Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com queda de 0,96% e todos os destaques de hoje (29/06/2022)

LinkedIn

Apesar de ter iniciado a sessão em alta, o Ibovespa não seguiu o patamar positivo e fechou em queda de 0,96%, aos 99.622 pontos, se afastando dos 101 mil pontos da abertura.

Investidores seguem apreensivos com o risco fiscal, acompanhando o substitutivo da PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Combustíveis. O projeto prevê um impacto total de R$ 38,75 bilhões no Orçamento, incluindo os aumentos dos valores do Auxílio Brasil e Auxílio Gás.

Entre os indicadores da agenda econômica, ficou no radar o IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado), que registrou avanço de 0,59% neste mês, após alta de 0,52% em maio, com a maior pressão no varejo compensando a alta mais fraca no atacado.

Pesou sobre o Ibovespa a queda das ações da Qualicorp (QUAL3), que caíram 8,38%. Entre as maiores perdas do dia também aparecem os papéis de CVC (CVCB3), Positivo (POSI3), Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3), com recuos de 6,36%, 5,52%, 5,10% e 4,51%, respectivamente.

Do lado oposto, as maiores altas ficaram para as ações de MRV (MRVE3), SLC Agrícola (SLCE3), Rede D’or (RDOR3), SulAmérica (SULA11) e Cyrela (CYRE3), que registraram valorizações de 3,41%, 2,86%, 2,83%, 1,72% e 1,63%, respectivamente.

O principal índice da Bolsa brasileira seguiu o desempenho de Wall Street. Por lá, os mercados encerrarem o dia majoritariamente em queda, com exceção do Dow Jones, após o PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos vir abaixo do esperado.

S&P 500 e Nasdaq desvalorizaram 0,07% e 0,03%, respectivamente. Por outro lado, o Dow Jones se manteve firme e finalizou o dia em alta de 0,27%, aos 31.029 pontos.

O PIB norte-americano caiu a uma taxa anualizada de 1,6% no primeiro trimestre, em dado revisado para baixo em relação ao ritmo de queda de 1,5% relatado anteriormente.

Em meio a temores globais, o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, disse durante um evento no Banco Central Europeu que existe o risco de que o aumento dos juros dos EUA desacelere demais a economia, mas que “o maior risco é uma inflação persistente que comece a deixar as expectativas públicas sobre os preços avançarem”.

O dólar comercial recuou 1,39% na sessão de hoje, e encerrou o dia cotado a R$ 5,19.

➡️ Veja o fechamento desta quarta-feira:

🇧🇷 IBOV: -0,96% a 99.622 pts
🏢 IFIX: -0,02% a 2.792 pts
💵 Dólar: -1,39% a R$ 5,19
💶 Euro: -2,16% a R$ 5,42
💰 Bitcoin: -1,62% a 105.041,00 pts

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +0,27% a 31.029 pts
S&P 500: -0,07% a 3.818 pts
Nasdaq: -0,03%, a 11.177 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/06/2022  0,01% 111.359,94 R$ 25,5 bilhões
 02/06/2022   0,93%  112.392,91  R$ 24,3 bilhões
03/06/2022 -1,15% 111.102,32 R$ 20,9 bilhões
06/06/2022 – 0,82%  110.185,91 R$ 16,9 bilhões
07/06/2022 – 0,11% 110.069,76  R$ 21,2 bilhões
08/06/2022 – 1,55% 108.367,67 R$ 22,4 bilhões
09/06/2022 – 1,18% 107.093,71 R$ 25,8 bilhões
10/06/2022 -1,51% 105.481,23  R$ 30,2 bilhões
13/06/2022 – 2,73% 102.598,18 R$ 31,2 bilhões
14/06/2022 -0,52%  102.063,25 R$ 23,6 bilhões
15/06/2022  0,73% 102.806,82 R$
17/06/2022 -2,90% 98.401,73 R$ 31 bilhões
20/06/2022 0,03% 99.852,67 R$ 22,5 bilhões
21/06/2022 – 0,17% 99.684,50 R$ 22,7 bilhões
22/06/2022  -0,16% 99.522,32 R$ 23,5 bilhões
23/06/2022 – 1,45%  98.080,34 R$ 24,6 bilhões
24/06/2022 0,60% 98.672,26 R$ 22,1 bilhões
27/06/2022  2,12% 100.763,60 R$ 21,6 bilhões
28/06/2022 -0,17 100.591,41 R$ 24,4 bilhões
29/06/2022 -0,96%   99.621,58 R$ 19,9 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

MRVE3: +3.41% a R$ 7,59
SLCE3: +2.86% a R$ 46,73
RDOR3: +2,83% a R$ 29,09
SULA11: +1,72% a R$ 21,87
CYRE3: +1,63% a R$ 11,86

  • BAIXAS IBOVESPA

QUAL3: -8,38% a R$ 11,59
CVCB3: -6,36% a R$ 7,21
POSI3: -5,52% a R$ 5,65
MRFG3: -5,10% a R$ 12,46
BEEF3: -4,51% a R$ 13,56

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Banco do Brasil (BBAS3)

    O Banco do Brasil preparou uma estreia no Roblox, segundo o Estadão.

    Braskem (BRKM5)

    A Braskem informou o valor do resgate de bônus com vencimento em 2023 e 2024 da Braskem Netherlands Finance B.V. Saiba mais…

    BR Partners (BRBI11)

    A BR Partners informou que aa agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou o rating Nacional de Longo Prazo do banco de “A+” para “AA-”, com perspectiva estável.  A agência reforçou o sólido histórico de resultados do Banco e o sucesso em fortalecer e diversificar as fontes de receitas. Saiba mais…

    Cyrela (CYRE3) 

    O conselho de administração da Cyrela Brazil Realty aprovou a criação de um programa de recompra de até 4,74% das ações ordinárias em circulação, número atualmente correspondente a treze milhões de ações. Saiba mais…

    Dommo (DMMO3) 

    A Dommo recebeu decisão referente aos custos proferida no procedimento arbitral instaurado perante a Câmara de Comércio Internacional contra a Petronas Brasil E&P. Saiba mais…

    Energisa (ENGI11)

    A Energisa divulgou seus compromissos com relação à sustentabilidade dos seus negócios. A empresa prevê a instalação, até 31 de dezembro de 2026, de potência em energia renovável de 1,7 GW. Saiba mais…

    Eneva (ENEV3)

    A Eneva informou que a agência de classificação de risco de crédito Fitch Ratings publicou relatório removendo a “Observação Negativa” comunicada em 03 de junho de 2022, e afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo da Companhia em AAA(bra), com perspectiva “estável”. Saiba mais…

    Light (LIGT3), Cemig (CMIG3/CMIG4), Copel (CPLE6)

    A Light, a Copel e a Cemig se manifestaram sobre a publicação no Diário Oficial da União da Lei nº 14.385/2022, que disciplina a devolução de valores de tributos de Pasep/Cofins sobre ICMS recolhidos a maior pelas prestadoras do serviço público de distribuição de energia elétrica. A lei foi sancionada no último dia 27 de junho. Saiba mais…

    Oi (OIBR3) 

    A Oi registrou lucro líquido de R$ 1,78 bilhão no primeiro trimestre de 2022, revertendo em parte o prejuízo líquido de R$ 3,03 bilhões do primeiro trimestre de 2021. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A Petrobras decidiu retomar o processo de venda de três refinarias que fazem parte de um acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para quebrar o monopólio da estatal na área de refino. Esta é a segunda tentativa da empresa em vender essas unidades. Especialistas apontam que dificilmente a nova oferta terá sucesso às vésperas das eleições presidenciais, que colocam um risco a mais em um negócio que já enfrenta o obstáculo da defasagem de preços dos combustíveis no mercado interno em relação às cotações internacionais. Saiba mais…

    Petz (PETZ3) 

    A Petz aprovou a contratação da KPMG Auditores Independentes para assumir o papel de auditores independentes da empresa, em substituição à Deloitte, com início das atividades previsto para ocorrer a partir da revisão das informações trimestrais do período de seis meses encerrado em 30 de junho. Saiba mais…

    Restoque (LLIS3)

    A Restoque anunciou o adiamento do primeiro pagamento da remuneração das debêntures da 12ª emissão, decisão tomada durante assembleia geral de debenturistas. Saiba mais…

    RNI (RDNI3)

    A RNI Negócios Imobiliários informou o lançamento do da segunda fase do empreendimento RNI Origem do Sol, em Várzea Grande, no estado do Mato Grosso.

    TIM (TIMS3)

    A Tim informou que prazo para exercer direito recesso na compra da Cozani termina em 29 de julho. O reembolso será de R$ 10,37 por ação.

    Unidas (LCAM3)

    A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição de ativos pertencentes a controladas da Unidas pela Cedar, acionista da Ouro Verde Locação e Serviço, que faz parte do Grupo Brookfield. Saiba mais…

    Unifique (FIQE3)

    A Unifique aprovou o encerramento do segundo programa de recompra de ações da Companhia. Saiba mais…

    Yduqs (YDUQ3) e Hapvida (HAPV3)

    A Yduqs e a Hapvida fizeram uma parceria, informou o Valor Econômico.

    (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário