Santander libera R$ 2 milhões em empréstimo sustentável à Brametal

LinkedIn

O Santander liberou R$ 2 milhões em empréstimo sustentável à Brametal, maior fabricante no continente americano de estruturas metálicas para linhas de transmissão de energia elétrica, renováveis, telecomunicações e iluminação. O valor será utilizado na construção da estação de tratamento de efluentes (ETE) em Linhares, no Espírito Santo, que deve beneficiar 5,4 mil habitantes. Essa é a primeira operação de crédito verde concedida no estado pelo banco.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:SANB11) nesta terça-feira (22).

Após a conclusão da obra, prevista para este ano, a ETE será doada ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do município. A estação terá capacidade para tratar 10 litros por segundo e vai atender, especialmente, os moradores da região do Rio Quartel.

Para Carolina Learth, responsável pela área de Sustentabilidade no Santander Brasil, além da questão ambiental, há o impacto social. “A construção dessa estação de tratamento de efluentes pode representar uma melhora significativa na saúde da população”, avalia.

O diretor industrial da Brametal, Marcos Bercht, disse que o SAAE buscava parceiros na iniciativa privada que pudessem, de forma eficiente e econômica, “contribuir ativamente para o desenvolvimento social e apoiar projetos de preservação ambiental”, destacou.

Em 2021, o Santander financiou mais de R$ 51 bilhões em negócios sustentáveis – que inclui operações de energia renovável, agricultura de baixo carbono, empréstimos verdes, empréstimos atrelados a metas ESG, emissão de títulos verdes, sociais ou sustentáveis, microcrédito, e é pioneiro no financiamento de projetos de geração de energia solar.

Informações Grupo CMA

Deixe um comentário