ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Ibovespa cai 0,34%, com operadores ajustando operação após Campos Neto reconhecer que expectativas inflacionárias trazem notícias ruins à autarquia

LinkedIn

O Ibovespa encerrou em ligeira queda na sessão desta sexta-feira, pela sexta sessão consecutiva, em dia de baixa liquidez, antes do feriado de Memorial Day, nos Estados Unidos, na segunda-feira, e com operadores ajustando operações após o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconhecer que as expectativas inflacionárias trazem notícias ruins à autarquia.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O Ibovespa encerrou em ligeira retração de 0,34%, aos 124.305 pontos. O volume de negócios ficou em R$16,8 bilhões, abaixo da média de 50 pregões. Em termos semanais, o Ibovespa acumulou uma queda de 3,00%, registrando a maior perda semanal desde março de 2023.

Sem grandes dados econômicos na sessão de hoje, investidores voltaram as atenções para declarações de Campos Neto, que reconheceu que as expectativas de preços trazem “notícias ruins” para o Banco Central. Os vértices da curva de juros e o dólar futuro testaram máximas intradiárias na sessão, enquanto o Ibovespa tocou mínimas após as falas.

Campos também citou movimento recente de fechamento dos vértices longos da curva de juros americana, que não foi observado no mercado local. “Nesse movimento, a gente ficou um pouco na contramão do mundo emergente, o que sugere que se adicionou prêmio específico ao Brasil na curva.”

No âmbito corporativo, papéis do setor elétrico avançaram na sessão, com as units da Energisa entre as principais altas do Ibovespa, após a Mover reportar que o Ministério de Minas e Energia enviou minuta de decreto com regras para renovação de contratos de concessão de distribuidoras de eletricidade, texto que deve permitir a antecipação de prorrogação, atendendo pleito da Light.

O Itaú BBA disse que as diretrizes do governo parecem alinhadas com expectativas do mercaodo e das empresas, o que deve retirar um peso das ações do setor, incluindo também de Equatorial, CPFL e Neoenergia.

No setor aéreo, as PN da Gol e Azul dispararam, após as companhias anunciarem acordo de “codeshare” que englobará mais de 150 destinos, acrescentando que as rotas envolvidas serão aquelas exclusivas, operadas por uma delas e não pela outra. De acordo com analistas do Itaú BBA, o acordo não depende de aprovação antitruste e deverá gerar receitas adicionais, além de sinalizar possíveis conversas para fusão das empresas.

O BTG manteve recomendação ´neutra´ em Vale, mas destacou a melhora das perspectivas para o minério de ferro, que fechou na segunda semana de ganhos consecutiva, devido às esperanças persistentes de crescimento da demanda na China, graças a uma enxurrada de estímulos ao setor imobiliário.

Em Nova York, os principais índices acionários encerram em alta, à exceção do Dow Jones, após dados da Universidade de Michigan apontarem para leitura final das expectativas de inflação em 12 meses em maio a 3,3%, acima da leitura preliminar, de 3,2%, embora menos do que indicado em leitura preliminar, de 3,5%.

Os índices Dow Jones, S&P500 e Nasdaq 100 avançaram 0,01%, 0,70% e 1,10%, respectivamente.

Os rendimentos das Treasuries de dois anos operaram estáveis, a 4,946%, e os de dez anos recuavam 1,0 pbs, a 4,467%.

Entre os indicadores econômicos, dados mostraram que as encomendas de bens duráveis se recuperaram mais do que o esperado em abril, e as remessas desses bens também aumentaram, sugerindo uma retomada nos gastos das empresas com equipamentos no início do segundo trimestre.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/05/2024 0,95%  127.122,25 R$ 24 bilhões
 03/05/2024  1,09%  128.508,67 R$ 27,7 bilhões
06/05/2024 -0,03% 128.465,69 R$ 18,3 bilhões
07/05/2024 0,58% 129.210,48 R$ 23,2 bilhões
08/05/2024 0,21% 129.480,89 R$ 21 bilhões
09/05/2024 -1,0% 128.188,34  R$ 25,6 bilhões
10/05/2024 -0,46%  127.599,57 R$ 22,8 bilhões
13/05/2024 0,44%  128.154,79  R$ 18,3 bilhões
14/05/2024 0,28% 128.515,49 R$ 23,6 bilhões
15/05/2024 -0,38% 128.027,59  R$ 27,2 bilhões
16/05/2024 0,20% 128.283,62 R$ 23,4 bilhões
17/05/2024 -0,10%  128.150,71  R$ 23,9 bilhões
20/05/2024 -0,31% 127.751  R$ 20,2 bilhões
21/05/2024 0,27%  127.411,55 R$ 19,7 bilhões
22/05/2024 -1,38%  125.650,03 R$ 25,8 bilhões
23/05/2024 -0,73% 124.729,40 R$ 21,9 bilhões
24/05/2024 -0,34% 124.305,57 R$ 16,8 bilhões

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Americanas (AMER3)

    A Lojas Americanas, que está em recuperação judicial, alterou mais uma vez a data de publicação das demonstrações financeiras de 2023 e do balanço do primeiro trimestre de 2024. A data de divulgação passou do dia 28 de maio para o dia 31 de julho. Saiba mais…

    Arezzo (ARZZ3)

    A Arezzo convocou uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para o dia 18 de junho para discutir e votar a proposta de fusão com o Grupo Soma.

    Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4)

    As companhias aéreas Azul e Gol anunciaram um acordo de cooperação comercial que vai conectar as suas malhas aéreas no Brasil por meio de um codeshare. A parceria inclui as rotas domésticas exclusivas, ou seja, operadas por uma das duas empresas e não a outra. Saiba mais…

    B3 (B3SA3)

    A B3 concluiu o processo de precificação (bookbuilding) de sua nova emissão de debêntures. Saiba mais…

    Enauta (ENAT3) e 3R Petroleum (RRRP3)

    A S&P Global Ratings colocou em observação positiva os ratings de 3R Petroleum e Enauta, após acordo que prevê a fusão das duas empresas. Em nota, a agência estima que o grupo resultante da combinação terá capacidade para produzir mais de 70 mil barris de equivalente a petróleo por dia até o final de 2024, com avanço a 80 mil barris em 2025. Para as reservas, a expectativa é de um avanço para 500 milhões de barris. Saiba mais…

    Engie (EGIE3)

    A Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda da totalidade das quotas de emissão da Lages Bioenergética da Engie Brasil Energia para a Âmbar Energia. Saiba mais…

    JBS (JBSS3)

    A Fitch Ratings reiterou os ratings de longo prazo em moeda estrangeira e moeda local da JBS em “BBB-“; em escala nacional ficou em “AAA(bra)”. Saiba mais…

    Minerva (BEEF3)

    A Minerva vai apresentar um recurso às autoridades do Uruguai na tentativa de reverter a proibição à compra de três unidades da Marfrig, informa o Globo Rural. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    O conselho de administração da Petrobras reúne-se nesta sexta-feira para aprovar Magda Chambriard como conselheira e, a seguir, sua nomeação para presidente da companhia. Saiba mais…

    A Petrobras informa que seu Conselho de Administração, em reunião realizada hoje, nomeou Magda Chambriard como Conselheira de Administração e a elegeu como nova Presidente da companhia. Saiba mais…

    Sanepar (SAPR11)

    A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar assinou contrato com a Fundação Instituto de Administração – FIA visando o apoio e assessoria para a elaboração e apresentação de estudo detalhado sobre a viabilidade de constituição de uma holding e outras empresas. Saiba mais…

    Suzano (SUZB3)

    A Suzano está em negociações com bancos japoneses para financiar uma oferta de aquisição da International Paper, gigante norte-americana do ramo de embalagens, disseram fontes à Bloomberg. Saiba mais…

    A Suzano comunicou mais um aumento nos preços da fibra de eucalipto, em todas as regiões e válido para pedidos de junho, informa o Valor. Esse será o sexto reajuste de 2024. Saiba mais…

    Telefônica Brasil (STFC3)

    A Telefônica Brasil informou que a Comissão de Negociação formada por representantes da companhia, da Secretaria de Controle Externo de Solução Consensual e Prevenção de Conflitos do Tribunal de Contas da União – SecexConsenso, da Unidade de Auditoria Especializada em Comunicações do TCU – AudComunicações, do Ministério das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel, alcançaram entendimento sobre a proposta de termos e condições para o Acordo de Autocomposição para Adaptação dos Contratos de Concessão do STFC para instrumento de Autorização, que tem por objetivo a adaptação do regime de concessão do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC) para autorização, a ser oportunamente celebrado pela Telefônica Brasil com a Anatel, TCU e Ministério das Comunicações. Saiba mais…

    Usiminas (USIM5)

    O conselho de administração da Usiminas aprovou, entre outras deliberações, a reeleição dos membros da diretoria estatutária para um mandato até a próxima assembleia geral ordinária a ser realizada em 2026. Saiba mais…

    Vale (VALE3)

    A Vale contratou a consultoria Russell Reynolds para auxiliar a mineradora na escolha do novo presidente da companhia. Saiba mais…

    WEG (WEGE3)

    A WEG está fornecendo geradores e motores elétricos para as plataformas do Campo de Búzios, o maior campo offshore em águas profundas do mundo – num momento em que a empresa tenta ganhar espaço no setor de óleo & gás para surfar a descarbonização das operações. Saiba mais…

    (Com informações da TC Mover e Momento B3)

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário