Exportações Brasileiras em Maio de 2015

 

Exportação por Fator Agregado - Valor Total

As exportações brasileiras somaram US$ 16,769 bilhões no quinto mês do ano, alcançando o sétimo melhor resultado para meses de maio desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de maio desde 2010.

Exportações brasileiras obtém pior mês de Maio desde 2010

FATOR AGREGADO MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Produtos Básicos 8.588 51,21 11.387 54,87 -24,58
     Produtos Industrializados 7.801 46,52 8.870 42,74 -12,05
         Produtos Semimanufaturados 1.991 11,87 2.194 10,57 -9,25
         Produtos Manufaturados 5.810 34,65 6.676 32,17 -12,97
     Outros 380 2,27 495 2,39 -23,23

Na comparação com o quarto mês do ano (US$ 15,156 bilhões), as vendas brasileiras para o exterior aumentaram 10,64%. A exportação de produtos básicos, que mais uma vez concentraram a grande maioria das exportações nacionais no mês (51,21%), registram aumento mensal de 13,78%. A exportação de produtos industrializados também subiu em maio na comparação com abril: +8,05%. Já se compararmos as vendas externas de maio de 2015 com as vendas realizadas no mesmo mês do ano anterior (US$ 20,752 bilhões), percebe-se um decréscimo 19,19%. Tal recuo foi puxado pelas vendas de produtos básicos, que decresceram 24,58% entre os períodos. Todos os demais produtos vendidos para o exterior no mês atual apresentaram queda quando comparados à maio de 2014.

FATOR AGREGADO MAIO 2015 ABRIL 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 15.156 100,00 10,64
     Produtos Básicos 8.588 51,21 7.548 49,80 13,78
     Produtos Industrializados 7.801 46,52 7.220 47,64 8,05
         Produtos Semimanufaturados 1.991 11,87 1.717 11,33 15,96
         Produtos Manufaturados 5.810 34,65 5.503 36,31 5,58
     Outros 380 2,27 388 2,56 -2,06

 

Exportação por Fator Agregado - Valor Médio por Dia Útil

Considerando apenas os vinte dias úteis do mês, o país exportou, em média, US$ 838,5 milhões por dia em maio de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que também teve vinte dias úteis, houve retração nas vendas de produtos básicos (-20,81%), manufaturados (-4,72%) e semimanufaturados (-8,62%).

FATOR AGREGADO MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 838,5 100,00 988,2 100,00 -15,15
     Produtos Básicos 429,4 51,21 542,2 54,87 -20,81
     Produtos Industrializados 390,1 46,52 422,4 42,74 -7,65
         Produtos Semimanufaturados 99,6 11,87 104,5 10,57 -4,72
         Produtos Manufaturados 290,5 34,65 317,9 32,17 -8,62
     Outros 19,0 2,27 23,6 2,39 -19,39

Na comparação com abril de 2015, houve aumento na média das vendas externas de produtos básicos (13,78%). Também houve aumento nas vendas de produtos semimanufaturados (15,96%) e produtos manufaturados (5,58%) de um mês para o outro.

FATOR AGREGADO MAIO 2015 ABRIL 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 838,5 100,00 757,8 100,00 10,64
     Produtos Básicos 429,4 51,21 377,4 49,80 13,78
     Produtos Industrializados 390,1 46,52 361,0 47,64 8,05
         Produtos Semimanufaturados 99,6 11,87 85,9 11,33 15,96
         Produtos Manufaturados 290,5 34,65 275,2 36,31 5,58
     Outros 19,0 2,27 19,4 2,56 -2,06

 

Exportação por Mercado Comprador - Valor Total

A Ásia continua sendo o principal endereço das exportações brasileiras. No quinto mês do ano, 35,70% do valor total das vendas Brasil para o exterior foram para o continente asiático, com grande destaque para a China, que contribuiu com 24,50% deste total. 

Maio de 2015 ficou marcado pela perda de liderança a Vale como a principal empresa exportadora do Brasil

MERCADO COMPRADOR MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Ásia 5.986 35,70 7.750 37,35 -22,76
         China 4.109 24,50 5.020 24,19 -18,15
     América Latina e Caribe 3.429 20,45 3.923 18,90 -12,59
         Mercosul 1.770 10,56 2.383 11,48 -25,72
               Argentina 1.119 6,67 1.355 6,53 -17,42
         Demais América Latina e Caribe 1.659 9,89 1.540 7,42 7,73
     União Européia 2941 17,54 4031 19,42 -27,04
     Estados Unidos e Porto Rico 1899 11,32 2232 10,76 -14,92
     Oriente Médio 857 5,11 746 3,59 14,88
     África 727 4,34 702 3,38 3,56
     Europa Oriental 253 1,51 382 1,84 -33,77
     Outros 677 4,04 986 4,75 -31,34

Na comparação com maio de 2014, quase todos os blocos econômicos registraram decréscimo de compras de produtos brasileiros. As exceções ficaram por conta do Oriente Médio e da África, cujas exportações oriundas do Brasil aumentaram, respectivamente, 14,88% e 3,56% no quinto mês de 2015. Já na comparação com o mês anterior, com exceção dos Estados Unidos (-3,56%), houve crescimento nos pedidos de compras de todos os principais blocos econômicos.

MERCADO COMPRADOR MAIO 2015 ABRIL 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 15.156 100,00 10,64
     Ásia 5.986 35,70 5.289 34,90 13,18
         China 4.109 24,50 3.435 22,66 19,62
     América Latina e Caribe 3.429 20,45 2.949 19,46 16,28
         Mercosul 1.770 10,56 1.629 10,75 8,66
               Argentina 1.119 6,67 1.013 6,68 10,46
         Demais América Latina e Caribe 1.659 9,89 1.320 8,71 25,68
     União Européia 2.941 17,54 2641 17,43 11,36
     Estados Unidos e Porto Rico 1.899 11,32 1969 12,99 -3,56
     Oriente Médio 857 5,11 742 4,90 15,50
     África 727 4,34 548 3,62 32,66
     Europa Oriental 253 1,51 230 1,52 10,00
     Outros 677 4,04 788 5,20 -14,09

 

Exportação por Mercado Comprador - Valor Médio por Dia Útil

Pela média diária, as exportações para a China, maior comprador individual de produtos brasileiros no mês de maio, registraram queda de 14,05% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Já as exportações para os Estados Unidos, outro importante parceiro comercial brasileiro, também decresceram entre maio de 2015 e maio de 2014: -10,67%.

MERCADO COMPRADOR MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 838,5 100,00 988,2 100,00 -15,15
     Ásia 299,3 35,70 369,0 37,35 -18,90
         China 205,5 24,50 239,0 24,19 -14,05
     América Latina e Caribe 171,5 20,45 186,8 18,90 -8,22
         Mercosul 88,5 10,56 113,5 11,48 -22,01
               Argentina 56,0 6,67 64,5 6,53 -13,29
         Demais América Latina e Caribe 83,0 9,89 73,3 7,42 13,11
     União Européia 147,1 17,54 192,0 19,42 -23,39
     Estados Unidos e Porto Rico 95,0 11,32 106,3 10,76 -10,67
     Oriente Médio 42,9 5,11 35,5 3,59 20,62
     África 36,4 4,34 33,4 3,38 8,74
     Europa Oriental 12,7 1,51 18,2 1,84 -30,46
     Outros 33,9 4,04 47,0 4,75 -27,91

Já na comparação com o mês anterior, a China (19,62%) registrou aumento nas compras de produtos brasileiros e os Estados Unidos, por sua vez, registrou queda (-3,56%).

MERCADO COMPRADOR MAIO 2015 ABRIL 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 838,5 100,00 757,8 100,00 10,64
     Ásia 299,3 35,70 264,5 34,90 13,18
         China 205,5 24,50 171,8 22,66 19,62
     América Latina e Caribe 171,5 20,45 147,5 19,46 16,28
         Mercosul 88,5 10,56 81,5 10,75 8,66
               Argentina 56,0 6,67 50,7 6,68 10,46
         Demais América Latina e Caribe 83,0 9,89 66,0 8,71 25,68
     União Européia 147,1 17,54 132,1 17,43 11,36
     Estados Unidos e Porto Rico 95,0 11,32 98,5 12,99 -3,56
     Oriente Médio 42,9 5,11 37,1 4,90 15,50
     África 36,4 4,34 27,4 3,62 32,66
     Europa Oriental 12,7 1,51 11,5 1,52 10,00
     Outros 33,9 4,04 39,4 5,20 -14,09

 

Exportação por Categoria de Uso - Valor Total

As exportações brasileiras em maio de 2015, quando comparadas com maio de 2014, decresceram em todas as cinco classificações por categorias de uso.

A maior parte de bens e serviços exportados pelo Brasil no quinto mês do ano pertencem à categoria Matéria-Prima e Produtos Intermediários (67,09%). Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, esse tipo de exportação retraiu 18,86%. 

A segunda categoria mais relevante refere-se aos Bens de Consumo Não Duráveis (13,30%), que registrou queda de vendas frente a maio de 2014: 10,28%. A categoria Bens de Consumo Duráveis, que concentrou 2,86% das exportações brasileiras no quinto mês de 2015, registrou diminuição de vendas na comparação com o ano anterior: 15,37%. A outra categoria de uso que registrou queda nas exportações em maio foi a de Combustíveis e Lubrificantes (-21,34%).

Em Maio de 2015, China manteve a dianteira na lista dos principais países compradores das exportações brasileiras

CATEGORIA DE USO MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Bens de Capital 1.198 7,15 1.710 8,24 -29,92
     Bens de Consumo 2.710 16,16 3.053 14,71 -11,23
         Não Duráveis 2.230 13,30 2.486 11,98 -10,28
         Duráveis 480 2,86 567 2,73 -15,37
     Combustíveis e Lubrificantes 1.355 8,08 1.723 8,30 -21,34
     Matérias-Primas 11.250 67,09 13.866 66,82 -18,86
     Outros 256 1,52 401 1,93 -36,25

 

Exportação por Estado - Valor Total

No comparativo de 2015 sobre 2014, todas as regiões brasileiras apresentaram quedas em suas exportações em maio. As exportações da Região Sudeste retrocederam 19,39%, passando de US$ 9,823 bilhões para US$ 7,918 bilhões (representando 47,22% do total exportado em maio de 2015). Os quatro estados da região apresentaram decréscimo. 

Em Maio de 2015, a soja manteve-se como o principal produto de exportação do Brasil

ESTADO EXPORTADOR MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Região Sudeste 7.918 47,22 9.823 47,33 -19,39
         São Paulo 3.822 22,79 4.406 21,23 -13,25
         Minas Gerais 1.772 10,57 2.669 12,86 -33,61
         Rio de Janeiro 1.351 8,06 1.605 7,74 -15,83
         Espirito Santo 973 5,80 1.143 5,51 -14,86
     Região Sul 3.594 21,43 4.381 21,11 -17,95
         Rio Grande do Sul 1.583 9,44 1.975 9,52 -19,87
         Paraná 1.253 7,47 1.561 7,52 -19,73
         Santa Catarina 758 4,52 844 4,07 -10,16
     Região Centro-Oeste 2.570 15,33 3.056 14,73 -15,90
         Mato Grosso 1.500 8,95 1.746 8,41 -14,09
         Goiás 535 3,19 705 3,40 -24,12
         Mato Grosso do Sul 516 3,08 572 2,76   -9,82
         Distrito Federal 19 0,11 33 0,16 -41,92
     Região Norte 1.111 6,63 1.624 7,82 -31,58
         Pará 740 4,42 1.304 6,28 -43,22
         Tocantins 174 1,04 107 0,52   62,31
         Rondônia 103 0,61 107 0,51  -3,67
         Amazonas 74 0,44 73 0,35   1,34
         Amapá 18 0,11 32 0,15 -43,09
         Acre 2 0,01 1 0,00 179,75
         Roraima 0 0,00 1 0,00 -45,11
     Região Nordeste 1.225 7,30 1.517 7,31 -19,26
         Bahia 612 3,65 927 4,47 -33,92
         Maranhão 285 1,70 194 0,94   46,54
         Ceará 72 0,43 86 0,42 -16,47
         Pernambuco 117 0,70 180 0,87 -34,72
         Alagoas 46 0,28 65 0,31 -28,55
         Piauí 56 0,33 28 0,14   98,04
         Rio Grande do Norte 13 0,08 14 0,07   -7,03
         Paraíba 18 0,11 14 0,07  29,18
         Sergipe 5 0,03 8 0,04 -45,68
     Não Declarados 351 2,09 352 1,70 -0,31

 

Últimas Notícias sobre as Exportações Brasileiras

No Articles Found

Principais Produtos Exportados pelo Brasil em Maio de 2015

Pela terceira vez no ano, a soja liderou o ranking dos principais produtos de exportação do Brasil. Sua participação de 21,54% no valor total vendido pelo país somou US$ 3.612,717 milhões à balança comercial nacional em maio de 2015. Os principais países compradores da matéria-prima foram China (16,15%), Espanha (0,87%), Tailândia (0,69%) e Holanda (0,72%).

Brasil: vendas de produtos básicos lideram as perdas das exportações brasileiras em Maio de 2015

PRINCIPAIS PRODUTOS MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Soja 3.613 21,54 3.866 18,63   -6,56
     Minério de ferro 931 5,55 2.594 12,50 -64,12
     Óleo bruto de petróleo 1.150 6,86 1.436 6,92  -19,91
     Café crú em grão 435 2,59 504 2,43  -13,72
     Farelo da extração de óeo de soja 633 3,77 744 3,58  -14,87
     Carne de frango 495 2,95 605 2,92  -18,23
     Açúcar de cana em bruto 438 2,61 469 2,26   -6,57
     Celulose 372 2,22 494 2,38  -24,55
     Carne de bovino 349 2,08 489 2,36  -28,67
     Semimanufatura de ferro ou aço 249 1,48 203 0,98   22,83
     Automóvel de passageiros 265 1,58 320 1,54  -17,39
     Avião 157 0,93 282 1,36  -44,45
     Óxido e hidróxido de alumínio 181 1,08 205 0,99  -11,49
     Couro e pele 205 1,22 258 1,24  -20,47
     Liga de ferro 186 1,11 209 1,01  -10,91
     Milho em grão 7 0,04 29 0,14  -76,39
     Parte e peça para veículos 199 1,19 226 1,09  -11,82
     Motor para veículos 163 0,97 191 0,92  -14,99
     Mínério de cobre 152 0,91 197 0,95  -23,02
     Açúcar refinado 179 1,07 117 0,56   53,11
     Laminado plano de ferro ou aço 179 1,07 49 0,24 264,90
     Fumo em folhas 172 1,03 159 0,77    8,11
     Ouro semimanufaturado 100 0,59 112 0,54 -10,80
     Polímero de etileno, propileno e estireno 140 0,84 134 0,65    4,20
     Motor, gerador e transformador 136 0,81 202 0,97 -32,74
     Outros 5.686 33,91 6.660 32,09 -14,63

 

Principais Países Compradores das Exportações Brasileiras em Maio de 2015

A China destacou-se por ter sido o maior comprador de produtos brasileiros em maio de 2015, quando comprou um total de US$ 4,109 bilhões – o equivalente a 24,50% do valor exportado pelo país ao longo do mês. Em maio de 2014, o país asiático também ficara na primeira posição, a frente dos Estados Unidos. 

Todas as regiões brasileiras registraram quedas de exportação em Maio de 2015. Região Norte registrou a maior queda

PAÍSES COMPRADORES MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     China 4.109 24,50 5.020 24,19 -18,14
     Estados Unidos 1.890 11,27 2.220 10,70 -14,86
     Argentina 1.119 6,67 1.355 6,53 -17,45
     Países Baixos 775 4,62 1.217 5,86 -36,30
     Alemanha 547 3,26 662 3,19 -17,41
     Japão 334 1,99 586 2,82 -42,96
     Chile 383 2,28 320 1,54  19,76
     México 278 1,66 306 1,48  -9,09
     Itália 240 1,43 434 2,09 -44,71
     Índia 212 1,27 470 2,27 -54,85
     Reino Unido 211 1,26 435 2,10 -51,56
     Bélgica 213 1,27 232 1,12  -8,09
     Espanha 312 1,86 321 1,55  -2,65
     Uruguai 259 1,54 329 1,59 -21,47
     Coréia do Sul 141 0,84 444 2,14 -68,31
     Emirados Árabes Unidos 225 1,34 202 0,97  11,40
     Venezuela 198 1,18 371 1,79 -46,51
     Arábia Saudita 249 1,48 201 0,97  23,59
     Hong Kong 181 1,08 272 1,31 -33,37
     França 243 1,45 259 1,25  -6,27
     Paraguai 194 1,16 328 1,58 -40,79
     Rússia 230 1,37 282 1,36 -18,64
     Canadá 136 0,81 261 1,26 -47,75
     Colômbia 192 1,14 181 0,87   6,12
     Indonésia 121 0,72 184 0,89 -34,31
     Malásia 114 0,68 106 0,51   7,60
     Tailândia 260 1,55 182 0,88  43,36
     Vietnã 87 0,52 64 0,31  36,28
     Egito 176 1,05 119 0,58  47,15
     Peru 1.484 8,85 154 0,74 861,27
     Outros 2.993 17,85 3.237 15,60  -7,54

 

Principais Empresas Exportadoras em Maio de 2015

A Petrobras foi a empresa que mais exportou no Brasil em maio de 2015, respondendo por 5,11% do valor exportado pelo país no período. No entanto, comparando o desempenho da empresa com maio de 2014, houve uma queda de 10,69% – quase metade da queda na exportação de óleo bruto de petróleo entre os dois meses (-19,91%). A Petrobras, a partir deste mês, passou a ocupar o lugar da Vale como a principal empresa exportadora brasileira. As exportações da mineradora mantiveram sua forte trajetória de queda, diminuindo 65,69% na comparação entre maio de 2015 e 2014, ocupando agora a terceira posição entre as principais empresas exportadoras do país. Em segundo lugar, com 4,85% do valor total exportado pelo país no mês, aparece a Bunge Alimentos, que exportou este mês 23,38% a mais que no mesmo mês do ano anterior.

Balança Comercial: exportações para China caem 18,15% em Maio de 2015

EMPRESAS EXPORTADORAS MAIO 2015 MAIO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 16.769 100,00 20.752 100,00 -19,19
     Vale 686 4,09 2.000 9,64 -65,69
     Petrobras 857 5,11 960 4,62 -10,69
     Bunge Alimentos 813 4,85 659 3,17  23,38
     Cargill Agrícola 469 2,80 610 2,94 -23,15
     JBS 274 1,63 421 2,03 -34,96
     ADM do Brasil 617 3,68 448 2,16  37,64
     BRF 266 1,59 361 1,74 -26,32
     Embraer 181 1,08 316 1,52 -42,76
     Samarco Mineração 200 1,19 324 1,56 -38,38
     Louis Dreyfus Commodities Brasil 297 1,77 436 2,10 -31,86
     Braskem 219 1,30 193 0,93  13,48
     BG E&P Brasil 252 1,51 307 1,48 -17,84
     Arcellormittal Brasil 170 1,02 128 0,62  32,52
     Nidera Sementes 161 0,96 240 1,16 -32,96
     Suzano Papel e Celulose 130 0,77 149 0,72 -12,81
     GE Celma 139 0,83 106 0,51  30,69
     Cia Brasileira de Metalurgia e Mineração 123 0,73 118 0,57    3,61
     Ammagi Exportação e Importação 213 1,27 243 1,17 -12,40
     Seara Alimentos 157 0,94 154 0,74    1,65
     Alunorte 105 0,62 136 0,65 -22,81
     Thyssenkrupp 142 0,84 146 0,70  -2,77
     Companhia Siderúrgica Nacional 101 0,60 140 0,68 -27,85
     Volkswagen do Brasil 115 0,69 81 0,39   42,41
     Fibria Celulose 96 0,57 141 0,68 -31,79
     Caterpillar Brasil 90 0,53 142 0,69 -37,06
     Cooperativa de Produtores de Açúcar 157 0,94 67 0,32 132,91
     Noble Brasil 142 0,85 178 0,86 -20,20
     Coamo Agroindustrial Cooperativa 128 0,76 63 0,30 103,23
     Raizen Energia 43 0,26 64 0,31 -32,66
     Ford Motor Company Brasil 87 0,52 145 0,70 -40,41
     Minerva 84 0,50 122 0,59 -30,85
     FCA Fiat Chrysler Automóveis 96 0,57 103 0,49  -6,75
     Sucocitrico Cutrale 64 0,38 45 0,22  43,39
     Salobo Metais 113 0,68 69 0,33  64,44
     Cooperativa Regional de Guaxupé 85 0,50 36 0,17 133,55
     BTG Pactual Commodities 185 1,10 99 0,48  86,89
     Toyota do Brasil 73 0,44 93 0,45 -21,52
     Mercedes-Benz do Brasil 93 0,55 51 0,25  81,07
     Repsol Sinopec Brasil 55 0,33 158 0,76 -65,46
     Sucocitrico Cutrale 73 0,44 67 0,32    8,91
     Outros 8.421 50,22 10.432 50,27 -19,28
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20230204 12:08:30