Deixe um comentário