Suzano aprova programa de recompra de até 20 milhões de ações ON da companhia

LinkedIn

O conselho de administração da Suzano aprovou, um novo programa de recompra de ações da Companhia.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:SUZB3) nesta quarta-feira (28).

Em linha com o Programa Maio/2022, o Programa Julho/2022 tem por objetivo maximizar a geração de valor para os acionistas, por permitir que a Companhia faça alocação de capital eficiente considerando o potencial de rentabilidade de suas ações, de forma a proporcionar maiores retornos futuros para seus acionistas. Adicionalmente, a recompra sinaliza ao mercado a confiança da administração na performance da Companhia.

A companhia possui 712.407.201 ações de sua emissão em circulação; e 26.327.369 ações de sua emissão em tesouraria, representativas de, aproximadamente, 3,7% do total de suas ações em circulação.

A Companhia poderá adquirir, no âmbito do Programa Julho/2022, até o máximo de 20.000.000 ações ordinárias de sua própria emissão, de forma adicional ao saldo de aquisições atualmente disponível no Programa Maio/2022. O total de ações abrangidas no Programa Julho/2022 representa, aproximadamente, 2,8% do total de ações em circulação na presente data.

O prazo máximo para realização de aquisições no âmbito do Programa Julho/2022 é de 18 meses contados da data de sua aprovação, de modo que o referido prazo encerrar-se-á em 27 de janeiro de 2024 (inclusive).

As aquisições das ações abrangidas no Programa Julho/2022 serão intermediadas pela XP Investimentos; Morgan Stanley; BTG Pactual; J. P. Morgan; Itaú Corretora de Valores; e Bradesco CTVM.

A situação financeira da Suzano é compatível com a realização de aquisições de ações no âmbito do Programa Julho/2022, não sendo vislumbrado qualquer impacto  no cumprimento das obrigações assumidas pela Companhia com credores; e no pagamento de dividendos obrigatórios, fixos ou mínimos, tendo em vista a situação de liquidez e geração de caixa da Companhia.

Deixe um comentário