CVM vai investigar Tanure por compra de ações da Alliar

LinkedIn

A CVM vai investigar indícios de uso de informação privilegiada (insider trading) nas negociações de fundos ligados ao empresário Nelson Tanure com ações da Alliar.

A questão levantada é a negociação de Tanure para compra de ações do bloco de controle da Alliar (BOV:ALLR3), no fim do ano passado. Tanure detinha cerca de 26% de participação na Alliar e chegou a um acordo com o grupo formado por 50 pessoas, proprietárias de pouco mais de 50% das ações da empresa.

Dessa forma, Tanure pôde comprar as ações que lhe dariam posição dominante da empresa por R$ 20,50 – prêmio relevante, de 57%, pois o papel estava cotado na faixa de R$ 13. Mas os acionistas minoritários reclamaram que o contrato os excluiu da transação, já que pelas regras da CVM, quando uma empresa troca de dono, a oferta ao controlador precisa também ser feita aos demais acionistas.

Informações BDM

Deixe um comentário