ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Ibovespa cai 1,33%, influenciado pela alta dos títulos futuros e pelo resultado da inflação brasileira de janeiro

LinkedIn

O Ibovespa caiu 1,33%, fechando aos 128.216,92 pontos no pregão desta quinta-feira (8). O índice foi influenciado pela alta dos títulos futuros e pelo resultado da inflação brasileira de janeiro, que acendeu um sinal de alerta para a economia.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

As taxas dos DIs encerraram o dia com alta firme no Brasil, com acréscimo de quase 10 pontos-base em alguns vencimentos, em reação aos dados da inflação brasileira piores do que o esperado e ao novo avanço dos rendimentos dos Treasuries no exterior, em meio às apostas de que o Federal Reserve cortará juros apenas mais à frente.

No início do dia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,42% em janeiro, ante alta de 0,56% em dezembro. Apesar da desaceleração na margem, a inflação do mês de janeiro ficou acima das expectativas em pesquisa da Reuters, que previa alta de 0,34%.

Dentro do IPCA, os preços de alimentos e serviços acenderam o sinal de alerta no mercado, assim como outros componentes.

“O IPCA de janeiro não representa uma ameaça imediata à meta de inflação, (mas)… os indicadores qualitativos sugerem que podemos enfrentar desafios à frente”, afirmou André Galhardo, consultor econômico da Remessa Online, em comunicado aos clientes.

No cenário internacional, a perspectiva de que o Fed cortará juros apenas em maio ou depois disso foi reforçada por novos números do mercado de trabalho. Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego estaduais caíram em 9 mil na semana encerrada em 3 de fevereiro, para 218 mil em dado com ajuste sazonal, informou o Departamento do Trabalho dos EUA. Economistas consultados pela Reuters previam 220 mil pedidos para a última semana.

O dólar à vista subiu e voltou a tocar nos R$ 5,00 nesta quinta-feira, para depois encerrar o dia cotado a 4,9956 reais na venda, em alta de 0,54%. Em fevereiro, a moeda acumula ganho de 1,16%.

Nos Estados Unidos, o índice Dow Jones registrou uma alta de 0,13, atingindo 38.726,33 pontos, enquanto o S&P 500 apresentou um leve ganho de 0,07%, chegando a 4.998 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 0,24%, atingindo 15.793 pontos.

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/02/2024 0,57% 128.481,02  R$ 23,7 bilhões
02/02/2024 -1,01%  127.182,25  R$ 23,7 bilhões
05/02/2024 0,32%  127.593,49 R$ 19,5 bilhões
06/02/2024 2,21% 130.416,31 R$ 27,2 bilhões
07/02/2024 -0,35% 129.949,90  R$ 27,9 bilhões
08/02/2024 – 1,33% 128.216,92 R$ 26,3 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

ETZ3: +4,05% a R$ 3,60
CVCB3: +1,94% a R$ 3,15
EMBR3: +1,15% a R$ 21,94
USIM5: +0,96% a R$ 9,42
CMIN3: +0,92% a R$ 6,60

  • BAIXAS IBOVESPA

TOTS3: -9,59% a R$ 29,70
MRVE3: −9,46% a R$ 6,70
HAPV3: −5,19% a R$ 3,47
AZUL4: −4,84% a R$ 12,38
EQTL3: −4,30% a R$ 34,24

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Alpargatas (ALPA4)

    A Alpargatas registrou prejuízo líquido das operações continuadas de R$ 1,606 bilhão no quarto trimestre de 2023, um crescimento de 7.604% em relação ao mesmo período de 2022. Saiba mais…

    Aura Minerals (AURA33)

    A Aura Minerals anunciou que a Fundação de San Andres, fundação social vinculada a mina, lançou o projeto Sementes da Esperança, que por meio do cultivo de uvas e da futura produção de vinhos, busca promover um maior desenvolvimento social e econômico da região onde está localizada a mina de Minosa, em Honduras. Saiba mais…

    Auren Energia (AURE3)

    A Auren fechou o quarto trimestre de 2023 com um lucro líquido de R$ 107,6 milhões, 95,6% abaixo do registrado um ano antes, segundo balanço. Saiba mais…

    B3 (B3SA3)

    A B3 obteve uma decisão favorável no Carf em um processo de bilionário. Saiba mais…

    Banco Mercantil (BMEB3/BMEB4)

    O Banco Mercantil, instituição financeira com foco no público 50+, teve no quarto trimestre de 2023 lucro líquido trimestral recorde de R$ 150 milhões e crescimento de 131% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Saiba mais…

    Banco Pine (PINE3/PINE4)

    O Banco Pine teve um salto no lucro no quarto trimestre do ano passado na comparação com o mesmo período em 2022, informou a instituição financeira nesta quinta-feira, em desempenho impulsionado pela diversificação da operação. Saiba mais…

    BrasilAgro (AGRO3)

    A BrasilAgro encerrou o segundo trimestre de seu atual exercício, em dezembro, com prejuízo líquido de R$ 5,82 milhões. Apesar de negativo, o resultado representou uma melhora de 54,8% em comparação à perda de R$ 12,88 milhões do mesmo período do ciclo anterior. Saiba mais…

    Casas Bahia (BHIA3)

    O Grupo Casas Bahia, cuja ação acumula perda de 32,6% no ano, informou a renúncia do executivo Edson de Oliveira Tavares ao cargo de Vice-Presidente de Tecnologia. Saiba mais…

    CSN (CSNA3)

    Fontes disseram ao Broadcast que CSN anunciou a reabertura de seus bonds 2030, emitidos em novembro de 2023. Com a operação, a companhia pode levantar entre US$ 200 milhões e US$ 300 milhões. Saiba mais…

    Gafisa (GFSA3)

    A Assembleia Geral Extraordinária de acionistas da Gafisa terminou com a maioria do capital votante rejeitando as matérias propostas. Saiba mais…

    Infracommerce (IFCM3)

    A Infracommerce seguirá em 2024 com um ritmo de investimento menor, passando a focar mais na manutenção dos negócios e a expansão orgânica, inclusive em outros países latino-americanos, disse hoje o vice-Presidente de Finanças e diretor de Relações com Investidores, Fabio Bortolotti, em entrevista ao vivo à TC News. Saiba mais…

    JHSF (JHSF3)

    A JHSF Participações aprovou a continuidade do programa de recompra de ações da companhia, com vigência até 7 de fevereiro de 2025, no limite de 28 de ações ordinárias, representando 9,54% do total de ações da companhia em circulação no mercado. Saiba mais…

    Klabin (KLBN11)

    A Klabin prevê um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) incremental de cerca de R$ 3 bilhões até 2027, em relação ao Ebitda realizado nos últimos 12 meses encerrados em setembro de 2023. Saiba mais…

    Neoenergia (NEOE3)

    A entrada em operação de novos negócios, revisões tarifárias e o crescimento de mercado propiciaram um crescimento de 4% no lucro líquido da Neoenergia no quarto trimestre de 2023, na comparação com igual etapa do ano anterior, para R$ 973 milhões. Com isso, no consolidado do exercício fiscal, a empresa obteve lucro de R$ 4,5 bilhões, 5,4% abaixo do ano anterior. Saiba mais…

    Oi (OIBR3/OIBR4)

    A assembleia de credores da Oi foi marcada para 5 de março, às 11h, de forma presencial. O encontro vai acontecer no Hotel Windsor Marapendi, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Saiba mais…

    Simpar (SIMH3)

    A Simpar, controladora de empresas como a locadora de veículos pesados Vamos e a transportadora JSL, anunciou a criação da holding Ciclus Ambiental, para consolidar seus negócios na área de gestão de resíduos e saneamento. Saiba mais…

    Totvs (TOTS3)

    A Totvs reportou lucro líquido de R$ 126,2 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), montante 17,7% inferior ao reportado no mesmo intervalo de 2022, informou a companhia. Saiba mais…

    Vale (VALE3)

    A mineradora Vale e a Hydnum Steel, companhia recém criada para ser uma das primeiras siderúrgicas da Europa a operar com energia não fóssil, assinaram um memorando de entendimento (MoU) para avaliar a construção de uma planta de briquetes de minério de ferro no primeiro projeto da Hydnum Steel em Puertollano, na Espanha. Saiba mais…

    Vibra Energia (VBBR3)

    A Vibra Energia informou que investiu R$ 90 milhões em melhorias e ampliação de sua base no Porto de Belém, no Pará, cuja capacidade instalada cresceu 58,3%, para 76.000 m³. Saiba mais…

    Vittia (VITT3)

    O Conselho de Administração aprovou o cancelamento de 2.400.000 ações ordinárias mantidas em tesouraria, adquiridas no âmbito do 1º e 2º programa de recompra de ações.

    (Com informações da Forbes Money, TC Mover e Momento B3)

Deixe um comentário