ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Ibovespa cai 0,49%, com sentimento de aversão ao risco por conflito entre Irã e Israel

LinkedIn

O Ibovespa fechou com a quarta sessão consecutiva de queda nesta segunda-feira, à medida que o sentimento de aversão ao risco dominava os mercados com a escalada de tensão entre Irã e Israel e notícias de mudança das projeções de resultado primário do governo federal para 2025 . No âmbito corporativo, destaque para as ações da BRF, que saltaram após relatórios de bancos americanos elevando recomendações, que apoiaram também os papéis da Marfrig.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O Ibovespa fechou com uma queda de 0,49%, aos 125.333 pontos, com volume de negócios de R$20,3 bilhões, acima da média de 50 pregões.

Em um início de semana com agenda de indicadores econômicos esvaziada, os investidores seguiam atentos a um potencial conflito direto entre israelenses e iranianos, que segundo a Genial poderia pressionar a inflação nos Estados Unidos, ao elevar os preços do petróleo, potencialmente adiando mais ainda o esperado início do ciclo de cortes de juros americanos.

Com o clima de apreensão, o dólar voltou a testar as máximas do ano ante o real, atingindo os R$5,20, enquanto os juros futuros saltam até 26 pontos-base, em linha com o forte estresse dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano.

Durante a tarde, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou que o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) alterou a meta fiscal de 2025 para déficit zero, contra um superávit de 0,5% estimado no início de governo. O salário mínimo de 2025 será de R$1.502, e o governo estima que a inflação vai ser de 3,1%. Pouco tempo depois,a LDO foi divulgada, confirmando as falas do ministro.

Entre as ações que compõem o Ibovespa, as maiores detratoras do índice foram as PN do Itaú, as ON da B3 e as da Localiza, que recuaram 1,69%, 1,96% e 2,45%, na sequência.

Entre as maiores quedas percentuais do índice, destaque para as ON da CVC, da Magazine Luiza e da Vamos, que cederam 9,38%, 7,83% e 6,42%, respectivamente.

Na ponta positiva, destaques para as ON da BRF, da Marfrig e da JBS, que avançaram 10,15%, 4,82% e 4,21%, respectivamente.

Os papéis da BRF renovaram máximas desde abril de 2022, impulsionados por relatório do Goldman Sachs que elevou a recomendação dos papéis para ‘neutra’, com preço-alvo de R$15,60, e com a elevação de recomendação do JP Morgan para ‘compra’ com preço-alvo em R$20.As projeções também favoreceram a Marfrig, que possui mais de 50% das ações da BRF.

Os principais índices acionários de Wall Street encerraram em queda, com a forte alta dos rendimentos dos treasuries ofuscando o forte resultado trimestral do Goldman Sachs. Os yields avançaram em meio ao ‘risk-off’ gerado após a divulgação dos dados de vendas no varejo, que vieram acima do esperado, e pelos temores de uma possível escalada no conflito no Oriente Médio.

Os índices Dow Jones, S&P500 e o Nasdaq 100 recuaram 0,65%, 1,20% e 1,79%, respectivamente. Ao fim do dia, os rendimentos das Treasuries de dez anos avançavam 11,1 pontos-base, a 4,610%, e as de dois anos subiam 3,2 pbs, a 4,914%.

Investidores reagiram aos dados de vendas no varejo nos EUA, que em março subiram 0,7% sobre fevereiro, ante estimativa de 0,4% projetada pelo mercado, alimentando temores de que a inflação possa não desacelerar a ponto de dar conforto ao Fed para cortar juros.

Entre os destaques do pregão, as ações do Goldman Sachs avançaram após o balanço mostrar aumento de 28% no lucro no primeiro trimestre, impulsionado por recuperação na subscrição de dívidas e na realização de negócios que impulsionaram a unidade de investimentos. As ações do banco negociadas na NYSE fecharam em alta de 2,92%. No lado negativo, a Tesla fechou em mínimas de 11 meses, após notícias sobre planos para demissão de 10% dos funcionários, em meio ao tombo nas vendas de veículos no primeiro trimestre.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/04/2024 -0,87%  126.990,45 R$ 19,8 bilhões
02/04/2024 0,44% 127.548,52 R$ 21,2 bilhões
03/04/2024 -0,18%  127.318,39 R$ 21,9 bilhões
04/04/2024 0,09% 127.427,53  R$ 31,1 bilhões
05/04/2024 -0,50%  126.795,41  R$ 20,7 bilhões
06/04/2024 1,63%  128.857,16  R$ 19,2 bilhões
 09/04/2024 0,80%  129.890,37 R$ 20 bilhões
10/04/2024 -1,41% 128.053,74 R$ 23,2 bilhões
11/04/2024 -0,51% 127.396,35 R$ 19,4 bilhões
12/04/2024 -1,14%  125.946,09 R$ 23,2 bilhões
15/04/2024 -0,49% 125.333,89  R$ 27,2 bilhões

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    BB Seguridade (BBSE3)

    O BB Seguridade emitiu R$ 1.349 bilhões em prêmios em fevereiro deste ano, alta de 21,4% comparado ao registrado no mesmo mês de 2023. Saiba mais…

    Emae (EMAE3/EMAE4)

    Três grupos registraram propostas para participar do leilão de privatização da Emae, que será realizado na 6ªF, informa a Folha: a francesa EDF, a Matrix Energia e o Fundo Phoenix. Saiba mais…

    Eztec (EZTC3)

    A Eztec divulgou a prévia operacional do primeiro trimestre de 2024 (1T24). Saiba mais…

    Klabin (KLBN11)

    A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou os IDRs (Issuer Default Ratings – Ratings de Inadimplência do Emissor) de longo prazo em moedas estrangeira e local ‘BB+’ e o rating nacional de longo prazo ‘AAA(bra)’ da Klabin. Saiba mais…

    Light (LIGT3)

    A Light informou que chegou a um acordo com debenturistas da Light Sesa para repactuação do endividamento financeiro, em meio à recuperação judicial. Saiba mais…

    Movida (MOVI3)

    A Movida informou que passará a adotar guidances para 2024. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A empresa de serviços para campos petrolíferos SLB afirmou que recebeu três contratos da Petrobras para hardware e serviços de completação para até 35 poços submarinos no campo petrolífero Búzios Wave II.

    A Petrobras afirmou que pode encontrar riscos associados a projetos de transição energética, com possibilidade de impactar na taxa de retorno do portfólio da companhia. Saiba mais…

    SLC Agrícola (SLCE3)

    A SLC Agrícola emitiu comunicado para esclarecer ao mercado as informações contidas em um relatório produzido pela ONG Earthsight, intitulado “Fashion Crimes” (Crimes na Moda), divulgado em 11 de abril e repercutido pela imprensa nacional e internacional. Saiba mais…

    Totvs (TOTS3)

    O conjunto de transações relacionadas ao contrato de distribuição, como aditado, entre a Totvs e sua parte relacionada, GoodData Corporation, atingiu o critério objetivo de R$ 50.000.000,00 para divulgação. Saiba mais…

    Trisul (TRIS3)

    As vendas líquidas da Trisul totalizaram R$ 306,7 milhões, um aumento de 11,0% em comparação ao mesmo trimestre do ano anterior.

    Vale (VALE3)

    A Vale oficializou que toda a energia elétrica utilizada nas suas operações no Brasil no ano passado foi proveniente de fontes renováveis, como usinas hidrelétricas, eólicas e solar, atingindo sua meta de 100% de consumo de energia renovável no país. Saiba mais…

    Valid (VLID3)

    O conselho de administração da Valid aprovou a realização da 10ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie com garantia real, em série única, no volume de R$ 250.000.000,00, observada a possibilidade de distribuição parcial. Saiba mais…

    (Com informações da TC Mover e Momento B3)

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock