Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq tiveram a primeira queda acentuada de 2022 em reação a um Fed mais agressivo

LinkedIn

As ações caíram acentuadamente na quarta-feira (05), com Wall Street se preparando para uma política monetária dos EUA potencialmente mais apertada.

O Dow Jones caiu 392,54 pontos, ou -1,07%, para 36.407,11 pontos. O S&P 500 caiu -1,94% para 4.700,58 pontos. O Nasdaq viu sua maior perda em 1 dia desde fevereiro de 2021, perdendo -3,34% na quarta-feira, para terminar em 15.100,17 pontos.

O rendimento do Tesouro de 10 anos atingiu a maior alta do dia e o S&P 500 atingiu a baixa da sessão, enquanto os investidores digeriam a ata da reunião mais recente do Federal Reserve, que mostrou o Fed discutindo a redução de seu balanço patrimonial logo após aumentar as taxas mais tarde este ano.

O Fed está reduzindo suas compras de títulos agora e já indicou ao mercado que aumentará as taxas logo após o término dessa redução em março. Mas o mercado está esperando indicações do Fed sobre o que fará com seu balanço patrimonial de quase US$ 9 trilhões assim que terminar de aumentá-lo. As atas mostram que os funcionários estão considerando reduzir o balanço patrimonial junto com o aumento das taxas como outra forma de remover a acomodação da política.

“Quase todos os participantes concordaram que provavelmente seria apropriado iniciar o escoamento do balanço em algum ponto após o primeiro aumento na faixa-alvo para a taxa de fundos federais”, declarou o resumo da reunião.

Esse escoamento é “o principal risco para o ano”, de acordo com o CEO da Infrastructure Capital Management, Jay Hatfield.

“Se o Fed começar a encolher o balanço patrimonial, isso será desastroso”, disse Hatfield. “Presumo que eles vão manter o balanço patrimonial estável, mas é possível se a inflação ficar muito alta que eles comecem a deixar o balanço patrimonial escorregar”.

Se isso acontecer, “não é apenas que eles não estão injetando liquidez, eles estão retirando liquidez”, acrescentou Hatfield. “Você não quer estar no mercado de ações quando o Fed está tirando liquidez dele – é como estar na Coca quando Warren Buffett está vendendo sua posição”.

O Fed também sinalizou que pode ser mais agressivo no aumento das taxas.

“Os participantes em geral observaram que, dadas suas perspectivas individuais para a economia, o mercado de trabalho e a inflação, pode ser necessário aumentar a taxa de fundos federais mais cedo ou em um ritmo mais rápido do que os participantes haviam antecipado”, afirma a ata.

A atualização do Fed empurrou o rendimento de 10 anos para acima de 1,70%. Terminou o ano passado em 1,51%. As ações da área de tecnologia foram as mais atingidas, uma vez que as taxas mais altas fizeram com que os investidores abandonassem as ações especulativas com avaliações mais altas.

As ações de tecnologia Mega Cap caíram todas, junto com Oracle, Cisco Systems e Intuit.

Salesforce caiu 7,7% após um downgrade pelo UBS. O UBS também cortou a Adobe, fazendo com que suas ações caíssem 6,5%. Entre os fabricantes de chips, a Advanced Micro Devices caiu cerca de 5%. Nvidia e Marvell perderam cerca de 4%.

“Você viu um movimento de pessoas mudando de ações de tecnologia, de alto crescimento e momentum para ações de valor, cíclicas e de renda”, disse Hatfield. “É a liquidez que está impulsionando isso, não a taxa de juros, necessariamente. Quando há liquidez, você busca impulso porque o Fed está forçando ações e títulos a subir. Se o Fed vai retirar essa liquidez, você diz que quero estar naquilo que for mais barato, com o risco mais baixo”.

Honeywell, General Electric e Caterpillar permaneceram em alta na tarde de quarta-feira em meio à liquidação do mercado.

O Bank of America deu um upgrade para a Pfizer, observando que os lucros da empresa com os tratamentos da Covid-19 fornecem vantagens para as ações. As ações da Pfizer subiram 2,3%.

“O primeiro semestre do ano será sobre uma forte perspectiva de crescimento dos EUA que deve beneficiar as ações cíclicas, mas uma retração sustentada das ações de tecnologia não se justifica, já que o Fed não iniciou oficialmente seu ciclo de aumento das taxas de juros”, disse Edward Moya, analista sênior da Oanda.

A ADP informou na quarta-feira que o crescimento do emprego privado totalizou 807.000 em dezembro, mais que o dobro da estimativa do Dow Jones de 375.000. Os dados do relatório cobrem apenas até meados de dezembro, no entanto, que foi antes do auge da escalada nos casos e preocupações da Covid-19.

Os investidores estão em busca de pistas sobre onde a economia está se encaminhando para o novo ano e também aguardarão a contagem das folhas de pagamento não-agrícolas de sexta-feira, que deve mostrar um ganho de 422.000.

(Com CNBC)

Deixe um comentário