A Indústrias Romi teve lucro líquido de R$ 20,7 milhões, queda de 49,2% na base de comparação anual. Por outro lado, em termos ajustados, o lucro líquido subiu 325,7% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

receita operacional líquida foi de R$ 222,6 milhões, um aumento de 34,2% na comparação anual.

O Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado teve alta de 149%, com o maior volume de faturamento e o controle eficaz dos custos e despesas.

A carteira de pedidos total da Companhia, ao final do 1T21, apresentou crescimento de 85,5% em relação ao 1T2, alcançando R$ 708 milhões.

Unidades

Na Unidade de Máquinas Romi, a receita operacional líquida, no 1T21, apresentou crescimento de 59,9% em relação ao 1T20, decorrente da retomada dos pedidos a partir de junho de 2020. A evolução da receita, aliada ao controle efetivo das despesas operacionais, resultou em uma expansão da margem operacional, que, nesse mesmo período de comparação, cresceu 11,9 p.p.;

A entrada de pedidos na Unidade de Máquinas Romi, no 1T21, apresentou um crescimento de 150,2%, quando comparada ao 1T20, reflexo do ambiente muito favorável aos investimentos, da tecnologia nos nossos produtos e das novas alternativas de negócios, como, por exemplo, a locação de máquinas.

A Unidade de Fundidos e Usinados, no 1T21, alcançou um crescimento de 65,2% na receita operacional líquida em relação ao 1T20, com a continuidade nas entregas das peças de grande porte e da retomada dos demais segmentos. A margem operacional apresentou crescimento de 10,6 p.p., reflexo do maior volume de produção e da evolução na eficiência operacional.

A entrada de pedidos na Unidade de Fundidos e Usinados, no 1T21, apresentou um crescimento de 70,1%, quando comparada ao 1T20, reflexo das peças de grande porte para o setor de energia e da retomada de todos os demais segmentos industriais atendidos por essa unidade.

A entrada de pedidos na Unidade Burkhardt+Weber, no 1T21, atingiu R$53,5 milhões, crescimento de 165,2%, quando comparada ao 1T20, reflexo da retomada dos negócios, principalmente, na China

Os resultados da Indústrias Romi (BOV:ROMI3) referentes suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 27/04/2021. Confira o Press Release completo!

Teleconferência 

A Romi ganhou um processo judicial, no período de janeiro a março de 2020, relacionado ao Plano Verão, o que teve um efeito positivo de R$ 25 milhões no resultado financeiro líquido e de R$ 35 milhões no lucro líquido.

“Se expurgamos os efeitos não recorrentes, haveria um incremento de 255%”, disse o diretor financeiro da companhia, Fabio Taiar, em resposta ao questionamento de um investidor.

Na teleconferência, a administração da Romi também fez comentários sobre o programa de locação de máquinas, iniciado há nove meses.

“Nesse período, a locação tem gerado valor importante de negócios, mas ainda limitado em termos de receita e de lucro bruto”, diz Taiar.

Dos investimentos realizados no 1° tri, que somaram R$ 18 milhões, cerca de R$ 7,5 milhões foram usados para a locação de máquinas. “Até agora, os investimentos totais em locação somam R$ 30 milhões”, aponta o diretor financeiro.

O plano da Romi é que à medida que as máquinas alugadas retornem à empresa, após o período de locação, sejam revisadas e colocadas à venda.

“Com isso, vamos entrar em mercados que geralmente são atendidos por máquinas de menor custo”, explica o diretor-presidente, Luiz Cassiano Rosolen.

Pensando em investir na Indústrias Romi ?

Empresa de renome internacional, cujos produtos e serviços são consumidos no mercado nacional e exportados para todos os continentes. A Romi fornece para os mais variados setores da indústria, como aeronáutica, defesa, fabricantes e fornecedoras da cadeia automobilística, bens de consumo em geral, máquinas e implementos agrícolas e máquinas e equipamentos industriais, com qualidade, tecnologia e confiabilidade.

Produtos

O portfólio de produtos é composto por:

  • Máquinas-ferramenta (máquinas e equipamentos para trabalhar metal por arranque de cavaco), em especial Centros de Torneamento, Tornos CNC, Tornos Convencionais, Centros de Usinagem e Mandrilhadoras.
  • Máquinas para Processamento de Plásticos (máquinas e equipamentos para moldar plástico por injeção e por sopro).
  • Peças de ferro fundido cinzento e nodular, fornecidas brutas ou usinadas.

A Indústrias Romi possui valor de mercado de R$ 1,34 bilhão. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Composição Acionária

Capital social é de R$ 650.719.416,73, representado por 73.333.922 ações ordinárias nominativas e escriturais, sem valor nominal.

Fênix Empreendimentos 17,8%
Famílias Romi/Chiti 28,7%
Fundação Romi 2,2%
Conselho de Administração/Diretoria 0,5%
Mercado 50,8%

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações da Indústrias Romi oscilaram entre a mínima de R$ 8,60 e a máxima de R$ 38,75. No último pregão antes da divulgação do resultado do 1T21, a empresa fechou em alta de 2,13%, negociada a R$ 36,87.

Confira o histórico da Indústrias Romi (ROMI3)

Período Abe Máx. Mín. Preço Méd. Vol Méd. Var %
1 Semana 36,39 38,59 34,85 36,43 1.795.525 -0,32 -0,88%
1 Mês 27,00 38,75 25,83 32,36 1.732.428 9,07 33,59%
3 Meses 17,70 38,75 17,21 27,65 1.937.154 18,37 103,79%
6 Meses 14,90 38,75 11,71 22,78 1.485.772 21,17 142,08%
1 Ano 10,21 38,75 8,60 20,62 895.780 25,86 253,28%
3 Anos 8,33 38,75 5,10 17,77 431.107 27,74 333,01%
5 Anos 1,89 38,75 1,77 15,37 318.502 34,18 1.808,47%
* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters
INDS ROMI ON (BOV:ROMI3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos INDS ROMI ON.
INDS ROMI ON (BOV:ROMI3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos INDS ROMI ON.