A Neoenergia fez um esclarecimento à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) após a coluna ‘Mercado S/A’ do jornal Correio Braziliense divulgar que “até 2024, a Neoenergia desembolsará R$ 5 bilhões em complexos eólicos na Bahia, Paraíba e Piauí”.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:NEOE3) nesta terça-feira (01).

De acordo com a publicação “o montante é apenas um pouco inferior aos R$ 5,6 bilhões que a italiana Enel pretende investir em quatro parques eólicos no país”.

No esclarecimento arquivado no site da CVM, a Neoenergia afirma:

“A companhia vem esclarecer que tomou conhecimento da notícia por intermédio do ofício, sendo, por conseguinte, totalmente desconhecida e ignorada pela companhia sua origem, assim como eventuais elementos em que possa ter se baseado seu emissor. Nenhum contato se deu, em momento algum, entre a companhia e o veículo de imprensa ou o jornalista responsável pela notícia, o que aparta integralmente qualquer relação ou vinculação da companhia com a notícia divulgada”.

A empresa ainda esclareceu que informações sobre os seus investimentos em projetos de energia eólica, são e, vêm sendo, divulgadas sempre de forma adequada e equitativa ao mercado, por meio de Comunicados ao Mercado, Fatos Relevantes, Releases de Resultados da Companhia, além do Formulário de Referência nos termos da regulamentação da CVM.

 Informações FinanceNews

NEOENERGIA ON (BOV:NEOE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2022 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos NEOENERGIA ON.
NEOENERGIA ON (BOV:NEOE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos NEOENERGIA ON.