Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com leve alta de 0,05% e todos os destaques de hoje (27/05/2022)

LinkedIn

O principal índice da Bolsa brasileira encerrou o pregão praticamente estável, com leve alta de 0,05%, aos 111.942 pontos, com os papéis da Petrobras limitando os ganhos do Ibovespa.

Investidores seguem de olho na troca da presidência da estatal, além das declarações de Arthur Lira (PP-AL). À tarde, o presidente da Câmara dos Deputados defendeu, em entrevista à Rádio Bandeirantes, a privatização da companhia ou a “adoção de medidas mais duras” para conter os preços dos combustíveis.

Entre as maiores quedas do dia estão Petrobras (PETR4 e PETR3), Yduqs (YDUQ3), Via (VIIA3) e Energisa (ENGI11).

Do lado oposto, as maiores altas do pregão foram alcançadas por BRF (BRFS3), Minerva (BEEF3), Siderúrgica Nacional (CSNA3), Petrorio (PRIO3) e B3 (B3SA3).

Nos Estados Unidos, o PCE (Índice de Preços para Gastos de Consumo Pessoal, em português) de preços nos EUA subiu 0,2% em abril, segundo dados divulgados mais cedo. O resultado mostra desaceleração ante alta de 0,9% em março.

Tanto o indicador completo, quanto o chamado núcleo do PCE, que exclui os componentes voláteis de alimentos e energia, desaceleraram nos últimos 12 meses.

Os números ajudaram a impulsionar os principais índices em Wall Street. O Nasdaq avançou 3,33%, o S&P 500 subia 2,47% e o Dow Jones 1,76%. O dólar comercial recuou, a R$ 4,73.

Dados de gastos dos consumidores acima do esperado também deram suporte ao mercado acionário e reduziram temores de uma desaceleração mais forte da economia norte-americana.

➡️ Veja o fechamento desta sexta-feira:

🇧🇷 IBOV: +0,05% a 111.942 pts
💵 Dólar: -0,46% a R$ 4,73
💶 Euro: -0,35 a R$ 5,08
💰Bitcoin: -2,35% a 136.865 pts

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +1,76% a 33.212 pts
S&P 500: +2,47% a 4.158 pts
Nasdaq: +3,33%, a 12.131 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/05/2022  1,15%  106.638,64 R$ 32,8 bilhões
 03/05/2022 – 0,10%  106.528,09 R$ 28 bilhões
04/05/2022 1,70% 108.343,74 R$ 36,9 bilhões
05/05/2022 -2,81% 105.304,19 R$ 36,1 bilhões
06/05/2022 -0,16% 105.134,73 R$ 35,9 bilhões
09/05/2022 -1,79%  103.250,02 R$ 33,5 bilhões
10/05/2022  0,14%  103.109,94 R$ 29,4 bilhões
11/05/2022  1,25% 104.396,90 R$ 33,3 bilhões
12/05/2022 1,24% 105.687,64 R$ 29,1 bilhões
13/05/2022  1,17%  106.924,18  R$ 31,5 bilhões
16/05/2022 1,22% 108.232,74 R$ 28,8 bilhões
17/05/2022 0,51% 108.789,33  R$ 32,3 bilhões
18/05/2022  -2,34% 106.247,15 R$ 29,9 bilhões
19/05/2022  0,71%  107.005,22 R$ 24,7 bilhões
20/05/2022 1,39%  108.487,8 R$ 31 bilhões
23/05/2022 1,71%  110.345,82 R$ 26,1 bilhões
24/05/2022  0,21%  110.580,79 R$ 30,2 bilhões
25/05/2022 0,00% 110.579,81 R$ 23,3 bilhões
26/05/2022 1,18%  111.889,88 R$ 27 bilhões
27/07/2022 0,05% 111.941,68 R$ 23,9 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

BRFS3: +4,82% a R$ 15,23
BEEF3: +4,40% a R$ 14,00
CSNA3: +3,10% a R$ 22,30
PRIO3: +2,64% a R$ 28,72
ALPA4: +2,53% R$ 22,73

  • BAIXAS IBOVESPA

PETR4: -4,76% a R$ 30,60
YDUQ3: -4,49% a R$ 17,25
PETR3: -4,17% a R$ 33,74
VIIA3: -3,28% a R$ 3,24
ENGI11: -2,58% a R$ 43,74

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    3R Petroleum (RRRP3)

    A 3R Petroleum assinou, por meio de suas subsidiárias 3R Candeias e 3R Rio Ventura, contrato de venda de gás natural junto à Bahiagás, referente ao gás natural produzido nos Polos Recôncavo e Rio Ventura, localizados na Bacia do Recôncavo. Saiba mais…

    Allied (ALLD3) 

    A Allied Tecnologia aprovou sua a 5ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações. Serão lançados no mercado 296.000 papéis ao valor unitário de R$ 1.000,00, perfazendo então montante total de R$ 296 milhões. O prazo de vencimento das debêntures é de cinco anos. Saiba mais…

    BB Seguridade (BBSE3)

    A BB Seguridade informou que a Brasilprev, empresa de previdência privada do grupo, fechou uma parceria para vender produtos através do Banco Modal, recentemente adquirido pela XP. Saiba mais…

    BRF (BRFS3)

    A companhia de alimentos BRF decidiu cortar 25% dos cargos de diretoria da empresa, como parte de um processo de restruturação. Saiba mais…

    A BRF anunciou ter superado a marca de mais de 50% de matrizes suínas da companhia criadas em alojamento coletivo, o que garante maior bem-estar animal. Saiba mais…

    BTG Pactual (BPAC11)

    O BTG Pactual concluiu a participação societária minoritária na CSD (Central de Serviços de Registro e Depósito aos Mercados Financeiro e de Capitais).

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    A Eletrobras submeteu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro automático da oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias, inclusive sob a forma de American Depositary Shares (ADS), representados por American Depositary Receipts (ADR), que resultará na privatização da companhia, na CVM e na Securities and Exchange Comission, conforme antecipou o Broadcast. Saiba mais…

    A Eletrobras aprova a integralização, pela subsidiária Furnas, das ações da Madeira Energia que eventualmente sobrarem após um aumento de capital. Saiba mais…

    A Eletrobras informou que o STJ manteve a decisão anterior favorável à companhia no processo sobre critérios de incidência de juros remuneratórios sobre os créditos devidos a título de empréstimo compulsório sobre energia elétrica, para a Decoradora Roma. Saiba mais…

    Metade da operação que vai ofertar ações da Eletrobras já está ancorada, segundo o Pipeline. Três fontes informaram ao site que um grupo de novos investidores e outros já acionistas da elétrica garantem R$ 15 bilhões no book. Saiba mais…

    A oferta de ações da Eletrobras terá um valor máximo de R$ 6 bilhões destinado aos investidores pessoa física que queiram utilizar recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para adquirir ações da companhia de energia elétrica, de acordo com o prospecto da operação apresentado nesta sexta-feira, 27, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Saiba mais…

    O prospecto da oferta da Eletrobras informa que a operação corre o risco de ser cancelada se Furnas não resolver o imbróglio que envolve a hidrelétrica Santo Antônio até o dia 6 de junho. Saiba mais…

    Auditoria externa da Eletrobras identificou deficiências materiais nos mecanismos de controles utilizados pela companhia para a elaboração das suas demonstrações financeiras, de acordo com formulário 20-F enviado à SEC no início do mês, informa o Valor. Saiba mais…

    Enjoei (ENJU3)

    O Enjoei comunicou que as negociações para uma possível combinação de negócios com a Gringa foram formalmente encerradas. Saiba mais…

    Fras-le (FRAS3)

    A Fras-le contratou o Itaú Unibanco para exercer a função de formador de mercado de suas ações ordinárias negociadas no âmbito da B3. Saiba mais…

    Guararapes (GUAR3)

    A Guararapes comunicou ao mercado a liquidação financeira de sua quinta emissão de debêntures. Saiba mais…

    JBS (JBSS3)

    A Fitch Ratings reafirmou o rating ‘BBB-‘ da JBS, com perspectiva estável. De acordo com a agência de classificação de risco, a empresa espera atividade “resiliente” no setor de carne bovina nos EUA, e “desempenho forte” no de aves, em meio à “forte demanda” por proteínas, preços elevados de carnes, reabertura de serviços de alimentação e menos interrupções em comparação com anos anteriores. Saiba mais…

    JSL (JSLG3)

    A JSL comprou a Truckpad, de intermediação de fretes, por R$ 10 milhões. Saiba mais…

    Livetech da Bahia (LVTC3)

    A Livetech da Bahia anunciou ter firmado parceria estratégica com a VSG Energia para a construção de duas usinas fotovoltaicas, com funcionamento na modalidade de TaaS (Technology as a Service), ou seja, serviço de locação de tecnologia, que serão entregues até dezembro, já em operação. Saiba mais…

    Minerva Foods (BEEF3)

    A Minerva Foods avançou no monitoramento socioambiental de seus fornecedores diretos de gado na Argentina e na Colômbia, garantindo a aquisição de bovinos para abate a partir de fazendas livres de desmatamento. Saiba mais…

    MRV (MRVE3)

    A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pediu esclarecimentos à MRV após a notícia divulgada na Coluna do Broadcast. O jornal informou que a MRV nos Estados Unidos mudou o nome e planeja R$ 6 bilhões em investimentos. Além disso, destaca que AHS Residential, subsidiária do grupo MRV nos EUA, deve ganhar um sócio de peso nos próximos três a quatro meses. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A norueguesa Subsea 7 venceu uma licitação da Petrobras para desenvolvimento de um módulo no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, num contrato avaliado em aproximadamente 750 milhões de dólares. Saiba mais…

    A diretoria da Petrobras enviou no início da semana ofício ao Ministério de Minas e Energia (MME), reforçando o risco de desabastecimento de diesel no País, confirmou uma fonte próxima ao assunto. Saiba mais…

    O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), avaliou ser inadequado iniciar o processo de privatização da Petrobras, sugeriu que o governo venda a participação das ações da empresa sob controle do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e deixe o controle acionário na petroleira. Saiba mais…

    Uma regra criada pelo governo, em 18 de abril deste ano, para todas as estatais, foi usada pelo Conselho de Administração da Petrobras para frear, ontem, 25, o processo de sucessão no alto comando da empresa, que depende da convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE). Saiba mais…

    Sanepar (SAPR4) 

    A Sanepar informou que, em audiência de conciliação no Supremo Tribunal Federal (STF) retomou as negociações com o Ministério Público do Paraná e com o município de Maringá. Saiba mais…

    Simpar (SIMH3)

    A Simpar anunciou a projeção de receita bruta consolidada de aproximadamente R$ 35 bilhões em 2024, segundo fato relevante ao mercado, o que representaria mais do que o dobro ante o registrado no último ano. Saiba mais…

    Sulamérica (SULA11)

    A Sulamerica esclareceu questionamentos da B3 sobre exercício do direito de retirada com relação a aquisição e incorporação das ações pela Rede D’Or. Saiba mais…

    Suzano (SUZB3)

    A Suzano anunciou a seus clientes na Ásia mais um aumento para os preços da celulose de eucalipto, de US$ 30 por tonelada, de acordo com a Risi. Saiba mais…

    Telebras (TELB3/TELB4) 

    A Telebras firmou contrato de 30 meses com o Instituto Nacional do Seguro Social – INSS. A parceria tem como objetivo o fornecimento de soluções corporativas para rede de dados de longa distância – WAN e a interligação das unidades do órgão federal. Saiba mais…

     Vale (VALE3)

    O Conselho de Administração da Vale deliberou a instalação do Comitê de Nomeação para assessorar, a partir de junho de 2022, o processo de eleição do órgão colegiado, que ocorrerá na Assembleia Geral Ordinária (AGO) prevista para abril de 2023. Saiba mais…

    (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário