Wall Street avança para uma alta de três meses em meio ao otimismo com a inflação

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira depois do relatório de inflação melhor do que o esperado nos Estados Unidos.

Os mercados da China continental subiram. O Shanghai Composite ganhou 1,6%, fechando em 3.281,67 pontos e o Shenzhen Component subiu 2,05%, para 12.474,03 pontos. Em seu relatório de política monetária, o Banco Popular da China destacou na quarta-feira, o risco de inflação que está por vir. Dados oficiais divulgados mostraram que o índice de preços ao consumidor da China atingiu uma alta de dois anos em julho. O aumento da preocupação com o risco de inflação do PBoC pode refletir na flexibilização nas futuras decisões de política monetária.

O índice Hang Seng de Hong Kong avançou 2,4%, para 20.082,43 pontos, com o índice Hang Seng Tech subindo 3,67%.

O S&P/ASX 200 da Austrália subiu 1,12% para encerrar a sessão em 7.071,10 pontos, com ações de consumo discricionário e imobiliário liderando os ganhos. Foi um dia misto no setor da mineração, com a BHP avançando 2,2% e a Fortescue melhorando 1,3%, enquanto a Rio Tinto recuou 3,9%. No setor de energia, Woodside recuou 0,6%, enquanto Santos melhorou 2,3% após a compra de um projeto de gasoduto que transportará gás de seu projeto Narrabri para a costa leste.

O Kospi na Coreia do Sul fechou em alta de 1,73%, em 2.523,78 pontos.

O índice MSCI para a Ásia-Pacífico exceto Japão aumentou 1,76%.

O mercado do Japão ficou fechado por conta de um feriado.

A Foxconn, fornecedora da Apple divulgou resultados que superaram as expectativas, mas foi cautelosa com as perspectivas na quarta-feira. As ações da Foxconn subiram 2,73%.

EUROPA: Os mercados europeus operam entre altas e baixas nesta quinta-feira, com os investidores avaliando as expectativas de política monetária após uma leitura de inflação dos EUA mais fraca do que o esperado e digerindo uma série de lucros corporativos.

O pan-europeu Stoxx 600 abriu praticamente estável e cai ligeiramente no meio da manhã. O índice de blue chip europeu fechou em alta de 1% na quarta-feira, reflexo da leitura dos preços ao consumidor nos EUA em julho.

O alemão DAX 30 cai 0,11%, o francês CAC 40 cai 0,16% e o FTSE MIB da Itália sobe 0,30%.

Na Península Ibérica, o IBEX 35 da Espanha sobe 0,37% e o português PSI 20 sobe 0,44%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,26%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 1,6%, BHP adiciona 0,2%, enquanto Antofagasta cai 1,7% e Rio Tinto recua 3,6%. A petrolífera British Petroleum sobe 0,7%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA negociam em alta no início da quinta-feira, depois que todas os principais índices registraram ganhos acentuados depois do relatório de inflação de julho melhor do que o esperado.

No pregão regular de quarta-feira, o Dow Jones Industrial Average saltou 535,10 pontos, ou 1,63%, para fechar em 33.309,51 pontos. O S&P 500 subiu 2,13%, para 4.210,24 pontos e atingiu seu nível mais alto desde o início de maio, enquanto o Nasdaq Composite ganhou 2,89%, para 12.854,80 pontos, seu maior fechamento desde o final de abril.

Os movimentos ocorreram depois que o índice de preços ao consumidor de julho chegou a 8,5%, ligeiramente abaixo dos 8,7% esperado por analistas, levantando questões se a inflação atingiu seu pico e se o Federal Reserve precisará subir taxas tão agressivamente quando reunir no próximo mês.

As ações de tecnologia que sofreram com a liquidação deste ano impulsionaram o rali do mercado de quarta-feira, com as ações da Meta Platforms e da Netflix saltando 5,8% e 6,2%, respectivamente, enquanto Nvidia e Advanced Micro Devices saltaram 6% e 4%, respectivamente.

O rendimento da nota do Tesouro de 10 anos de referência caia menos de um ponto-base para negociar em 2,775% no final da madrugada desta quinta-feira. O rendimento do título do Tesouro de 30 anos negociava praticamente estável, em 3,038%. O rendimento do Tesouro de 2 anos caia mais de 3 pontos base, em 3,181%, mantendo a curva invertida em relação ao rendimento de 10 anos, sinal de uma recessão iminente. Os rendimentos movem-se inversamente aos preços e um ponto base é igual a 0,01%..

A temporada de ganhos continua na quinta-feira com relatórios da Rivian, Warby Parker, Poshmark e outras. Os dados do índice de preços ao produtor de julho também estão programados.

Na agenda econômica, s últimos pedidos de seguro-desemprego semanais e o índice de preços ao produtor para julho serão divulgados às 9h30.

CRIPTOMOEDAS: O Ethereum, a segunda maior criptomoeda por valor de mercado, acabou de finalizar o ensaio final antes de uma atualização esperada há anos e que foi anunciada como um dos eventos mais importantes da história da criptomoeda.

Desde a sua criação há quase uma década, o Ethereum é extraído através do chamado prova de trabalho, envolvendo um grande número de computadores realizado equações matemáticas complexas e que requer uma grande quantidade de energia. A mineração de Bitcoin segue um processo semelhante.

O Ethereum tem trabalhado para mudar o atual modelo, para o chamado prova de participação. Em vez de depender da mineração com uso intensivo de energia, o novo método exige que os usuários aproveitem seu cachê de ether existente como meio de verificar transações e tokens de moeda. Ele utiliza muito menos energia e espera-se que resulte em transações mais rápidas. Estima-se que a nova versão do Ethereum iniciará dentro de cinco semanas.

Nesta quinta-feira, o Bitcoin ultrapassa a marca de US $ 24.000, acompanhando a reação positiva das bolsas após a divulgação do dado de inflação ao consumidor nos Estados Unidos, que veio menor do que os 8,7% esperados na base anual.

Bitcoin: +5,68%, em US $ 24.401,50
Ethereum: +10,69%, em US $ 1.882,63
Cardano: +4,65%
Solana: +10,79%
Dogecoin: +4,25%
Terra Classic: +4,26%

ÍNDICES FUTUROS – 7h45:
Dow: +0,39%
SP500: +0,26%
NASDAQ: +0,15%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: +2,28%
Brent: +0,99%
WTI: +1,03%
Soja: +0,69%
Ouro: -0,39%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Deixe um comentário