Ecorodovias assina com governo de SP e Artesp aditivo definitivo que prorroga concessão até 2033

LinkedIn

A Ecorodovias assinou termo aditivo modificado definitivo com o governo do Estado de São Paulo e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) que estendeu o prazo do contrato de concessão da rodovia dos Imigrantes até novembro de 2033.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:ECOR3) nesta quinta-feira (25).

A empresa explica que o contrato considera a projeção de tráfego conforme metodologia da Artesp, podendo variar conforme aferição do tráfego futuro, seguindo a metodologia do fluxo de caixa marginal.

Ecorodovias (ECOR3): lucro líquido de R$ 147,7 milhões no 3T21

A Ecorodovias apresentou lucro líquido de R$ 147,7 milhões, um aumento 100,7% em relação ao lucro de R$ 71,6 milhões no mesmo período de 2020. O resultado fez acelerar também o acumulado do ano, com a empresa tendo R$ 359,1 milhões de lucro líquido, 73,7% a mais do que os R$ 206,8 milhões dos primeiros 9 meses de 2020.

O lucro líquido atribuível aos acionistas controladores se deve principalmente ao aumento do Ebitda ajustado e à reversão de provisão das multas do Acordo de Não Persecução Cível, no terceiro trimestre, não homologado pelo Conselho Superior do Ministério Público.

Já a receita líquida avançou 19,2% no comparativo anual, para R$ 1,26 bilhão, enquanto a receita ajustada somou R$ 923 milhões, 19,7% acima do apurado entre julho e setembro do ano passado.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado totalizou R$ 636,4 milhões no terceiro trimestre, alta de 20,6% e a margem Ebtida ajustada, 69,0% devido ao início da cobrança de pedágio pela Ecovias do Cerrado3, crescimento do tráfego de veículos em função da flexibilização das medidas de isolamento social no combate à Covid-19 e avanço da vacinação, reajustes das tarifas de pedágio, crescimento das operações do Ecoporto e desempenho das holdings.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário