SLC Agrícola divulga projeção de safra e avaliação de portfólio de terras

LinkedIn

A SLC Agrícola divulgou o resultado da avaliação de terras 2022.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:SLCE3) nesta quarta-feira (07).

Produtividades por cultura

Em relação as produtividades divulgadas, a soja é a única cultura que já finalizamos a colheita, atingindo 3.994kg/ha, 6,1% superior ao orçado e 31,7% superior à média nacional – (CONAB Julho/2022).

Em relação ao algodão em pluma da 1ª safra em 2021/22, a empresa já realizou 1.692 kg/ha, quando o orçado era de 1.871 kg/ha, ou seja, 9,6% inferior. Já o algodão em pluma da 2ª safra teve realização de 1.404 kg/ha, quando o orçado era de 1.804 kg/ha, com variação negativa de 22,2%.

Para a produção de caroço de algodão, os dados indicam realização de 1.923 kg/ha em 2021/22, ante orçamento de 2.299 kg/ha (-16,4%). Já para a 2ª safra de milho, a realização é de 6.606 kg/ha, 14,4% a menos que o total orçado de 7.714 kg/ha.

As perdas de produtividade do Algodão (primeira e segunda safra) e Milho (segunda safra) foram ocasionadas pelo déficit hídrico, que iniciou em março em parte do Estado da Bahia e do Mato Grosso, além disso tivemos baixas temperaturas atípicas para região, inclusive com formação de geada no Mato Grosso no mês de maio, o que prejudicou o desenvolvimento das plantas.

Custo por hectare por cultura

Em relação ao custo por hectare para a safra 2022/23, a companhia já realizou a compra de parte dos principais insumos. Até o presente momento, a empresa adquiriu 84% da necessidade para o Cloreto de Potássio, 64% dos fosfatados, 57% dos nitrogenados e 83% dos defensivos. O custo por hectare por cultura ainda está em formação.

Dessa forma, as estimativas por cultura deverão ser divulgadas em novembro de 2022, após aprovação do orçamento junto ao Conselho de Administração.

Posição de hedge por cultura

A relação de troca entre preço de commodities e fertilizantes está sendo acompanhada e o restante dos insumos serão negociados no melhor momento.

As terras de propriedade da companhia foram avaliadas, pela consultoria independente Deloitte Touche Tohmatsu em R$ 9.352.470.000, ante R$ 6.940.710.000, apreciação de 34,7% no portfólio.

O valor atual do hectare médio agricultável de propriedade da companhia corresponde a R$ 48.229.

A SLC também apresentou as projeções para a Safra 2021/22 e 2022/23.

⇒ A SLC Agrícola pretende divulgar os resultados do 2T22 no dia 10 de agosto.

Deixe um comentário