Petrobras afirma que não houve qualquer decisão de suspender a alienação das refinarias

LinkedIn

A Petrobras afirmou nesta quinta-feira em comunicado que não houve qualquer decisão de suspender a alienação das refinarias que estão no programa de desinvestimentos da companhia.

A afirmação vem após diversos pedidos da equipe de transição do governo para que a atual gestão da petroleira suspenda processos de desinvestimentos que forem possíveis, até que a nova administração assuma.

Falas da equipe de transição

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) falou em coletiva de imprensa que, aparentemente, não há novas vendas de ativos da Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) a serem concretizadas nos próximos dias. No evento, foram apresentados os resultados dos trabalhos em curso pela equipe de transição do governo.

O grupo de transição da área de Minas e Energia vem pedindo à atual administração da petroleira estatal que suspenda os processos de venda de ativos que ainda forem possíveis, até que a nova administração assuma em 2023.

“Nós fizemos alguns pontos de alerta, solicitação expressa por parte do grupo de transição para que fossem suspensos processos de desinvestimentos, não se iniciassem novos”, afirmou o senador, a jornalistas.

“Aparentemente não há nada a se concretizar nos próximos dias.”

Prates ressaltou que toda administração nova tem o direito de analisar os próximos passos.

Na avaliação do grupo, há ativos “que até tem razão de vender”. Mas, segundo ele, “há muitos ativos importantes que podem ser objetos de reconsideração.”

Informações Infomoney

Deixe um comentário