Gol: sindicato dos aeronautas afirma que companhia rejeita discutir abono e propôs redução de salário

LinkedIn

A Gol se reuniu com representantes do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) para discutir reivindicações da categoria.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:GOLL4) nesta quinta-feira (21).

“A Gol recebeu nesta quinta-feira o Sindicato Nacional de Aeronautas para tratar das reivindicações apresentadas pelos seus representantes. Foram discutidas possibilidades diante dos pontos trazidos à mesa e ficou acordada uma nova reunião próxima terça-feira (26)”, disse a companhia, por nota.

Em vídeo divulgado nas redes sociais nesta quinta-feira, o presidente do sindicato Henrique Hacklaender disse que a Gol rejeitou discutir abono indenizatório e propôs redução do salário fixo dos tripulantes, concedendo, em contrapartida, aumento nos valores das diárias de alimentação pelo período de 4 meses.

Segundo a empresa, isso traria um aumento líquido para o tripulante na faixa do solicitado como reajuste. “O sindicato rebateu veemente qualquer possibilidade de redução salarial”, disse o dirigente.

Segundo o sindicato, a pauta de reivindicações da categoria prevê reajuste de 8,5% nos salários para compensar as perdas inflacionárias dos últimos dois anos e abono indenizatório mensal, por 12 meses, de acordo com o cargo, para compensar a redução da parte variável do salário que ainda persiste.

Informações Broadcast

Deixe um comentário