ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Todos de olho no IPC dos EUA. SEC aprova ETFs de Bitcoin à vista

LinkedIn

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: Os mercados asiáticos fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, antes dos dados de inflação dos EUA.

O Nikkei do Japão saltou 1,77%, fechando em 35.049,86 pontos, ultrapassando a marca de 35.000 pontos pela primeira vez desde fevereiro de 1990.

O índice Hang Seng de Hong Kong subiu 1,28%, em 16.287,00 pontos, enquanto na China continental, o índice Shanghai Composite subiu 0,31%, em 2.886,65 pontos, enquanto o Shenzhen Component adicionou 1,47%, em 9.053,88 pontos.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 subiu 0,5% para fechar em 7.506, recuperando das perdas de quarta-feira. A mineradora desmembrada da BHP, South32, foi a ação de grande capitalização com melhor desempenho, com suas ações subindo 5,03%. As gigantes do minério de ferro BHP e Rio Tinto fecharam em queda de 0,1% cada, enquanto Fortescue Metals perdeu 1,6%. Entre as produtoras de petróleo, Santos caiu 1%, enquanto Woodside Energy subiu 0,8%.

O Kospi da Coreia do Sul caiu para 2.540,27 pontos e foi o único índice regional a cair. O Banco da Coreia manteve a sua taxa de empréstimo inalterada em 3,50% pela oitava vez consecutiva, em linha com as expectativas dos economistas consultados pela Reuters.

EUROPA: Os mercados europeus sobem na quinta-feira, após vários dias de negociações em território misto.

O índice Stoxx 600 subia 0,3% nas primeiras negociações, com quase todos os setores em território positivo. O índice de referência pan-europeu fechou em alta de 0,2% na quarta-feira, após um dia de negociação volátil, com os setores oscilando para ambos os lados da linha de abertura.

O alemão DAX 30 e o francês CAC 40 avançam 0,3% cada.

Em Londres, o FTSE 100 sobe 0,2%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American 2%, Antofagasta sobe 1,6%, enquanto entre as gigantes, BHP cai 0,2% e Rio Tinto sobe 0,2%. A petrolífera BP sobe 0,1%.

EUA: Futuros dos índices de ações dos EUA sobem na manhã de quinta-feira, enquanto Wall Street se prepara para os dados de inflação e o início da temporada de balanços do quarto trimestre.

As ações estão saindo de uma sessão vencedora, com todos os três principais índices subindo. O S&P 500 adicionou 0,57%, fechando em 4.783,45 pontos, enquanto o Nasdaq Composite ganhou 0,75%, em 14.969,65 pontos. O Dow de 30 ações avançou 0,45%, fechando em 37.695,73 pontos.

Os rendimentos do Tesouro dos EUA caem na manhã de quinta-feira, enquanto os investidores aguardam os últimos relatórios de inflação que poderia dar pistas sobre as decisões de política monetária do Federal Reserve.

Os investidores estão de olho no relatório do índice de preços ao consumidor de dezembro, que será divulgado às 10h30 desta quinta-feira. Economistas esperam que o IPC reflita um aumento de 0,2% numa base mensal e de 3,2% em relação ao ano anterior, um pouco acima dos números de novembro, de 0,1% e 3,1%, respectivamente.

Os dados poderão lançar luz sobre as perspectivas para a política monetária, especialmente as taxas de juros. O Federal Reserve disse em dezembro que esperava cortar as taxas em pequenos incrementos três vezes este ano, contudo, a ata da reunião publicada no início de Janeiro mostrou que permanece uma incerteza significativa sobre a direção das taxas de juros e que algumas autoridades políticas também não excluíram a possibilidade das taxas subirem ainda.

Entretanto, muitos investidores esperam que as taxas reduzam mais do que o próprio Fed está prevendo e que os cortes comecem já em março. Os “traders” estavam precificando pela última vez uma chance de cerca de 69% de que o primeiro corte nas taxas ocorra em março, de acordo com a ferramenta FedWatch do CME Group.

Ainda na quinta-feira, os pedidos iniciais de seguro-desemprego semanais também serão divulgados no mesmo horário.

A leitura do IPC será seguida na sexta-feira pelo índice de preços ao produtor de dezembro, que acompanha a inflação no atacado.

Os investidores também estão de olho no início da temporada de lucros do quarto trimestre, que verão os gigantes bancários Bank of America e JPMorgan Chase relatando seus resultados na sexta-feira.

CRIPTOMOEDAS: Na quarta-feira, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, ou SEC, deu luz verde pela primeira vez para vários fundos negociados em bolsa que investem diretamente em Bitcoin no mercado americano, entre eles, os fundos da BlackRock, Grayscale, Fidelity, ARK Invest, Bitwise, VanEck, Galaxy Invesco, Franklin Templeton, WisdomTree, Valkyrie e da brasileira Hashdex.

O ETF de Bitcoin à vista da Hashdex chama-se Hashdex ETF Bitcoin.

A decisão pode significar um impulso para a indústria de criptoativos, viabilizando o acesso de investidores institucionais e de varejo ao segmento dentro das regras financeiras tradicionais.

A aprovação ocorreu depois que uma pessoa desconhecida invadiu e publicou um post na conta oficial da SEC no X, anteriormente conhecida como Twitter e noticiou que os ETFs haviam sido aprovados, o que foi prontamente desmentido pelo presidente da SEC, Gary Gensler.

Um dos pontos relevantes é que no texto oficial assinado pelo próprio presidente após a decisão, aponta que os ETFs foram aprovados porque a primeira moeda digital é uma commodity e não um valor mobiliário. Isso é importante porque de forma excludente, os reguladores devem continuar rejeitando fundos baseados em outros criptoativos que a SEC considera oomo valores mobiliários.

A medida também pode levar a aprovações semelhantes também em outras partes do mundo, num movimento que permitirá aos investidores regulares negociarem a criptomoeda mais popular do mundo.

Bitcoin: -1,75% em US $ 45.672,80
Ethereum: +9,31% em US $ 2.624,18

ÍNDICES FUTUROS – 7h30:
Dow: +0,11%
S&P 500: +0,17%
NASDAQ: +0,37%

COMMODITIES:
MinFe: —%
Bent: +1,76%
WTI: +1,85%
Soja: +0,60%
Ouro: +0,44%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock