ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Momento Cripto: Bitcoin supera US$ 42K na sexta-feira, Canaan capta US$ 50 milhões para expansão e P&D, e mais

LinkedIn

Bitcoin supera US$ 42.000 com diminuição da pressão de venda e perspectivas econômicas favoráveis

O Bitcoin (COIN:BTCUSD) registrou um aumento significativo de 5,3%, atingindo US$ 42.020, animado pela redução das saídas do Grayscale Bitcoin Trust (AMEX:GBTC), aliviando as preocupações dos investidores e impulsionando os ganhos semanais para território positivo. Fernando Pereira, analista da Bitget, destacou o cenário otimista para criptomoedas, apoiado pelos dados econômicos recentes: “O PIB norte-americano muito acima do esperado (até pelo próprio fed), atrelado a dados trabalhistas tão fortes quanto o período pré-pandemia e uma inflação que vem caindo a cada tri mitigaram o risco de uma recessão norte-americana nos próximos meses. Cenário ótimo para investimentos em criptomoedas e ativos de renda variável no geral”, comentou Pereira.

Outros especialistas apontaram para uma diminuição na pressão de venda do GBTC como um sinal de estabilização do mercado de criptomoedas após recentes turbulências. De acordo com uma análise da Kaiko, o Bitcoin emergiu como um refúgio seguro superior, ultrapassando tradicionais como ouro, títulos dos EUA e o dólar em retorno de investimento. Investir em Bitcoin desde o início do ano passado poderia ter rendido lucros superiores a 100%, contrastando com os retornos mais modestos de outros ativos convencionais. Esta tendência reforça a posição do Bitcoin como um ativo seguro em tempos de crise, evidenciada pela redução de sua correlação com mercados tradicionais como o Nasdaq 100.

Paralelamente, o Ether (COIN:ETHUSD) também experimentou um aumento de 2,5%, embora esteja a caminho de uma queda semanal de 8%.

ETFs de Bitcoin adaptam-se a modelos de criação em dinheiro sob diretrizes da SEC

Os recém-aprovados ETFs de Bitcoin à vista pela SEC adotam um mecanismo de criação em dinheiro para emissão e resgate de ações, divergindo do modelo comum de criações em espécie para commodities como ouro e prata. A BlackRock, na documentação do seu ETF iShares Bitcoin, argumentou a favor das criações em espécie, mas seguiu a orientação da SEC para um modelo de criação em dinheiro devido a complexidades regulatórias. As corretoras responsáveis pelas transações, devido à incerteza sobre como aplicar as regras financeiras ao lidar diretamente com Bitcoin, enfrentam riscos ao usar a criptomoeda para transações do fundo. A BlackRock expressa preocupações sobre a eficiência do modelo de criação em dinheiro, indicando possíveis impactos na precisão do valor das ações e na arbitragem, sugerindo que a criação em espécie poderia ser mais eficaz para manter a congruência entre o preço das ações e o valor do Bitcoin.

No décimo dia de negociação dos ETFs de Bitcoin Spot, houve uma retirada de US$ 80 milhões do setor. O Grayscale (AMEX:GBTC) perdeu US$ 394 milhões. Em contraste, o ETF da BlackRock (NASDAQ:IBIT) registrou um influxo impressionante de US$ 170 milhões, elevando seu total acima de US$2 bilhões. O ETF da Fidelity (AMEX:FBTC) também teve um dia lucrativo, com entradas ultrapassando US$ 100 milhões. O total de Bitcoins detidos pelos nove novos ETFs é agora de aproximadamente 131.340.

Kraken reforça equipe para expansão e conformidade regulatória

A Kraken, exchange de criptomoedas, reforçou sua equipe com dois executivos de alto nível para impulsionar o crescimento e navegar pelo complexo panorama regulatório global. Gilles BianRosa se junta como Diretor de Operações e Produto, trazendo experiência de empresas como N26 e Samsung. Marcus Hughes assume como Chefe de Estratégia Regulatória, trazendo sua expertise da Coinbase (NASDAQ:COIN), visando adaptar a Kraken a um ambiente de mercado e regulatório em constante evolução.

Reviravolta positiva para a Coinbase com recomendação de alta

O banco Oppenheimer elevou a recomendação para as ações da Coinbase (NASDAQ:COIN) para “Outperform” de “Perform”, estabelecendo o preço-alvo em US$ 160. Após um período desafiador, a Coinbase destaca-se pela sua resiliência e gestão forte, segundo o analista Owen Lau. A confiança na empresa aumenta com a perspectiva de vencer um processo contra a SEC e o papel crucial nos novos ETFs de bitcoin. Apesar da competição e taxas baixas de ETFs, a expectativa é de que a Coinbase continue atraente para investidores e veja um aumento significativo no volume de negócios, especialmente com a redução das taxas de juros e eventos futuros favoráveis ao bitcoin (COIN:BTCUSD).

Suprema Corte do Reino Unido rejeita apelação de Craig Wright em caso de difamação

A Suprema Corte do Reino Unido recusou a apelação de Craig Wright em seu processo de difamação contra Peter McCormack, decidindo que o caso não apresenta uma questão jurídica significativa. Em julho, Wright foi concedido apenas 1 GBP em danos contra McCormack, que questionou a afirmação de Wright de ser Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin (COIN:BTCUSD). Wright tentou, sem sucesso, apelar da decisão duas vezes, marcando mais um revés em suas disputas legais contínuas dentro da comunidade cripto.

EUA planejam liquidar US$ 117 milhões em Bitcoin de apreensão na dark web

O governo dos EUA anunciou planos para liquidar aproximadamente US$ 117 milhões em Bitcoin (COIN:BTCUSD), confiscados durante uma operação de apreensão de drogas na dark web. Em 2021, os ativos foram apreendidos de Ryan Farace e Sean Bridges, com Farace também perdendo 59 bitcoins adicionais. Farace, conhecido como Xanaxman na dark web, foi anteriormente acusado pelo Departamento de Justiça de vender Xanax ilegalmente em troca de Bitcoin. A venda dos bitcoins apreendidos está sujeita a procedimentos legais, com potencial impacto no mercado de criptomoedas.

Advogado do OneCoin recebe 10 anos de prisão por lavagem de US$ 400 milhões

Mark Scott, advogado associado ao esquema OneCoin, foi sentenciado a dez anos de prisão por lavar $400 milhões provenientes do projeto, buscando sustentar um modo de vida opulento. O juiz criticou Scott por vender seu Porsche e mover o dinheiro para as Ilhas Cayman, ao invés de ressarcir as vítimas do esquema. Scott insiste em sua inocência, enquanto enfrenta acusações em meio à contínua investigação sobre o notório esquema OneCoin.

OKX encerra serviços de mineração por ajustes estratégicos

A OKX, uma exchange de criptomoedas, anunciou o encerramento de seu pool de mineração devido a reestruturações internas. A partir de 26 de janeiro, novos registros foram suspensos, e os serviços serão completamente desativados em 26 de fevereiro. A empresa pede desculpas pelos inconvenientes causados pela decisão, que afeta o acesso a várias criptomoedas como Bitcoin (COIN:BTCUSD) e Ethereum Classic (COIN:ETCUSD). A mudança ocorre em um momento crítico para mineradores, com o iminente halving do Bitcoin.

Canaan capta US$ 50 milhões para expansão e P&D

Canaan (NASDAQ:CAN), conhecida por suas plataformas de mineração de criptomoedas, arrecadou mais de US$ 50 milhões através da emissão de ações preferenciais, visando melhorias em P&D e aumento da produção. A empresa, que está na Nasdaq, anunciou a venda de até 125.000 ações preferenciais da série A a um investidor institucional não divulgado. O financiamento será direcionado para expansão e objetivos corporativos, apesar de um prejuízo líquido no último trimestre.

Estratégia de venda dos mineradores intensifica pressão no mercado Bitcoin

À medida que o halving do Bitcoin (COIN:BTCUSD) se aproxima, mineradores estão estrategicamente aumentando a venda de seus ativos, intensificando a pressão de venda no mercado. Análises indicam que essas vendas visam cobrir custos operacionais e preparar para o futuro, com uma notável redução nas reservas de Bitcoin e aumento de transferências para exchanges. Este movimento estratégico, destacado pela CryptoQuant, sugere um possível impacto nos preços do Bitcoin (COIN:BTCUSD) no curto prazo.

Investidores chineses buscam refúgio nas criptomoedas durante recessão do mercado de ações

Com a recessão do mercado de ações na China, investidores locais como Dylan Run estão diversificando suas carteiras para incluir Bitcoin (COIN:BTCUSD) e outras criptomoedas, apesar da proibição do governo. Navegando pelas restrições com métodos criativos, eles veem as criptomoedas como um investimento estável em tempos de incerteza econômica.

Crescimento notável em atividade e usuários de blockchain em 2023, revela Flipside Crypto

Flipside Crypto reportou um aumento significativo na atividade e no número de usuários de blockchain ao longo de 2023, com Ethereum e Polygon liderando em novas aquisições de usuários. Após um ano de oscilações extremas, a atividade na rede e o envolvimento dos usuários terminaram em alta, especialmente após maio, quando o colapso do Silicon Valley Bank impulsionou o interesse por alternativas descentralizadas. A análise antecipa que 2024 será dominado por atividades de DeFi, com um aumento na interação com redes Layer 2.

Aleo prepara lançamento para revolucionar privacidade em transações cripto

A Aleo, uma inovadora rede blockchain focada em privacidade, está prestes a lançar sua rede principal, após superar os últimos desafios técnicos. Com a missão de incorporar privacidade às transações de criptomoedas, a Aleo passou por uma rigorosa fase de testes e auditorias para garantir a robustez de sua plataforma. A iniciativa, apoiada por avanços acadêmicos e uma equipe dedicada liderada por Alex Pruden, promete desbloquear novos casos de uso em pagamentos confidenciais e soluções de identidade, potencializando a adoção da tecnologia blockchain com transações e contratos inteligentes privados por padrão.

Deixe um comentário