ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Destaques de WS: Nvidia sobe até 7% no pré-mercado, OpenAI e News Corp firmam parceria, e mais

LinkedIn

Earnings

Nvidia (NVDA, NVDC34) – O lucro por ação ajustado foi de US$ 6,12, superando os US$ 5,59 esperados. A receita atingiu US$ 26,04 bilhões, um aumento de 262% ano a ano, e superando os US$ 24,65 bilhões previstos. Para o próximo trimestre, a empresa prevê US$ 28 bilhões em vendas. No trimestre encerrado em 28 de abril, a receita de data center foi de US$ 22,6 bilhões, um aumento de 427% ano a ano. A empresa também anunciou um desdobramento de ações de 10 para 1 e aumentou seus dividendos em 150%. Além disso, a Nvidia surpreendeu os investidores com a revelação de um novo e potencialmente lucrativo segmento de negócios: a IA soberana, que visa capacitar países a desenvolver inteligência artificial internamente. As ações da Nvidia subiram 6,8% no pré-mercado, no caminho para valer tanto quanto todas as empresas alemãs listadas juntas, sinalizando uma valorização potencial de US$ 2,5 trilhões, superando o valor combinado das empresas alemãs.

VF Corp (VFC, VFCO34) – As ações da VF Corp. caíram 14,7% no pré-mercado após registrar prejuízo de 32 centavos por ação sobre receita de US$ 2,37 bilhões. Analistas consultados pela LSEG esperavam lucro de 1 centavo por ação e receita de US$ 2,41 bilhões.

Elf Beauty (ELF) – No quarto trimestre, a Elf Beauty relatou lucro por ação ajustado de 53 centavos, superando os 32 centavos esperados, e a receita alcançou US$ 321,1 milhões, ultrapassando os US$ 292,6 milhões previstos. No entanto, a Elf emitiu previsões para o ano que desapontaram as estimativas, esperando que as vendas líquidas fiquem entre US$ 1,23 bilhão e US$ 1,25 bilhão, enquanto analistas consultados pela FactSet previam US$ 1,27 bilhão. As ações da marca americana de cosméticos subiu 2,7% no pré-mercado.

Synopsys (SNPS, S1NP34) – As ações da Synopsys estão estáveis no pré-mercado após registrar lucro ajustado de US$ 3 por ação sobre receitas de US$ 1,46 bilhão. Analistas consultados pela LSEG previam lucro de US$ 3,03 por ação e receita de US$ 1,5 bilhão.

Snowflake (SNOW, S2NW34) – As ações da Snowflake subiram 3,7% no pré-mercado após registrar lucro ajustado de 14 centavos por ação sobre receitas de US$ 829 milhões. Analistas consultados pela LSEG previam lucro de 4 centavos por ação e receita de US$ 786 milhões.

LiveRamp Holdings (RAMP) – As ações da LiveRamp subiram 14% no pré-mercado após anunciar lucro por ação ajustado no quarto trimestre de US$ 0,25, superando a estimativa do analista de US$ 0,19. A receita do trimestre atingiu US$ 172 milhões, superando a estimativa de consenso de US$ 160,53 milhões, um aumento de 16% ano a ano. A empresa espera que a receita para o ano fique entre US$ 710 milhões e US$ 730 milhões, contra a estimativa de consenso de US$ 704,8 milhões.

Destaques corporativos de Wall Street para hoje

News Corp (NWS, N1WS34) – News Corp e OpenAI firmaram uma parceria histórica permitindo que a OpenAI utilize conteúdos jornalísticos da News Corp, incluindo grandes títulos como The Wall Street Journal e The Sun, para enriquecer respostas e produtos da OpenAI. As ações da News Corp subiram até 2% no pré-mercado.

Microsoft (MSFT, MSFT34) – A Microsoft está em negociações com a empresa de IA G42, dos Emirados Árabes Unidos, para transferir tecnologia avançada de IA, incluindo componentes cruciais como pesos de modelo. Isso levanta preocupações sobre segurança nacional nos EUA, com alguns legisladores questionando a transparência e a adequação das medidas de segurança. O Departamento de Comércio dos EUA precisa aprovar o acordo, destacando lacunas nas leis existentes sobre exportação de tecnologia de IA.

Meta Platforms (META, M1TA34) – Mark Zuckerberg, CEO da Meta, estabeleceu o Meta Advisory Group, composto por Patrick Collison, Nat Friedman, Tobi Lütke e Charlie Songhurst. Este conselho consultivo sem remuneração oferecerá insights sobre inteligência artificial e tecnologia para aprimorar os produtos Meta em meio a uma expansão focada em IA.

TSMC (TSM, TSMC34) – A TSMC prevê um crescimento anual de 10% na indústria de semicondutores, excluindo memória, impulsionado pela demanda por chips de IA. A empresa reduziu suas perspectivas anteriores, enquanto as Estatísticas do Comércio Mundial de Semicondutores preveem um crescimento de 13,1% em 2024.

Amazon (AMZN, AMZO34) – A Amazon disse que o serviço de assistente de voz Alexa receberá atualizações de inteligência artificial para tornar o assistente de voz mais conversacional, planejando introduzir uma assinatura mensal para usuários para financiar atualizações de IA. O preço ainda não foi decidido. Além disso, a Amazon Web Services (AWS) fechou parceria com a startup de IA Hugging Face para facilitar a execução de modelos de IA em seus chips personalizados, visando eficiência e economia. A Amazon busca atrair mais desenvolvedores para suas plataformas de nuvem, destacando custos mais baixos na execução de modelos de IA. Sobre a assembleia anual de acionistas, os investidores rejeitaram todas as 14 resoluções, incluindo pedidos de maior transparência sobre emissões de carbono. O CEO Andy Jassy indicou que a Amazon não planeja oferecer dividendos, optando por reinvestir nos negócios.

Alibaba (BABA, BABA34) – As ações da Alibaba caíram 2,3% no pré-mercado na quinta-feira após relatos de planos para levantar US$ 5 bilhões por meio de títulos conversíveis. O possível movimento vem depois de uma oferta semelhante da JD.com. A Alibaba enfrentou desafios recentes, incluindo uma queda significativa nos lucros em 2023.

Warner Bros Discovery (WBD, W1BD34), Walt Disney (DIS, DISB34) – A Warner Bros Discovery fechou um contrato de cinco anos com a Walt Disney para a rede TNT transmitir jogos selecionados do College Football Playoff, começando na próxima temporada. Este movimento ocorre em meio às negociações em curso sobre os direitos de transmissão da NBA. Além disso, a Disney também planeja lançar o serviço de streaming esportivo Venu Sports no terceiro trimestre.

Walmart (WMT, WALM34) – O Walmart planeja investir US$ 700 milhões na Guatemala nos próximos cinco anos, conforme anunciado pela executiva regional Cristina Ronski. Este anúncio segue investimentos semelhantes na Costa Rica. A unidade do Walmart na região, Walmex, observou forte crescimento nas vendas em várias localidades durante o primeiro trimestre.

Walgreens Boots Alliance (WBA, WGBA34), Cencora (COR, C1CO34) – A Walgreens Boots Alliance vendeu US$ 400 milhões em ações da distribuidora de medicamentos Cencora, reduzindo sua participação para cerca de 12%. Os recursos serão destinados principalmente ao pagamento de dívidas e fins corporativos. Esta venda segue outras reduções de participação nos últimos anos, sem impacto na parceria entre as empresas.

Cytokinetics (CYTK) – As ações da empresa biofarmacêutica despencaram -15,4% no pré-mercado após o anúncio de que emitiria US$ 500 milhões em ações ordinárias, com JPMorgan, Goldman Sachs e Morgan Stanley servindo como os únicos gestores contábeis conjuntos.

Pfizer (PFE, PFIZ34) – A Pfizer lançou um programa plurianual para reduzir suas despesas em US$ 1,5 bilhão até 2027, complementando um plano anterior de US$ 4 bilhões. A empresa enfrenta pressão dos investidores devido à queda nas vendas pós-pandemia, respondendo com cortes de custos e aquisições estratégicas. As ações subiram 0,47% no pré-mercado.

Moderna (MRNA, M1RN34) Pfizer (PFE, PFIZ34) – As empresas Moderna e Pfizer estão em discussões com o governo dos EUA sobre um possível programa de vacina contra a gripe aviária, impulsionando as ações após preocupações com surtos. Ambas as empresas estão considerando a produção de vacinas com base na tecnologia do RNA mensageiro.

Bristol Myers Squibb (BMY, BMYB34) Sanofi  (SNY) – Um juiz no Havaí ordenou que Bristol Myers Squibb e Sanofi pagassem mais de 916 milhões de dólares por não alertar pacientes não-brancos sobre os riscos de saúde do Plavix. O medicamento, usado para prevenir coágulos sanguíneos, pode ter eficácia reduzida em certos grupos étnicos devido a variações genéticas.

Biogen (BIIB, BIIB34) – A Biogen anunciou na quarta-feira a aquisição da Human Immunology Biosciences por até US$ 1,8 bilhão, expandindo seu portfólio de medicamentos para doenças raras. O destaque é o felzartamab, concluindo estudos intermediários para tratamento de doenças renais. O acordo visa fortalecer a posição da Biogen em terapias inovadoras.

Boeing (BA, BOEI34) – A NASA e a Boeing visam o lançamento tripulado da espaçonave Starliner até 1º de junho, após atrasos devido a um vazamento de hélio. Engenheiros investigam o problema para garantir segurança. O Starliner enfrentou desafios de desenvolvimento e orçamentários, competindo com a SpaceX. Novas datas de lançamento estão disponíveis se necessário.

DuPont de Nemours (DD, DDNB34) –  DuPont de Nemours Inc. planeja se dividir em três empresas independentes, buscando especialização em negócios menores. Separará suas unidades de eletrônicos e água, mantendo operações focadas em áreas como biofarmacêutica. A terceira, que abrigará suas operações de soluções industriais, incluindo adesivos, se tornaria a nova DuPont. Este movimento segue a tendência de grandes conglomerados que desmembraram suas operações para valorizar ações, como Johnson & Johnson e General Electric. A divisão deve ocorrer dentro de 18 a 24 meses, sujeita a aprovações regulatórias.

BHP Group (BHP, BHPG34), Anglo American (AAL, AAGO34)  – A BHP mantém sua proposta de aquisição da Anglo American, focando em mitigar preocupações sobre execução. A empresa tem até 29 de maio para fazer uma oferta definitiva. O presidente da Anglo citou riscos de conclusão.

Petrobras (PBR, PETR3) – O regulador antitruste do Brasil, o Cade, aprovou novos termos de um acordo que permite à Petrobras manter o controle de certos ativos de refino de petróleo e gás. Isso reflete uma iniciativa mais ampla do governo para diversificar o setor energético e atrair mais investimentos.

Mondelez International (MDLZ, MDLZ34) – A fabricante da Oreo foi multada em aproximadamente 365,72 milhões de dólares pela União Europeia por impedir o comércio transfronteiriço de chocolate, biscoitos e café dentro da UE. A Comissão Europeia alega que a empresa abusou de sua posição dominante, violando as leis antitruste da UE.

Keurig Dr Pepper (KDP) – A Keurig Dr Pepper enfrenta desafios no setor de café, mas a nova administração liderada por Tim Cofer visa revitalizar o negócio. Parcerias e lançamentos de produtos inovadores, como as cápsulas K-Rounds, podem impulsionar o crescimento. Os analistas estão otimistas sobre o potencial de recuperação da empresa.

Lululemon Athletica (LULU, L1UL34) – A Lululemon anunciou na quarta-feira a saída de seu diretor de produtos, levantando preocupações sobre a perda de vantagem da marca esportiva. A empresa não substituirá Sun Choe, transferindo suas responsabilidades para Jonathan Cheung. Analistas expressaram preocupações sobre o impacto nas vendas e na popularidade dos produtos, enquanto a concorrência aumenta e o estoque se torna um desafio.

Live Nation Entertainment (LYV, L1YV34) – O Departamento de Justiça dos EUA e estados planejam processar a Live Nation Entertainment, possivelmente buscando uma divisão, devido a supostas práticas anticompetitivas da Ticketmaster. Este movimento reflete uma abordagem agressiva na busca por concorrência e responde a críticas dos fãs de shows e políticos.

JPMorgan Chase (JPM, JPMC34) – A Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA está prestes resolver uma disputa em um acordo de US$ 100 milhões com o JPMorgan Chase & Co sobre falhas nos relatórios comerciais. O banco concordou em admitir violações, refletindo uma mudança para maior responsabilidade corporativa em resposta à pressão regulatória.

Goldman Sachs (GS, GSGI34) – David Solomon, CEO do Goldman Sachs, não espera que o Federal Reserve reduza as taxas de juros este ano, citando preocupações com inflação. Contrariando as expectativas do mercado, ele destaca desafios globais, incluindo pressões inflacionárias e questões geopolíticas, chamando a atenção para a necessidade de uma abordagem mais ampla da política industrial nos EUA.

HSBC (HSBC, H1SB34) – O HSBC foi multado em aproximadamente 8 milhões de dólares por tratar injustamente mais de 1,5 milhão de clientes do Reino Unido com dificuldades financeiras. A Autoridade de Conduta Financeira considerou inadequadas as medidas oferecidas aos clientes, resultando em riscos financeiros adicionais. A FCA está reforçando as proteções do consumidor para evitar abusos.

Bridgewater Bancshares (BWB) – Joanna Alpert, anteriormente gerente geral da Bridgewater na China, foi promovida a chefe de uma nova unidade de negócios focada em gestão e criação de produtos de investimento. A mudança reflete o crescimento da empresa na China, onde os ativos sob gestão deveriam quase dobrar para 40 bilhões de yuans. A reorganização recente da Bridgewater incluiu a divisão dos negócios em duas unidades: Alpha Engine, focada no fundo Pure Alpha, e Total Portfolio Strategies, liderada por Alpert, centrada em soluções de investimento personalizadas. Alpert se mudará para os EUA e reportará diretamente a Karniol-Tambour.

KKR & Co. (KKR) – A KKR firmou um acordo de empréstimo de US$ 133 milhões para a MYOB Ltd., empresa australiana de software de contabilidade. O empréstimo inclui uma opção de pagamento de juros em espécie e uma margem de 525 pontos base sobre a taxa de referência australiana. Será utilizado para reestruturação financeira. O empréstimo será direcionado para reestruturação financeira.

Principais assuntos do dia

Os futuros dos índices dos EUA subiram no pré-mercado de quinta-feira, com as ações de tecnologia impulsionadas por fortes lucros e uma previsão otimista da Nvidia.

Às 07h42 (horário de Brasília), os futuros do Dow Jones (DOWI:DJI) subiram 36 pontos, ou 0,09%. Os futuros do S&P 500 avançaram 0,53%, e os futuros do Nasdaq-100 ganharam 0,91%. A taxa de retorno dos títulos do Tesouro de 10 anos situava-se em 4,441%.

No mercado de commodities, o petróleo bruto West Texas Intermediate para julho subiu 0,90%, a US$ 78,27 por barril. O petróleo tipo Brent para julho subiu 0,89%, perto de US$ 82,65 por barril. O minério de ferro negociado na bolsa de Dalian caiu 1,09%, a US$ 125,12 por tonelada métrica.

Na agenda econômica de quinta-feira, o Fed Chicago divulgará a leitura do índice de atividade nacional de abril às 9h30. Simultaneamente, o Departamento do Trabalho publicará os dados dos pedidos de seguro-desemprego da semana. Às 10h45, o S&P Global lançará a leitura preliminar dos índices de gerentes de compras, abordando tanto o setor industrial quanto o de serviços em maio. Por fim, às 11h, o Departamento do Comércio revelará os números das vendas de imóveis novos de abril, fornecendo insights sobre o mercado imobiliário, um indicador importante do crescimento econômico.

Os mercados europeus registram ganhos hoje, impulsionados por reações dos investidores à recente inflação no Reino Unido e aos novos dados econômicos da Zona do Euro. Paralelamente, os mercados também estão digerindo o impacto do anúncio inesperado do Primeiro-Ministro britânico, Rishi Sunak, sobre a realização das eleições gerais em 4 de julho, uma decisão que põe fim a meses de especulação acerca da data da importante votação nacional. Com base nas atuais pesquisas de opinião, prevê-se que o Partido Conservador, atualmente no poder, poderá ser superado pelo Partido Trabalhista, de centro-esquerda, na oposição.

Os mercados asiáticos fecharam com desempenhos mistos. O Índice de Xangai, na China, registrou uma queda significativa de 1,33%, enquanto o Índice Hang Seng de Hong Kong teve uma retração ainda maior, caindo 1,70%. Por outro lado, o Nikkei do Japão apresentou um desempenho positivo, subindo 1,26%. Na Coreia do Sul, o índice Kospi mostrou uma leve baixa de 0,06% e, na Austrália, o ASX 200 também fechou em queda, com uma redução de 0,46%.

Durante a sessão de quarta-feira, o mercado acionário dos EUA exibiu volatilidade após a divulgação das atas da última reunião do Federal Reserve. O Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq, fecharam em queda de 0,5%, 0,3% e 18%, respectivamente. As atas sugerem que o Fed pode manter as taxas de juros elevadas por mais tempo do que o esperado, devido à necessidade de maior confiança na desaceleração da inflação. Isso gerou surpresa e reações cautelosas entre os investidores, que também aguardavam os resultados da Nvidia (NVDA, NVDC34) após o fechamento, que superaram as previsões.

Estão agendados para apresentar relatórios trimestrais antes da abertura do mercado BJ’s (BJ), Ralph Lauren (RL, R1LC34), Polestar (PSNY), TD Bank (TD), Endava (DAVA), Maxeon (MAXN), Medtronic (MDT, MDTC34), NetEase (NTES, NETE34), Titan Machinery (TITN), entre outros.

Após o fechamento, investidores aguardam os números da Intuit (INTU, INTU34), Workday (WDAY, W1DA34), Deckers Brands (DECK), Ross (ROST, ROST34), SilverCorp Metals (SVM), Stepstone (STEP), Cavco (CVCO), Woodmark (AMWD), Lions Gate Entertainment (LGF.A), e mais.

Fechamento EUA de quarta-feira

Moeda

Hoje, 1 dólar vale R$ 5,16– Faça a conversão para qualquer moeda!

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário