Confira as principais manchetes dos jornais desta segunda-feira (06/12/2021)

LinkedIn

As manchetes de hoje:

VALOR

🗞 ️Mesmo com PIB fraco, BC deve manter política de juros altos— O Brasil deve voltar a conviver em 2022 com juros de dois dígitos. Pesquisa feita pelo Valor junto a 111 instituições financeiras e consultorias mostra que, na média, a expectativa é que a taxa básica de juros chegue a 11,75% no próximo ano. Uma parte acredita que vá a 12% ao ano.

🗞 ️BC facilitará abertura de instituições — O Banco adotará medidas para facilitar a autorização de funcionamento de novas instituições financeiras. O objetivo é desburocratizar a regulação, dar maior liberdade econômica ao mercado e, assim, estimular a concorrência.

🗞 ️Indústria voltou a investir, mas juro deve mudar cenário — As indústrias de capital aberto alcançaram, no primeiro trimestre deste ano, o maior nível de investimento como proporção do PIB desde 2009. O patamar foi mantido até o fim de junho em nível idêntico ao de 2010. A perspectiva desde o terceiro trimestre, porém, é de reversão desse cenário devido à alta dos juros.

O GLOBO

🗞 ️Crédito no rotativo do cartão bate recorde — Depois de dois anos de forte expansão do crédito no país, o aumento dos juros e da inflação pode levar a uma piora da inadimplência em 2022. Um sinal disso é que o brasileiro nunca recorreu tanto ao rotativo do cartão de crédito, adiando pagamentos que somem R$ 21,6 bilhões, recorde na série histórica do Banco Central.

🗞 ️Mistura de doses leva a altos ganhos de imunidade — Pesquisa abrangente que envolveu universidade e o sistema público de saúde britânico indica que pessoas que tomaram a dose de reforço com diferentes combinações de vacinas tiveram aumento de anticorpos e imunidade celular que variou de 31% a 3.000%.

🗞 ️Congresso articula derrubada de vetos de Bolsonaro — Vetos importantes a projetos do Legislativo, como o que revogou a Lei de Segurança Nacional e teve trecho barrados, ou a rejeição aos R$ 5,7 bilhões para o Fundo Eleitoral em 2022, podem ser derrubados pelo Congresso. As decisões do presidente serão analisadas pelos parlamentares amanhã.

ESTADÃO

🗞 Prefeitos deixam de utilizar R$ 15 bi da verba para a educação — Oito em cada dez administrações municipais correm o risco de ser penalizadas com base na Lei de Responsabilidade Fiscal por não aplicarem ao menos 25% da receita em educação, como obriga a Constituição. Eles podem até se torar inelegíveis por improbidade.

🗞 Inflação de serviços ressurge após o alívio no isolamento social — Com a vida voltando ao normal e o alívio no isolamento social, abriu-se espaço para reajuste de preços dos serviços.

🗞 Detecção de superbactérias triplica no Brasil durante pandemia — Em 2019, a Fiocruz recebeu cerca de mil amostras de bactérias resistentes; em 2021, já são mais de 3,7 mil.

FOLHA

🗞 Aproximação de Musk e ministro constrange Anatel — A possível aliança entre o Ministério das Comunicações, de Fabio Faria, e Elon Musk para conexão de escolas criou constrangimento na agência, que avalia pedido da SpaceX, do empresário.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

– Bélgica: Eurogrupo realiza reunião
– França: Diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, discursa em Fórum de competitividade da OCDE (8h)
– Boletim Focus (8h25)
– Reino Unido: Integrante do conselho do BoE Ben Broadbent discursa sobre panorama econômico e inflação (8h30)
– EUA: Diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, participa de coletiva de imprensa sobre panorama da zona do euro (13h)
– Balança comercial semanal (15h)
(fonte BDM)

 

Deixe um comentário