Amazon teve crescimento de receita de 7% no segundo trimestre e emite orientação positiva

LinkedIn

As ações da Amazon (NASDAQ:AMZN) subiram mais de 12% em negociações estendidas na quinta-feira (28), depois que a empresa divulgou uma receita melhor do que o esperado no segundo trimestre e deu uma perspectiva otimista.

A Amazon também é negociada na B3 através do ticker (BOV:AMZO34).

Resultados:

  • EPS: Perda de 20 centavos
  • Receita: US$ 121,23 bilhões contra US$ 119,09 bilhões esperados, de acordo com a Refinitiv

Veja como outros segmentos importantes da Amazon se saíram durante o trimestre:

  • Amazon Web Services: US$ 19,7 bilhões contra US$ 19,56 bilhões esperados, de acordo com StreetAccount
  • Publicidade: US$ 8,76 bilhões contra US$ 8,65 bilhões esperados, de acordo com StreetAccount

O crescimento da receita de 7% no segundo trimestre superou as estimativas, contrariando a tendência entre seus pares de tecnologia, que relataram resultados decepcionantes.

A Amazon disse que espera registrar receita no terceiro trimestre entre US$ 125 bilhões e US$ 130 bilhões, representando um crescimento de 13% a 17%. Analistas esperavam vendas de US$ 126,4 bilhões, segundo a Refinitiv.

A Amazon tem enfrentado custos mais altos, já que a expansão impulsionada pela pandemia deixou a empresa com excesso de trabalhadores e muita capacidade de armazenamento.

“Apesar das contínuas pressões inflacionárias nos custos de combustível, energia e transporte, estamos progredindo nos custos mais controláveis ​​que mencionamos no último trimestre, principalmente melhorando a produtividade de nossa rede de atendimento”, disse o CEO Andy Jassy em comunicado.

A Amazon reduziu seu número de funcionários em 99.000 pessoas para 1,52 milhão de funcionários no final do segundo trimestre.

A Amazon registrou uma perda de US$ 3,9 bilhões em seu investimento na Rivian depois que as ações da fabricante de veículos elétricos caíram 49% no segundo trimestre. Isso eleva sua perda total no investimento este ano para US$ 11,5 bilhões.

Por causa da baixa contábil da Rivian, a Amazon teve um prejuízo geral de US$ 2 bilhões no trimestre. As estimativas de EPS dos analistas variaram drasticamente, tornando difícil comparar os resultados reais com um número de consenso.

O negócio de anúncios da Amazon é um ponto positivo em um trimestre sombrio para publicidade online, e mostra que a empresa está ganhando participação em um de seus negócios de crescimento mais rápido.

A receita de anúncios cresceu 18% no período. Enquanto isso, o Facebook registrou sua primeira queda na receita esta semana e prevê outro declínio para o terceiro trimestre. Na Alphabet, o crescimento da publicidade desacelerou para 12%, e o YouTube mostrou uma desaceleração dramática de 84% para 4,8% no ano anterior.

Entre as outras principais empresas de tecnologia, a Microsoft também relatou resultados decepcionantes esta semana. A Apple superou o consenso dos analistas, elevando as ações nas negociações estendidas de quinta-feira.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário