Dow Jones saltou 200 pontos para outro recorde na terça-feira; Nasdaq perdeu menos 1,33%

LinkedIn

O índice Dow Jones subiu pelo segundo dia desde o início das negociações de 2022, com os investidores apostando nos tipos de ações que se beneficiariam de uma economia robusta neste ano, apesar da ameaça da variante Ômicron.

Mas um aumento contínuo nos rendimentos dos títulos no início do novo ano fez com que os investidores vendessem as ações de tecnologia, levando o Nasdaq para baixo. As perdas em ações de tecnologia que foram grandes vencedoras no ano passado, como Nvidia e Tesla, pesaram no mercado mais amplo.

O Dow Jones subiu 214,39 pontos, ou cerca de +0,59%, alcançando um fechamento recorde de 36.799,39 e batendo um recorde intradiário no início da sessão. O S&P 500 também atingiu um recorde intradiário, mas foi retido um pouco por perdas de tecnologia. Terminou o dia com queda de -0,06%, caindo para 4.793,54. O Nasdaq Composite caiu -1,3%, para 15.622,72.

Os investidores apostaram esta semana que a economia poderia superar o aumento mais recente dos casos da Covid-19, que  ultrapassou 1 milhão nos Estados Unidos na segunda-feira. Esse otimismo impulsionou as taxas de juros e dividiu o mercado de ações na terça-feira.

No lado vencedor da sessão, estavam ações como os bancos, que deverão se beneficiar com o aumento das taxas. JPMorgan Chase, American Express e Goldman Sachs estavam entre os maiores ganhadores do Dow Jones.

Caterpillar e outras ações ligadas diretamente à recuperação econômica também cresceram. Ações de energia como a Occidental Petroleum subiram 7,4% e Coterra Energy adicionou 6,9%. As ações da Halliburton saltaram 6% à medida que os preços do petróleo aumentaram e o Morgan Stanley  elevou a classificação da empresa.

A Ford Motor foi a que mais ganhou no S&P 500, mais de 11% depois que a empresa abriu pedidos nesta semana para sua picape elétrica F-150 Lightning, que havia sido fechada anteriormente devido a uma resposta esmagadora. A empresa também anunciou planos de quase dobrar seu plano de produção para 150.000 por ano.

Do lado perdedor da sessão estavam nomes de tecnologia com altas avaliações, já que os investidores saíram desse setor à medida que as taxas aumentaram. A Tesla caiu cerca de 5% após saltar 13% na segunda-feira e encerrar 2021 com um ganho de cerca de 8,5%. A Nvidia caiu 4,4% na terça-feira. As empresas de nuvem CrowdStrike e Okta perderam 5%.

Os rendimentos dos títulos saltaram pelo segundo dia, à medida que os investidores digeriam as evidências crescentes de que a variante Ômicron da Covid-19 pode ser menos um obstáculo material ao crescimento global do que muitos anteciparam inicialmente.

Em outros lugares, as operadoras de cruzeiros continuaram sua recuperação, com as ações da Carnival Corp e da Norwegian Cruise subindo cerca de 2%. As ações das companhias aéreas também subiram . A American e a United Airlines ganharam cerca de 2%.

Os principais índices subiram na segunda-feira para o início do novo ano, com o Dow Jones e o S&P 500 atingindo recordes de fechamento. O Nasdaq também ganhou mais de 1%, liderado pelo salto de Tesla e pela escalada da Apple. A fabricante do iPhone se tornou na segunda-feira a primeira empresa a atingir uma capitalização de mercado de US$ 3 trilhões.

(Com CNBC)

Deixe um comentário