FII: IFIX de quarta-feira, 26 fechou em queda de 0,70%

LinkedIn

(26/01/2022): O índice fechou em queda de 0,70%, aos 2.772 pontos. A mínima para o dia foi de 2764 pontos enquanto a máxima bateu em 2.813 pontos. Em janeiro o índice de FIIs acumula queda de 1,13%. A movimentação financeira foi de R$ 332,55 milhões.

Desempenho:

As maiores altas do IFIX foram em: Santander Papéis Imobiliários (SADI11), RBR Alpha Multiestratégia Real Estate (RBRF11), Pátria Logística (PATL11), BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11), Fator Verità (VRTA11).

As maiores quedas foram em: Hedge Brasil Shopping (HGBS11), Maxi Renda (MXRF11), Vinci Logística (VILG11), Capitânia REIT FOF (CPFF11), CSHG Logística (HGLG11).

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker) Preço Oscilação
SADI11 R$ 88,93 1,47%
RBRF11 R$ 74,99 1,34%
PATL11 R$ 74,01 1,04%
BTCR11 R$ 93,00 0,98%
VRTA11 R$ 104,85 0,95%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker) Preço Oscilação
HGBS11 R$ 168,99 -4,53%
MXRF11 R$ 9,62 -3,90%
VILG11 R$ 101,65 -3,20%
CPFF11 R$ 72,20 -2,76%
HGLG11 R$ 168,04 -2,67%

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou na terça (25) fato relevante sobre o fundo Maxi Renda (MXRF11) no qual discute os parâmetros para a distribuição de rendimentos do Fundo.

Após analisar as demonstrações financeiras do MXRF11 e certificar que a carteira apresentava prejuízo em 2020, a CVM declarou que a distribuição de dividendos do Fundo não pode exceder o lucro contábil.

Nesse contexto, para ser pago, o valor do dividendo deve ser maior que o lucro contábil do FII.

A decisão não é definitiva e cabe recurso dos gestores, que devem recorrer.

O MXRF11 é um dos FIIs com mais cotistas do mercado, chegando a 488.875. O papel encerrou o pregão de quarta (26) em queda de 3,90%, cotado a R$ 9,62.

fontes:B3, euqueroinvestir

Deixe um comentário