ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Momento Cripto: SBF condenado a 25 anos de prisão, DOGE e BCH saltam na quinta-feira, e mais

LinkedIn

Sam Bankman-Fried recebe 25 anos de prisão em julgamento de alto perfil

Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, foi condenado a 25 anos de prisão, sentença proferida por um tribunal repleto de espectadores, marcando um momento crucial no exame legal do setor de criptomoedas. Com 57 anos ao ser liberado, sua condenação ressalta as complexidades e riscos do mercado de ativos digitais. Vestindo uniforme prisional, enfrentou a decisão do juiz Lewis A. Kaplan, que ponderou o relatório pré-sentença e disputas, refletindo a seriedade de seus atos. Este evento, presenciado por uma audiência composta por promotores, defensores e um agente do FBI, culmina um caso de grande interesse público e da comunidade cripto, enfatizando as grandes perdas financeiras dos investidores, credores e clientes, e rejeitando os argumentos da defesa sobre o montante das perdas. A decisão destaca não apenas a magnitude da fraude, mas também o impacto devastador nas vítimas, incluindo a dramática realidade de suicídios relacionados à queda da FTX, trazendo à tona a necessidade de maior responsabilidade no universo financeiro digital.

Demanda alta na venda de Solana da propriedade FTX

A liquidação de 41 milhões de tokens Solana (COIN:SOLUSD), avaliados em US$ 7,5 bilhões, pela propriedade da falida FTX atraiu grande interesse. A Galaxy Asset Management foi selecionada para gerenciar as vendas de forma eficiente em setembro de 2023. A Neptune Digital anunciou a aquisição de parte dos tokens, com desbloqueios programados até 2028. Outros participantes, como a Galaxy Trading e a FalconX, estão levantando fundos para ofertas, enquanto a Pantera e a Phoenix também mostraram interesse em adquirir os tokens bloqueados.

Queda nas ações da MicroStrategy após relatório de Kerrisdale

As ações da MicroStrategy (NASDAQ:MSTR) despencaram até 14% durante as negociações de quinta-feira após a Kerrisdale Capital, conhecida por suas operações de venda a descoberto, divulgar um relatório apostando contra a empresa ao mesmo tempo que investe no Bitcoin. O relatório critica a valorização excessiva das ações em comparação com o valor real do Bitcoin em posse da MicroStrategy, destacando que a empresa detém mais de 1% do total de Bitcoins e questiona a sustentabilidade de seu modelo de negócios baseado em criptomoedas, especialmente agora que o Bitcoin está mais acessível através de ETPs e ETFs.

IBIT alcança novo marco enquanto ARKB vê entradas recordes na quarta-feira

Na quarta-feira, o ETF à vista da BlackRock (NASDAQ:IBIT) superou 250.000 BTC em ativos, atingindo US$ 17,7 bilhões em valor apenas 11 semanas após seu lançamento. Este crescimento foi impulsionado por uma adição de 4.702 BTC em um único dia. Larry Fink, CEO da BlackRock, destacou a velocidade sem precedentes desse crescimento. Paralelamente, o ETF da Fidelity (AMEX:FBTC) ultrapassou US$ 10 bilhões em ativos, solidificando sua posição no mercado de ETFs de Bitcoin, enquanto a ARK Invest 21Shares (AMEX:ARKB) registrou entradas recordes de US$ 200 milhões. Por outro lado, o fundo de taxas mais altas da Grayscale (AMEX:GBTC) continuou sua série de saídas substanciais, perdendo mais US$ 299,8 milhões para atingir US$ 14,7 bilhões em saídas totais.

Bitcoin e ouro brilham no primeiro trimestre de 2024

No início de 2024, o Bitcoin (COIN:BTCUSD) e o ouro registraram ganhos significativos, com o Bitcoin aumentando mais de 60% para mais de US$ 70.000 e o ouro subindo mais de 7% para mais de US$ 2.200. Ambos os ativos se aproximaram de seus picos históricos, com uma correlação notável de 0,88, indicando uma percepção crescente de ambos como refúgios seguros para investidores. A recente entrada de capital em ETFs de ouro, inspirada pelo êxito dos ETFs de Bitcoin, reflete um realinhamento de investimentos em direção a ativos de valor seguro.

Vencimento recorde de contratos de Bitcoin antes do halving

Após uma semana de volatilidade, o Bitcoin (COIN:BTCUSD) subiu 1,75% nas últimas 24 horas, flutuando em torno de US$ 70.672, com o mercado aguardando o vencimento de opções significativas. Enquanto isso, outros tokens principais como XRP e BNB tiveram ligeiros ganhos, SOL registra leve queda. O ICP (COIN:ICPUSD) registra uma redução de -3,2% no momento da publicação enquanto o DOGE e BCH sobem cerca de 15% e 5,3%, respectivamente. Há uma expectativa de correção se o Bitcoin cair abaixo de US$ 69.000, de acordo com Fernando Pereira, analista da Bitget: “o BTC segue em sua tentativa de um fechamento semanal, que acontecerá em 4 dias, acima dos 69 mil dólares pela primeira vez em sua história. Esse fechamento significaria um provável rompimento dessa resistência e continuação de movimento de alta, mas caso ele não consiga, é bem provável que vejam um ‘bull trap’ e que mais quedas aconteçam antes do halving”.

Cerca de US$ 15 bilhões em contratos futuros de Bitcoin estão prestes a vencer nas principais bolsas, incluindo CME e Binance, marcando um dos maiores vencimentos antes do iminente halving do BTC. Na Derebit, esse vencimento constitui quase 40% de seus contratos totais, destacando um interesse institucional sem precedentes e uma liquidez robusta no mercado de BTC. Comparado ao último halving em 2020, o atual volume de contratos em aberto sinaliza um mercado de Bitcoin mais maduro e institucionalizado, especialmente com a introdução de ETFs Bitcoin à vista.

Expansão dos validadores Ethereum levanta questões de capacidade

Após a atualização Shapella, a Ethereum(COIN:ETHUSD) viu um salto de 74% no número de validadores, trazendo à tona questões de capacidade técnica e riscos de centralização, segundo a Fidelity Digital Assets. A possibilidade de saques para validadores aumentou a atratividade da validação, mas ampliou a preocupação com a largura de banda necessária e o poder computacional para manter a rede eficiente. A Fidelity alerta para o potencial afastamento de validadores menores e uma possível inclinação para a centralização em centros de dados institucionais.

Dogecoin alcança pico com especulações sobre uso na plataforma X

Dogecoin (COIN:DOGEUSD) viu seu preço escalar para o maior nível desde 2021, impulsionado por especulações sobre sua adoção na plataforma de mídia social X. As discussões centraram-se em potenciais aplicações de pagamento após a empresa adquirir mais licenças nos EUA. A atividade comercial do DOGE intensificou-se, com o volume de negociação dobrando e os contratos futuros atingindo quase US$ 2 bilhões, refletindo o crescente interesse e as expectativas dos investidores em relação à sua utilização na rede de Elon Musk. O token está em alta de 15,22% cotado em US$ 0,218960 no momento da escrita.

Aumento antecipado do Bitcoin Cash antes do halving

O valor do Bitcoin Cash (COIN:BCHUSD) viu um aumento expressivo com a aproximação de seu evento de halving em 4 de abril, onde a recompensa por bloco minerado cairá de 6,25 para 3,125 BCH. O interesse em futuros do BCH disparou, com os juros em aberto dobrando para US$ 500 milhões, indicando expectativas de maior volatilidade no preço. O halving, um evento que diminui a emissão de novas moedas, historicamente tem precedido fases de alta no mercado.

Ethena Labs planeja distribuição de 750 milhões de tokens ENA

Ethena Labs anunciou a distribuição de 750 milhões de tokens ENA em 2 de abril, equivalendo a 5% do total de 15 bilhões. Destinados aos usuários do USDe, a moeda sintética do protocolo, os tokens recompensarão o engajamento dos participantes. A quantia recebida dependerá dos “fragmentos” acumulados pelos usuários até 1º de abril. O evento de airdrop segue a Campanha Ethena Shard e o significativo investimento de US$ 20,5 milhões recebido pelo Ethena Labs.

Saída do chefe de conformidade da OKX após curto período

Patrick Donegan, responsável pelas iniciativas de combate à lavagem de dinheiro na OKX, segunda maior plataforma de criptoativos, renunciou após seis meses de trabalho, conforme divulgado em seu LinkedIn. Com uma equipe de 300 membros globalmente, Donegan, que assumiu o posto em agosto de 2023 e se retirou em janeiro de 2024, é reconhecido por sua expertise em regulamentações de AML, desenvolvendo políticas e fomentando relações com reguladores. Este movimento ocorre em um momento em que as corretoras de criptomoedas enfrentam crescente escrutínio regulatório, exemplificado por recentes ações legais contra a KuCoin e a Binance. Donegan também teve uma passagem significativa pelo Signature Bank, com foco em cripto, como diretor de conformidade.

Google amplia integração de dados blockchain

O Google (NASDAQ:GOOGL) aprimorou seu mecanismo de busca para exibir informações de blockchain de várias plataformas, incluindo Bitcoin e Ethereum, permitindo que os usuários busquem por detalhes de transações usando endereços específicos. Inicialmente disponível para Ethereum, o recurso foi expandido para incluir o Ethereum Name Service, mostrando saldos e informações de transações nos resultados de pesquisa. A funcionalidade agora suporta redes compatíveis com EVM como Arbitrum e Polygon, mas não está acessível globalmente.

Tokenização de títulos do Tesouro dos EUA ultrapassa US$ 1 bilhão

Mais de US$ 1 bilhão em títulos do Tesouro dos EUA foram transformados em tokens em blockchains como Ethereum e Polygon, revelam dados da 21.co, matriz da 21Shares. Com um crescimento de 20% em uma semana, esses títulos tokenizados abrangem 17 produtos, liderados pelo fundo da Franklin Templeton no Polygon. O recém-lançado fundo BUIDL da BlackRock (NYSE:BLK) também viu um aumento significativo, atingindo US$ 245 milhões em ativos, destacando a crescente aceitação de blockchains públicos para ativos financeiros tradicionais.

Comunidade Farcaster lança blockchain de camada 3 e token DEGEN

A vibrante comunidade do ecossistema Farcaster apresenta sua própria blockchain de camada 3, liderada pelo fundador pseudônimo Jacek e pela Syndicate. Com o lançamento do token DEGEN (COIN:DEGENUSD), a rede Degen se posiciona como inovadora, oferecendo uma das primeiras tokens comunitárias com sua própria camada 3. Iniciado como um movimento dentro da rede social descentralizada Farcaster, este passo representa a evolução natural após um engajamento significativo dos usuários e transações com o token DEGEN. A nova rede promete ser um espaço experimental para desenvolvedores e usuários, inspirando-se na animação de Las Vegas, focando na exploração e diversão em vez de jogos de azar.

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock