Para o Bradesco BBI, o investimento se alinha à estratégia de longo prazo da Klabin de aumentar sua flexibilidade operacional e nível de integração

LinkedIn

Para o Bradesco BBI, o anúncio se alinha à estratégia de longo prazo da empresa de aumentar sua flexibilidade operacional e nível de integração em um mercado em crescimento e historicamente menos volátil.

Com este projeto, e a capacidade adicional do Projeto Horizonte em andamento, a capacidade de conversão das caixas de papelão ondulado nominais da Klabin chegarão a aproximadamente 1,3 mitpa e ajudarão a consolidar sua posição de liderança no Brasil, dizem os analistas.

Observam ainda que o anúncio não deve impactar materialmente a alavancagem financeira da empresa.

Calculam que, considerado o novo empreendimento, a alavancagem deve atingir um pico de 3,0x ND/EBITDA no final de 2024, vs 2,8x em
seu caso básico.

O Bradesco BBI estima ainda que o projeto poderia gerar cerca de R$ 140-170 milhões em EBITDA incremental para a empresa (assumida a capacidade líquida de 100ktpa e margem EBITDA de 25-30%).

Por isso, analista mantém recomendação de compra, já que a movimentação de resultados da Klabin deve continuar forte nos próximos trimestres (preços de celulose ainda com tendência de alta, demanda interna e de exportação de papel/embalagens saudável e preços, R$ mais depreciados), enquanto PUMA II continua em ramp-up.

Klabin negocia suas ações a 5,4x EV/EBITDA 2023 e 17% FCF yield (ex-crescimento), o que veem como muito atrativo, principalmente porque a Klabin continua a apresentar crescimento de EBITDA.

Bradesco BBI mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 37,00…

Informações Spacemoney

Deixe um comentário