Confira as principais manchetes dos jornais desta quarta-feira (03/11/2021)

LinkedIn

As manchetes de hoje:

VALOR

🗞 ️Custo da dívida sobe R$ 360 bi com inflação e decepção fiscal — Ao falar em licença para gastar além do teto de gastos, o Ministério da Economia também elevou o custo para o próprio financiamento do Brasil, manejado pelo Tesouro. O aumento do temor fiscal elevou o prêmio pedido pelo mercado para comprar títulos brasileiros e deve contribuir para esticar o movimento de alta dos juros.

🗞 ️Para poupar água, ANA impõe restrição.

🗞 ️Sob pressão dos EUA, Brasil adere a acordo sobre metano — Foi por meio de um tuíte que a comunidade internacional soube que o país iria aderir à iniciativa de cortar emissões de metano, liderada pelos EUA e apoiada pela UE. O governo era contrário, mas cedeu à pressão americana.

O GLOBO

🗞 ️Sob pressão, Brasil adere a acordo sobre gás metano — O governo aderiu ontem a dois acordos na COP26: reduzir a emissão do gás metano em 30% e zerar o desmatamento, ambos até 2030. A adesão ao acordo sobre o metano surpreendeu especialistas. O Brasil era contra já que a medida exigirá investimento em melhorias na pecuária. Mas cedeu à pressão dos EUA e contrariou setores do próprio governo brasileiro.

🗞 ️Bolsonaro fecha viagem à Itália em cerimônia com líder da ultradireita.

🗞 ️PF vê indícios de crime em venda da Covaxin para Ministério da Saúde.

ESTADÃO

🗞 Plano B de extensão de auxílio ganha força entre deputados — As negociações em torno da PEC dos Precatórios se intensificaram ontem enquanto o governo tenta angaria os 308 votos necessários. Em outra frente, ganha força a ideia de prorrogar o auxílio emergencial, cuja última parcela foi liberada no domingo.

🗞 Em derrota para Doria, PSDB exclui 92 filiados de SP de votação em prévias — Comissão do partido decidiu que 92 prefeitos e vices foram filiados fora da data-limite para votar nas prévias.

🗞 Brasil segue EUA e promete corte na emissão de gás metano.

FOLHA

🗞 Governo ameaça punir deputados para gastar — A votação da PEC dos Precatórios se tornou motivo para uma queda de braço entre a Câmara e o Planalto. Aliados do presidente passaram a ameaçar cortar as emendas impositivas de quem não apoiar a PEC.

 

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

– BC: Ata do Copom (7h) *
– Zona do euro/Eurostat: taxa de desemprego em setembro (7h)
– FGV: IPC-S semanal (8h)
– EUA/ADP: relatório sobre criação de empregos no setor privado em outubro (9h15)
– EUA/IHS Markit: PMI composto final de outubro (10h45)
– Roberto Campos Neto profere palestra remota na COP26 (11h)
– EUA/ISM: índice de atividade do setor de serviços em outubro (11h)
– EUA/Deptº do Comércio: Encomendas à indústria em setembro (11h)
– EUA/DoE: Estoques de petróleo da semana até 29/10 (11h30)
– Fernanda Guardado participa de evento na COP26 (12h55)
– Secex: balança comercial de outubro prevê superávit de US$ 2,40 bilhões (15h)
– EUA/Fed divulga decisão de política monetária (15h) *
– Japão/IHS Markit/Jibun Bank: PMI composto final de outubro (21h30)
(fonte BDM)

Deixe um comentário