ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

JBS coletou mais de 26 milhões de litros de óleo de cozinha usados que foram transformados em biocombustível

LinkedIn

A JBS informou que o programa Óleo Amigo, criado pela Biopower, empresa da JBS produtora de biodiesel, coletou milhões de litros de óleo de cozinha, o que representa uma alta de quase 15% em 2023. Em cerca de oito anos de existência do programa, já foram coletados mais de 26 milhões de litros de óleo, que foram transformados em biocombustível. Com a iniciativa, mais de 650 bilhões de litros de água foram preservados, o equivalente a 260 mil piscinas olímpicas.

“Acreditamos que é cada vez mais necessário deixar para trás o modelo tradicional de extraiç produzir, comprar e descartar o produto. Para se ter uma ideia: apenas um litro de óleo de cozinha é capaz de contaminar 25 mil litros de água, de acordo com a Sabesp. Por isso adotamos um modelo de reintrodução dos resíduos como matéria-prima em cadeias produtivas para a obtenção de energia com alto valor agregado”, afirmou Alexandre Pereira, diretor comercial da Biopower.

O programa Óleo Amigo atualmente tem atividades centralizadas em Lins, interior de São Paulo, e em Curitiba, capital do Paraná, mas alcança um total 87 municípios nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. O programa, que conta com o apoio das prefeituras locais em Lins e Curitiba, contribui para que o óleo usado não seja descartado de maneira incorreta, como em pias ou no solo, por exemplo. Em vez disso, se torne uma das matérias-primas para a obtenção de biodiesel. Ao todo, mais de 550 estabelecimentos comerciais já forneceram óleo para a iniciativa.

As coletas são feitas de forma agendada, com caminhões e carros da empresa, em bares, restaurantes, escolas e outros locais geradores de óleo. O produto recolhido passa por análises, acompanhadas de auditores, nas quais é verificado se o óleo atende os parâmetros de acidez, impureza e umidade para a produção de biodiesel.

Dentro do conceito de economia circular, a JBS (BOV:JBSS3) aproveita 99% de cada bovino processado pela companhia. Em aves e suínos, esse percentual é de 94%. Dos resíduos do processo produtivo do boi, além do biodiesel, são obtidos couro para revestimento de móveis, vestuário e acessórios, peptídeos de colágeno e gelatinas, além da fabricação de sabonetes e muitos outros produtos.

Informações Grupo CMA

Deixe um comentário