Fitch afirma ratings da Localiza em BB+ e BB e eleva notas de crédito da Unidas

LinkedIn

A agência de classificação de risco Fitch afirmou os Ratings de Inadimplência (IDRs) de Longo Prazo em Moeda Local (LC) e Moeda Estrangeira (FC) da Localiza Rent a Car em ‘BB+’ e ‘BB ‘, respectivamente, e o Rating de Longo Prazo na Escala Nacional da Localiza e sua subsidiária integral Localiza Fleet (Localiza Fleet) em ‘AAA(bra)’.

Além disso, a Fitch elevou o Rating de Longo Prazo na Escala Nacional da Locamerica e sua subsidiária integral Unidas, coletivamente Unidas, para ‘AAA(bra)’ de ‘AA+(bra) )’ e removeu o Rating Watch Positivo.

As ações de rating seguem a conclusão da combinação de negócios da Localiza (BOV:RENT3) e Unidas (BOV:LCAM3) (agora coletivamente Localiza), respectivamente, a maior e a segunda maior locadora de carros e frotas do Brasil. O evento fortaleceu a posição de mercado da entidade combinada, que se beneficia das sinergias esperadas. Os ratings também refletem o desempenho operacional resiliente de ambas as empresas ao longo dos ciclos econômicos e um grupo com sólida estrutura de capital e forte posição de liquidez. O Country Ceiling soberano em ‘BB’ cobre o FC IDR da Localiza.

A combinação de negócios, que compreendeu a incorporação de ações da Unidas pela Localiza, fortaleceu ainda mais a posição de liderança e destaque de negócios da Localiza no setor de aluguel de carros e frotas no Brasil, sustentada por sua escala ainda maior, experiência operacional comprovada, presença nacional e uma forte operação de venda de carros usados. Em março de 2022, a frota total da Localiza e da Unidas de 494.656 veículos, sendo 294.587 em rent-a-car (RaC) e 197.069 em gestão de frotas (GTF), garantiu à entidade combinada uma confortável liderança em ambos os mercados. Como resultado, a empresa terá um poder de barganha mais forte com os fabricantes de equipamentos originais (OEM) e poderá capturar melhor as economias de escala. No YE 2022 e 2023, a frota total própria da Localiza deve estar em torno de 524,

O cenário case de rating apresenta um EBITDA consolidado robusto com base em crescimento orgânico moderado e margens melhores. A dinâmica saudável da demanda deve continuar a permitir reajustes tarifários, o que é crucial para enfrentar a inflação de custos, preços mais altos de compra de ativos e aumento do custo de capital. A Localiza deve atingir receita líquida consolidada de R$ 21,6 bilhões e EBITDA de R$ 7,8 bilhões (margem de 36%) em 2022 e R$ 28,5 bilhões e R$ 8,5 bilhões (margem de 30%) em 2023, de pro forma (Localiza mais Unidas ) R$ 17,5 bilhões e R$ 6,4 bilhões (margem de 36%), respectivamente, no último trimestre encerrado em março de 2022. O EBITDA projetado considera margens menores provenientes da venda de ativos.

A expansão de margem nos segmentos RaC e GTF, resultando em maior retorno sobre o capital investido (ROIC) e spread do ROIC sobre o custo da dívida em níveis em linha com os números históricos, deve permitir à Localiza lidar com altas taxas de juros e inflação de ativos – permitindo à empresa conciliar o crescimento e a renovação da frota com uma moderada alavancagem financeira. A alavancagem líquida consolidada da Localiza (ajustada pelo IFRS-16), medida pela dívida líquida/EBITDA, deve ficar entre 2,5x e 3,0x no horizonte do rating, ante a média da Localiza de 2,7x nos últimos três anos.

A natureza capital-intensiva do setor de locação, que demanda investimentos consideráveis ​​e regulares para crescimento e renovação da frota, pressiona o fluxo de caixa da Localiza. O FCF deve permanecer negativo, em média, em R$ 4,3 bilhões de 2022 a 2024, pressionado pelo capex médio anual de crescimento de R$ 4,5 bilhões. Os recursos das operações (FFO) e o fluxo de caixa das operações (CFFO) devem ser, em média, R$ 900 milhões e R$ 1 bilhão, respectivamente, no mesmo período. O novo grupo tem espaço para adiar a renovação da frota e reduzir o capex de expansão, se necessário.

Os ratings da Localiza Fleet, Locamerica e Unidas refletem o forte incentivo da Localiza em apoiá-los, de acordo com o Critério de Vinculação de Rating da Controladora e Controlada da Fitch, que equaliza os ratings das quatro empresas. As subsidiárias operarão sob uma marca comum e comporão um ecossistema sinérgico de locação de veículos, beneficiando-se de maior poder de barganha na compra e venda de veículos e na negociação com os clientes. A Localiza também garante 100% da dívida da Localiza Fleet.

Resumo da derivação

Em comparação com a Localiza, a Simpar SA (Simpar, FC e LC IDRs BB/Estável) tem menor escala nos negócios de GTF e RaC e perfil financeiro mais fraco – com maior alavancagem e FCF mais pressionado. Positivamente, a Simpar apresenta um portfólio de negócios mais diversificado por meio de operações em logística e locação de veículos pesados. Em comparação com a Ouro Verde Locação e Servico SA (IDRs Ouro Verde, FC e LC BB-/Estável), a Localiza tem um perfil de negócios muito mais forte, maior liquidez, melhor acesso ao mercado de crédito e menor alavancagem.

Comparado ao CEMEX, SAB de CV. (IDRs LC e FC BB+/Estável), a Localiza possui perfil de negócios mais diversificado, maior rentabilidade, geração de caixa menos volátil e base de ativos mais líquida/negociável. Por outro lado, a CEMEX possui maior escala, histórico de geração de caixa positiva e alavancagem relativamente semelhante no horizonte do rating.

Principais premissas da Fitch em nosso caso de rating para a Localiza

  • Crescimento total da frota em torno de 7% nos próximos três anos;
  • Tíquete médio para RaC aumentando 19% em 2022 e 4% em 2023;
  • Tíquete médio para GTF aumentando 10% em 2022 e 6% em 2023;
  • Capex líquido em torno de BRL5,7 bilhões em 2022-2023;
  • Pagamento de dividendos em torno de 25% ao longo do horizonte de classificação.

Fatores que podem, individual ou coletivamente, levar a uma ação/atualização de rating positiva:

  • Uma ação de rating positiva para o FC IDR da Localiza dependerá de uma melhoria no Country Ceiling do Brasil;
  • Um upgrade no LC IDR da Localiza dependeria da capacidade de melhorar ainda mais seu perfil de negócios e/ou trazer seus índices de alavancagem consolidados para níveis mais conservadores, com a relação dívida líquida/EBITDA se aproximando de 2,0x de forma recorrente;
  • Upgrade não aplicável aos ratings na Escala Nacional.

Fatores que podem, individual ou coletivamente, levar a uma ação/rebaixamento de rating negativo:

  • Falha em preservar a liquidez e incapacidade de acessar financiamento adequado da dívida;
  • Queda prolongada na demanda aliada à incapacidade da empresa de ajustar a operação, levando a uma queda maior do que o esperado no fluxo de caixa operacional;
  • Aumento na alavancagem total para mais de 4,5x e na alavancagem líquida para mais de 3,5x regularmente;
  • Um movimento negativo no Country Ceiling do Brasil pode resultar em ação de rating negativa para o FC IDR da Localiza.

CENÁRIO DE CLASSIFICAÇÃO DE MELHOR/PIOR CASO

Os ratings de crédito em escala internacional de emissores corporativos não financeiros têm um cenário de elevação de rating de melhor caso (definido como o 99º percentil de transições de rating, medido em uma direção positiva) de três degraus ao longo de um horizonte de rating de três anos; e um cenário de pior caso de rebaixamento de rating (definido como o 99º percentil de transições de rating, medido em uma direção negativa) de quatro níveis ao longo de três anos. O conjunto completo de classificações de crédito de melhor e pior cenário para todas as categorias de classificação varia de ‘AAA’ a ‘D’. As classificações de crédito do melhor e do pior cenário são baseadas no desempenho histórico.

LIQUIDEZ E ESTRUTURA DA DÍVIDA

A robusta posição de liquidez da Localiza, amplo acesso a diferentes fontes de financiamento e histórico de gestão proativa de passivos são as principais considerações de crédito, com caixa cobrindo sua dívida de curto prazo em média mais de 3,0x durante os últimos três anos. O FCF negativo esperado do grupo, resultado de seu crescimento e renovação de frota, deve ser financiado por uma combinação de caixa e dívida adicional no cenário de rating.

Em março de 2022, em base pro forma, Localiza e Unidas possuíam R$ 7,9 bilhões de caixa e equivalentes e R$ 24,9 bilhões de dívida total, com vencimento de R$ 3,4 bilhões no curto prazo. A flexibilidade financeira da Localiza é reforçada pela capacidade de postergar o capex de crescimento para se ajustar ao ciclo econômico, se necessário, e pela considerável quantidade de ativos desimpedidos do grupo, com valor contábil da frota superior à dívida líquida.

A Localiza é a maior locadora de carros do Brasil, seja por tamanho de frota ou faturamento. Atua nos segmentos de Aluguel de Carros, Aluguel de Frotas e Venda de Carros Usados ​​e detém integralmente Localiza Fleet, Locamerica e Unidas, entre outras empresas operacionais não classificadas.

Deixe um comentário