ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Plataforma de vídeo Rumble vai a público após votação bem-sucedida do SPAC

LinkedIn

Acionistas da empresa de aquisição de propósito específico Cantor Fitzgerald Acquisition Corp. VI votou quinta-feira (15) para tornar pública a plataforma de vídeo Rumble.

O Rumble foi fundado como uma alternativa do YouTube e hospeda canais para aqueles que saíram da plataforma, incluindo o apresentador do Infowars, Alex Jones, e vários influenciadores do QAnon. Está programado para ser listado na segunda-feira sob o código “RUM”. A empresa de cheques em branco que vai abrir o capital é liderada pelo CEO da Cantor Fitzgerald, Howard Lutnick.

A Rumble, que diz ter 78 milhões de espectadores mensais globais, anunciou recentemente que está lançando programas exclusivos do ator Russell Brand e do jornalista Glenn Greenwald.

Rumble também gerencia as vendas de anúncios para a plataforma Truth Social do ex-presidente Donald Trump, que Trump fundou depois que ele foi banido do Twitter após o motim de 6 de janeiro de 2021 no Capitólio.

A votação do Rumble ocorre logo depois que os acionistas de um SPAC que buscam tornar público o Trump Media and Technology Group não aprovaram uma prorrogação do prazo para o acordo. Os acionistas da Digital World Acquisition Corp. votarão novamente em 10 de outubro.

“O Rumble está criando os trilhos para uma nova infraestrutura que não será intimidada pela cultura do cancelamento”, escreveu o fundador do Rumble, Chris Pavlovski, em um documento à Securities and Exchange Commission. “Somos um movimento que não reprime, censura ou pune a criatividade e a liberdade de expressão.”

A plataforma também obteve financiamento privado do capitalista de risco conservador Peter Thiel, bem como do autor e candidato ao Senado e autor de “Hillbilly Elegy” JD Vance, de acordo com o The Wall Street Journal.

As ações da Cantor Fitzgerald Acquisition Corp. VI. (NASDAQ:CFCIX), que em breve será RUM, caíram cerca de 15% nas negociações da tarde.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário