ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Eletrobras: Chesf e Furnas conseguem suspender medida cautelar da Aneel

LinkedIn

A Eletrobras comunicou que suas controladas Chesf e Furnas conseguiram suspender na Justiça uma medida cautelar da Agência Nacional de Energia Elétrica que determinava um recálculo de indenização bilionária a transmissoras de energia elétrica.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELET6) nesta terça-feira (05).

Principais afetadas pela medida, a Eletrobras e a ISA Cteep (BOV:TRPL4) buscavam reverter a cautelar concedida de forma monocrática pelo diretor da Aneel Efrain Cruz. A medida poderia reduzir o saldo devedor das indenizações da chamada “RBSE” em cerca de R$ 2,4 bilhões, segundo cálculos de uma nota técnica.

Segundo a Eletrobras, as decisões conquistadas na Justiça preveem a suspensão do efeito da cautelar e também a retirada do processo sobre o tema que seria julgado pela diretoria da Aneel em reunião nesta terça-feira.

“O pedido contido nas medidas judiciais propostas pretende que tal processo administrativo somente seja decidido após a oitiva das Autoras, Chesf e Furnas, e após a devida instrução com a oitiva das áreas técnicas e da Procuradoria da Aneel, respeitando-se os princípios da ampla defesa, do contraditório e do devido processo legal”, disse a Eletrobras.

Os valores devidos a transmissoras que tiveram seus contratos renovados antecipadamente em 2013 são custeados por consumidores, por meio de cobranças embutidas nas tarifas da conta de luz.

Informações Reuters

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br