Dólar fecha em leve queda com o mercado atento aos dados da economia dos EUA

LinkedIn

O dólar fechou próximo da estabilidade nesta quarta-feira (14), enquanto que o mercado dividiu suas atenções com os dados da economia chinesa e americana.

Histórico 

A moeda teve queda de 0,3%, cotada a R$ 3,2602 para compra e R$ 3,2610 para venda.

Após 10 pregões em março, a moeda valorizou 0,56%. Já se foram 5 fechamentos negativos contra 5 positivos. Em fevereiro, a divisa americana fechou cotada a R$ 3,2421 para compra e R$ 3,2428 para venda.

Em 2018, após 49 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 1,61%. Já se foram 24 pregões em alta, contra 25 em baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,3133 para compra e a R$ 3,3144 para venda.

Influências

O Banco Central brasileiro realiza nesta sessão novo leilão de até 14 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em abril e somam US$ 9,029 bilhões.

A produção industrial da China cresceu 7,2% entre janeiro e fevereiro na comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo a Agência Nacional de Estatísticas. A estimativa dos analistas era de crescimento menor, de 6,1%, já que a alta em dezembro havia sido de 6,2%.

O banco central norte-americano, Federal Reserve,  vem indicando que elevará os juros três vezes neste ano de forma gradual e, um movimento mais forte do que o esperado, aumentaria o potencial de atrair para os Estados Unidos recursos aplicados hoje em outros mercados financeiros, como o brasileiro. 104 economistas entrevistados pela Reuters entre 5 e 13 de março apostam na tendência de alta de juros na próxima semana. Além disso, eles apostam em mais três altas em 2018.

Deixe um comentário