Ânima informa retirada, pelo MEC, de restrições a programas federais a oito unidades

LinkedIn

A Ânima informou que foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) a revogação de restrições de celebração de novos contratos de FIES, Prouni e a possibilidade de participação em programas federais de oito de suas unidade.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ANIM3) nesta terça-feira (14).

São elas: Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG); Centro Universitário FADERGS;  Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UNIRITTER); Faculdade Internacional da Paraíba; Universidade Anhembi Morumbi; Universidade  Potiguar (UNP) e Universidade Salvador (UNIFACS).

A empresa diz que segue prestando todos os esclarecimentos necessários ao MEC para que haja a revogação completa da  portaria que estabeleceu as restrições e o consequente arquivamento do Processo de Supervisão de que trata a referida portaria.

Anima (ANIM3): lucro líquido de R$ 13,1 milhões no 3T21

O grupo educacional Anima registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 13,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, resultado mais de oito vezes acima (763%) do lucro líquido de R$ 1,5 milhão no mesmo período do ano anterior.

A receita líquida somou R$ 816,7 milhões no 3T21, alta de 132,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo a Ânima, o desempenho foi impulsionado pelas aquisições recentes.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado cresceu 244,8% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 344,3 milhões. Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada alcançou 42,2% no 3º trimestre de 2021, elevação de 13,7 pontos porcentuais na comparação com igual trimestre de 2020.

Informações BDM

Deixe um comentário