Petrobras informa ter identificado a presença de hidrocarbonetos no pré-sal da Bacia de Santos

LinkedIn

A Petrobras informou a descoberta no poço pioneiro Aram, localizado a 240 km da cidade de Santos, em profundidade de 1.905 metros.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta sexta-feira (19).

Segundo o Fato Relevante, o intervalo portador de petróleo foi constatado por meio de perfis elétricos e amostras de fluído, que serão ainda caracterizados por meio de análises de laboratório. Esses dados permitirão avaliar o potencial e direcionar as próximas atividades exploratórias da área.

“O consórcio dará continuidade às operações para concluir o projeto de perfuração do poço até a profundidade prevista e verificar a extensão da nova descoberta, além de caracterizar as condições dos reservatórios encontrados.”

Segundo a empresa, a  perfuração  do  poço Curaçao  demonstra  o  sucesso  de  uma  estratégia  fortemente  baseada  em  inovações tecnológicas, com máxima utilização dos dados processados e em tempo real, permitindo a tomada de decisões de forma ágil e segura.

O bloco Aram foi adquirido em março de 2020, na 6ª rodada de licitação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural  e  Biocombustíveis (ANP),  sob  o  regime  de  Partilha de Produção, tendo a  Pré-Sal Petróleo  S.A.  (PPSA) como gestora.

A Petrobras é a operadora do bloco e detém 80% de participação, em parceria com a empresa CNODC (20%). O Fato Relevante está depositado na CVM.

Informações BDM

Deixe um comentário