MRV (MRVE3): lucro líquido de R$ 165 milhões, crescimento de 17,5%

LinkedIn

O grupo MRV&CO, que abrange os negócios imobiliários de MRV, Sensia, Urba, Luggo e AHS, registrou lucro líquido de R$ 165 milhões, crescimento de 17,5%, no terceiro trimestre, na comparação anual. A companhia informou também lucro líquido ajustado de R$ 231 milhões. O indicador ajustado desconsidera impactos não recorrentes, nas despesas financeiras, dos “swaps” de recompra de ações da companhia e de dívidas.

O Ebitda – lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização – cresceu 54,9% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 386 milhões. Já a margem Ebitda (Ebitda/receita líquida) alcançou 21,5% no 3º trimestre de 2021, alta de 7,4 p.p. na comparação com igual trimestre de 2020.

A receita líquida consolidada totalizou R$ 1,8 bilhão, aumento de 1,1%. O resultado financeiro líquido consolidado foi negativo em R$ 50 milhões, revertendo dado positivo de R$ 10 milhões de um ano antes.

O lucro bruto somou R$ 488,1 milhões no 3T21, contra R$ 499,9 do mesmo período de 2020. A margem bruta da companhia foi de 27,1% entre julho e setembro de 2021, baixa de 1 ponto porcentual.

O grupo chegou ao fim de setembro com dívida líquida de R$ 2,549 bilhões, aumento de 27,6% na comparação anual. As disponibilidades de caixa estavam em R$ 2,814 bilhões. A alavancagem (medida pela relação entre dívida líquida e patrimônio líquido) cresceu de 33,5% para 40,0%.

Dessa forma, o índice de alavancagem, medido pela relação entre dívida liquida e o Ebitda ajustado foi de 2,09 vezes, uma elevação de 0,08 vez em relação ao 3T20.

Os resultados da MRV (BOV:MRVE3) referentes suas operações do terceiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 09/11/2021. Confira o press release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário