Itaúsa aprova incorporação de parcela cindida do patrimônio líquido da Itaú Unibanco Participações (Iupar)

LinkedIn

A Itaúsa aprovou a incorporação de parcela cindida do patrimônio líquido da Itaú Unibanco Participações (Iupar) correspondente a 39.386.461 de ações Classe A de emissão da XP Inc.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ITSA4) nesta quinta-feira (09).

Essa operação não acarretará alteração no capital social da Companhia, uma vez que o valor dessa parcela cindida pela IUPAR já consta do patrimônio líquido da Itaúsa, sendo apenas substituído o investimento dessa parcela por participação direta da Itaúsa na XP Inc.

Itaúsa (ITSA4): lucro líquido atribuído de R$ 2,36 bilhões, alta de 32,3%

A Itaúsa, holding que controla o Itaú Unibanco e as empresas Dexco (ex-Duratex) e Alpargatas, registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 2,36 bilhões no terceiro trimestre, alta de 32,3% ante os R$ 1,78 bilhão reportados no mesmo período do ano passado.

Conforme a empresa, o incremento no lucro anual foi decorrente do maior resultado de equivalência patrimonial e maior custo da holding, além de efeitos não recorrentes, que tiveram impacto negativo de 313 milhões.

Entre as empresas industriais do portfólio da Itaúsa, a fabricante de calçados Alpargatas teve crescimento de 12,7% da receita líquida, enquanto a produtora de louças sanitárias e painéis de madeira Dexco também teve expansão em todas suas principais linhas

Já o lucro líquido recorrente somou R$ 2,67 milhões, alta de 35,4% em base anual, refletindo eventos não recorrentes, que tiveram efeito negativo de R$ 313 milhões no período, diante do impacto negativo da majoração da alíquota da CSLL no Itaú Unibanco.

Deixe um comentário