CCR (CCRO3): lucro líquido atribuído de R$ 291,3 bilhões no 2T22

LinkedIn

Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) teve lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 291,3 milhões no segundo trimestre deste ano, revertendo o prejuízo de R$ 44 milhões registrado no mesmo período de 2021.

No critério ‘mesma base’, quando são excluídos ativos que saíram do portfólio ou que acabaram de ser adicionados, houve uma queda de 51,8% do lucro, para R$ 171,8 milhões.

De acordo com a superintendente de RI da CCR, Flávia Godoy, a queda no lucro mesma base decorre basicamente do aumento da taxa de juros e do estoque da dívida dos negócios que foram conquistados pela companhia. “Foi um trimestre forte”, disse a executiva.

A receita líquida somou R$ 3,088 bilhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 32,7% na comparação com igual etapa de 2021.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado alcançou R$ 1,77 bilhão, alta de 25,7% sobre igual intervalo do ano passado. No critério ‘mesma base’, houve avanço de 21,5% do indicador, para R$ 1,44 bilhão.

A margem Ebitda ajustada ficou em 57,5% no trimestre, queda de 3,2 pontos sobre igual intervalo de 2021. No critério mesma base, houve recuo de 1,3 ponto.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 704,9 milhões no segundo trimestre de 2022, um aumento de 115,2% na comparação com mesmo trimestre de 2021.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 1,648 bilhão no segundo trimestre de 2022, um aumento de 235,1% na comparação com igual etapa de 2021. A margem bruta foi de 53,4% no 2T22, alta de 32,3 p.p. frente a margem do 2T21.

As despesas administrativas somaram R$ 366,6 milhões no segundo trimestre de 2022, um crescimento de 108% em relação ao mesmo período de 2021.

⇒ Operacional 

O tráfego de veículos consolidado apresentou crescimento de 4%. Excluindose a ViaCosteira, NovaDutra, RioSP e a RodoNorte, o crescimento foi de 8% no período.

O número de passageiros transportados nos aeroportos apresentou crescimento de 243,3% no período. Excluindo-se os Blocos Sul e Central o crescimento foi de 93% no período.

O número de passageiros transportados nos negócios de mobilidade apresentou crescimento de 138,6% no período. Excluindo-se a ViaMobilidade L8/9 o crescimento foi de 61% no período.

⇒  Alavancagem 

A alavancagem da CCR encerrou o trimestre em 1,8 vez, praticamente estável sobre o período anterior. Um ano antes, o indicador marcava 2,3 vezes. “O índice de alavancagem está bastante confortável”, comenta Flávia.

O desempenho permite que a companhia continue avaliando oportunidades à frente, ressalta. A mais significativa é a 7ª rodada de concessões de aeroportos, programada para a semana que vem. “É uma oportunidade que a CCR está acompanhando bem de perto, mas como estamos no momento de concorrência, não consigo dizer qual lote devemos (dar lance)”, destaca.

De abril a junho deste ano, os investimentos realizados pela CCR, somados à manutenção, atingiram R$ 452,8 milhões (incluindo o ativo financeiro). Conforme balanço, as concessionárias que mais investiram no trimestre foram: ViaSul, Linhas 8 e 9 e ViaOeste.

Na ViaSul, houve desembolsos, principalmente, com duplicações em trechos da BR-386, recuperação de pavimento e implantação de dispositivos de segurança. Nas Linhas 8 e 9, houve desembolsos principalmente na revitalização de via permanente. Já os investimentos da ViaOeste foram focados na duplicação em diversos trechos da Rodovia Raposo Tavares.

Flávia reforça que a CCR segue com controle de custos bastante eficiente. No cenário macroeconômico, ela acredita que os juros já estão quase “no teto”. “Nos parece que agora vamos ter um encerramento do ciclo de aumento da taxa de juros, acreditamos que já está no topo, o pior já ficou para trás, mas é claro que estamos acompanhando de perto.”

Em 30 de junho de 2022, a dívida líquida da companhia era de R$ 21 bilhões, ante R$ 14,276 bilhões da mesma etapa de 2021.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2,3 vezes em junho de 2022, alta de 0,5 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2021.

Os resultados da CCR (BOV:CCRO3) referente suas operações do segundo trimestre de 2021 foram divulgados no dia 11/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão

Deixe um comentário