Mills (MILS3): lucro líquido de R$ 63,2 milhões no 2T22, alta de 217,2%

LinkedIn

Mills, prestadora de serviços especializados em engenharia, registrou lucro líquido de R$ 63,2 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), alta de 217,2% na base de comparação anual.

A receita líquida totalizou R$ 247,6 milhões no 2T22, sendo 44% superior ao 2T21.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado subiu 80,9% na mesma base de comparação, indo de R$ 61,9 milhões para R$ 112,1 milhões.

Com isso, a margem Ebitda (Ebitda sobre receita) ajustada subiu de 35,9% para 45,3%.

“Encerramos o 2T22 com uma frota de mais de 9 mil equipamentos, representando um crescimento de 16% em relação à frota do final do 2T21 e 6% em relação ao final de 1T22 (8.711 equipamentos). O aumento da frota é decorrente da estratégia de crescimento da Companhia, através da compra de equipamentos e de M&As [fusões e aquisições]”, informou a companhia.

lucro bruto atingiu R$ 149,9 milhões no 2T22, apresentando crescimento de 76,2% na comparação com o 2T21.

O custo dos produtos vendidos e serviços prestados totalizou R$ 97,7 milhões no 2T22, apresentando crescimento de 11,9% na comparação com o 2T21.

resultado financeiro da Mills totalizou um prejuízo de R$ 2,5 milhões milhão no 2T22, apresentando queda no prejuízo de -1,4% quando comparado ao 2T21.

No 2T22, as despesas com vendas, gerais e administrativas cresceram 30,4% em relação ao 2T21.

No 2T22, os investimentos totalizaram R$ 69,3 milhões, dos quais R$ 39,2 milhões referem-se à compra de plataformas elevatórias e o restante foi destinado principalmente à retomada dos investimentos em tecnologia e adequações de filiais, além dos projetos de M&A.

O 2T22 foi encerrado com dívida bruta de R$ 424,9 milhões, já desconsiderando o custo de emissão. O prazo médio para o pagamento do endividamento total da Mills é de 2,6 anos, a um custo médio de CDI + 2,83% a.a.

A Companhia permanece geradora de caixa operacional, com R$ 469,6 milhões em caixa e caixa líquido de R$ 44,7 milhões em 30 de junho de 2022, o que demonstra uma sólida situação de liquidez e níveis de alavancagem confortáveis para potencializar o seu crescimento orgânico e inorgânico.

Em 30 de junho de 2022, a Mills cumpriu seus covenants financeiros e apresentou uma relação Dívida Líquida / Ebitda Ajustado LTM = -0,1x e Dívida Líquida CP / Ebitda Ajustado LTM = -1,0x.

Os resultados da Mills (BOV:MILS3) referente suas operações do segundo trimestre de 2022 foram divulgados no dia 16/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, The Cap

Deixe um comentário