ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Unilever planeja venda da divisão de beleza e cuidados pessoais para Yellow Wood Partners

LinkedIn

Na segunda-feira (18), a Unilever (NYSE:UL), uma das gigantes do setor de bens de consumo, anunciou que planeja vender sua divisão não principal de beleza e cuidados pessoais, conhecida como Elida Beauty, para a empresa de private equity norte-americana Yellow Wood Partners.

A Unilever também é negociada na B3 através da BDR (BOV:ULEV34).

Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados, mas a conclusão da transação está prevista para ocorrer no meio de 2024.

A Elida Beauty possui um portfólio que engloba mais de 20 marcas de beleza e cuidados pessoais, incluindo nomes conhecidos como Q-Tips, Brut, Caress, Timotei e Tigi. Em 2022, essa divisão gerou aproximadamente 800 milhões de libras (equivalente a US$ 1,02 bilhão) em receita.

Em 2021, a Unilever tentou inicialmente vender a Elida, mas abandonou o processo no final do ano devido a ofertas que não atenderam às suas expectativas de valorização, resultantes da seleção seletiva de marcas para venda por outras empresas do setor de consumo.

No entanto, em setembro, a Unilever retomou o processo de venda, e a Yellow Wood Partners emergiu vencedora de um leilão para adquirir essa divisão, finalizando os detalhes finais do acordo, de acordo com informações divulgadas pela Reuters na semana passada.

Nos últimos dois anos, a indústria de bens de consumo tem enfrentado o aumento dos custos, com valores mais altos para itens que vão desde óleo de girassol e grãos até embalagens e transporte.

Hein Schumacher, que assumiu como CEO da Unilever em julho, anunciou há dois meses que a empresa agora concentraria seus esforços em 30 marcas-chave, que representam 70% de suas vendas.

Essa venda da Elida Beauty marca a segunda vez em um ano que a Yellow Wood adquire marcas não essenciais da Unilever, tendo comprado a marca de cuidados pessoais Suave da Unilever em maio.

Deixe um comentário