ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Resultados recordes no 1T24 colocam esse banco de investimentos na ‘série A dos bancões’

LinkedIn

Veja análise do balanço desse banco no primeiro tri; rentabilidade foi maior que a de Itaú (ITUB4) e Banco do Brasil (BBAS3).

 

Os resultados obtidos pelo BTG Pactual (BPAC11), no primeiro trimestre de 2024, mostraram que ele pode ser analisado “de igual para igual” em relação aos grandes bancos nacionais – Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC4), Banco do Brasil (BBAS3) e Santander (SANB11).

Ao menos, essa é a opinião de Larissa Quaresma, analista da Empiricus Research que comentou os resultados apresentados pelo BTG Pactual em seu balanço do 1º tri, nesta segunda-feira (13), em entrevista ao programa Giro do Mercado. 

Antes de entrarmos em mais detalhes, é importante destacar que o grupo Empiricus, do qual faz parte a Empiricus Research, é controlado pelo BTG Pactual.

Os números atingidos pelo BTG Pactual nos primeiros três meses deste ano surpreenderam todo o mercado – que já tinha altas expectativas. O banco de investimentos registrou recorde no lucro líquido ajustado, com R$ 2,8 bilhões no 1T24, um aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Assim como o lucro, a receita do BTG Pactual também registrou recorde: foram R$ 5,8 bilhões, crescimento de 23% em relação ao primeiro trimestre de 2023. Com exceção da tesouraria, todas as linhas de negócio do banco apresentaram avanço nas receitas.

Outro grande destaque do balanço ficou para a rentabilidade sobre o patrimônio: o BTG Pactual atingiu 22,8% de ROE no período, superando todos os outros quatro grandes bancos privados.

Não é à toa que, para a analista da Empiricus, “o BTG já entrou no rol dos bancões”.

“Apesar de ainda ser o menor em termo de carteira de crédito, comparado a Itaú, Santander, Banco do Brasil e Bradesco, [o BTG] já está nessa categoria, jogando na ‘série A’. E dentro dessa ‘série A’, eu diria que foi a melhor performance do trimestre”, destaca Quaresma. 

ANÁLISES GRATUITAS DOS BALANÇOS DO 1T24: LEIA AQUI

Balanço do BTG Pactual (BPAC11) em detalhes; veja abaixo

Os números do 1T24 de BTG Pactual (BPAC11) foram majoritariamente bons, mas a analista diz que a principal surpresa positiva do balanço ficou na parte de investment banking, setor que concentra assessoria para as emissões de títulos de dívidas, de ações e assessoria de fusões e aquisições.

“Essa área teve uma recuperação muito importante frente ao ano passado, com crescimento de 151% em relação ao primeiro trimestre de 2023”, período marcado pela revelação da fraude contábil de Americanas.

Enquanto todos os outros negócios do banco registraram alta, apenas o setor de sales & tranding registrou queda nas receitas, com R$ 1,3 bilhão (-7,7% na comparação anual).

“Isso era algo que a gente até esperava, por conta da dificuldade do cenário macro nesse primeiro trimestre. Taxas de juros altas por mais tempo, Selic terminal subindo, demora do Fed [banco central norte-americano] para cortar as taxas lá fora… esse cenário impõe uma dificuldade muito grande na Tesouraria”, explica.

Ainda assim, o resultado de BTG Pactual no 1T24 foi considerado muito forte, mesmo com provisionamento de bônus e promoções, despesas que sempre acontecem no começo do ano e acabam pesando sobre os números.

LEIA A ANÁLISE COMPLETA DO RESULTADO DE BTG PACTUAL (BPAC11) NO 1º TRI

BTG Pactual (BPAC11): hora de investir na ação?

Após a análise de todos esses números do primeiro trimestre de 2024, Larissa Quaresma reforça que as ações do BTG Pactual (BPAC11) permanecem recomendadas em diversas carteiras da Empiricus Research.

“Mantemos nossa recomendação de compra de BPAC11 e continuamos enxergando perspectivas favoráveis para o papel, apesar do prêmio que existe na ação”, diz a analista.

A ação BPAC11 negocia hoje a 2,6x o valor patrimonial, um “múltiplo esticado” que, segundo Quaresma, se justifica pelos resultados apresentados pelo banco de investimentos.

ALÉM DE BTG PACTUAL: VEJA ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS PRINCIPAIS EMPRESAS NO 1T24

Veja o que fazer com suas ações após o 1T24 em análises gratuitas dos balanços

Analisar os resultados apresentados pelas empresas listadas na Bolsa de Valores é fundamental para saber em quais ações vale a pena investir ou não. Mas são tantos indicadores presentes nos balanços que você, investidor pessoa física, pode ter dificuldade na hora de interpretar cada dado.

Por isso, a Empiricus Research, empresa do grupo BTG Pactual, está divulgando gratuitamente as análises de todos os principais resultados do primeiro trimestre de 2024.

É isso mesmo: clicando aqui ou no link ao final desta matéria, você ganha o acesso gratuito à opinião dos analistas sobre cada resultado do 1T24 apresentado pelas grandes companhias.

De quebra, fica sabendo quais ações vale a pena comprar, vender ou se manter neutro agora, segundo a Empiricus Research.

Até agora, os analistas já analisaram os resultados no 1T24 de:

  • Uma locadora de automóveis que teve receita líquida consolidada 27% maior na base anual;
  • A construtora que teve “mais um trimestre histórico” e que carrega bom potencial de distribuição de dividendos;
  • Uma gigante do entretenimento com lucro por ação melhor do que o projetado pelo mercado; e mais.

Você pode ver todas essas análises, conhecer os tickers e saber a melhor forma de estruturar sua carteira de ações agora sem pagar nada. É só se cadastrar no botão abaixo:

QUERO ACESSAR AS ANÁLISES DOS BALANÇOS DO 1T24

Deixe um comentário